Cine Direitos Humanos exibe filme sobre machismo




A Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará apresenta nesta quinta-feira (22), às 18h30, no bairro da Condor, o projeto "Cine Direitos Humanos", com a exibição do documentário “Acorda, Raimundo... Acorda”, do diretor Alfredo Alves (Ficção, 1990, Rio de Janeiro, 16 anos). 

No curta-metragem, Raimundo se vê em papel trocado com Marta, sua mulher, onde é obrigado a lavar, passar, organizar a casa e ainda ser maltratado pela esposa, que assume o papel de homem. O filme estimula a reflexão sobre a tradicional construção da masculinidade. Hipoteticamente, por meio de um sonho de Raimundo, as mulheres saem para trabalhar, frequentam intensamente a vida noturna em bares, humilham e gritam com seus respectivos maridos, enquanto os mesmos cuidam das tarefas domésticas, ficam gestantes e são responsáveis diretos pelos filhos. É uma sátira sobre as relações de opressão entre homens e mulheres. Após a exibição, haverá um debate sobre o tema.

O "Cine Direitos Humanos" é uma das ações da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa. A proposta é exibir filmes temáticos que estimulem o debate sobre direitos civis e temas como machismo, racismo, homofobia e os diversos tipos de violência.

ASSISTA: "Acorda, Raimundo... Acorda", de Alfredo Alves (ficção, 1990). Nesta quinta-feira (22), às 18h30, na Casa de show Elevesamba (altos). Travessa Apinagés, s/n, entre Laura Malcher e Tembés, bairro da Condor. Debate após a exibição. A entrada é franca. 

Comentários