terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Pela criação de uma unidade do Pro Paz Integrado para a região tocantina

Hoje, terça-feira, dia de Sessão Ordinária na Assembleia Legislativa do Pará. Entre as proposições que protocolei junto a Mesa Diretora, destaco a Moção em que solicito a construção de uma Unidade Pro Paz Integrado no município de Abaetetuba, para atendimento às crianças, adolescentes, mulheres e suas famílias em situação de Violências na região Tocantina. 

No Pará, o aumento da violência envolvendo crianças a adolescentes chama atenção pelos números que se apresentam em constante ascensão, ano após ano, sem uma efetiva intervenção do Estado por meio de implementação de políticas públicas eficazes. 


A região Tocantina, em especial, o município de Abaetetuba, tem contribuído para o aumento destes números. Em recente visita técnica, diligências e Audiências Públicas realizadas pela Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor em Abaetetuba, deixou claro que os problemas no município envolvendo crianças e adolescentes, aumentaram, atingindo agora a população das 73 ilhas que compõem o município. 

Em conversa deste deputado com a Secretária Extraordinária de Integração de Políticas Sociais, senhora Izabela Jatene, discutimos a necessidade de implantar o Pro Paz Integrado na região considerando que ambos compreendem que somente atuando de forma preventiva será possível mudar a realidade da população daquele município. 


Desta forma, a criação de uma unidade fixa do Pro Paz Integrado no Município de Abaetetuba, para atender toda a região Tocantina, é um desejo e uma necessidade antiga da população daquele município e deve ser, acima de tudo, um compromisso do Governo do Estado em melhorar a vida de crianças, adolescentes e inúmeras famílias que vivem em clima de medo e insegurança naquela região.

Nenhum comentário: