Depósito de carros representa riscos à população na Rodovia Mário Covas

Quarta-feira de ação do Mandato no Parlamento Estadual. Apresentei Moção junto a Mesa Diretora, para cobrar explicações da Secretaria de Segurança do Pará sobre o depósito de veículos apreendidos pela Polícia Civil, na Rodovia Mário Covas. Já postei aqui a preocupação sobre os riscos que esse depósito representa para a população. 

São cinco mil metros quadrados de espaço e centenas de carros amontoados de forma inadequada. Este depósito representa uma ameaça à população, pois fica a céu aberto e os carros expostos à chuva, o que favorece à proliferação de larvas do aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chicungunha. O descuido com a prevenção é, certamente, o que explica a epidemia de dengue no país. 

Na Moção solicito que a situação seja levada ao conhecimento da Secretária de Estado de Saúde Pública, (Sespa), e as Secretarias Municipais de Saúde dos municípios de Belém e Ananindeua.


O Combate à Dengue é uma responsabilidade, em primeiro lugar, dos órgãos públicos e de toda população. O mosquito aedes aegypti se reproduz em qualquer lugar que houver condições propícias. A conscientização da população e a tomada de medidas dos órgãos públicos são de fundamental importância para a redução e, quem sabe, a erradicação desta doença do Brasil. Não podemos ficar indiferentes a esta tríplice epidemia (dengue, zika e chicungunha).

Comentários