terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Violência em Belém está em total descontrole e a população, abandonada.

O clamor do povo de Belém não sensibiliza as autoridades de segurança. O Jornal Diário do Pará desta terça-feira destaca, como manchete principal, que Belém é a 26ª cidade mais violência do mundo. É o que diz a pesquisa feita por uma ONG mexicana, divulgada nesta segunda-feira (25). A capital paraense está na 9ª posição no país.

O estudo detalha que das 50 cidades com maior taxa de homicídios por 100 mil habitantes em 2015, 21 são brasileiras. Belém está presente na pesquisa há alguns anos. Na lista divulgada em 2013, ela estava em 26ª posição e em 2014, a capital paraense caiu duas posições, ficando em 23ª.

Venho denunciando constantemente que o governo Jatene está maquiando os dados oficiais da segurança pública, para tentar calçar com falsas estatísticas a imagem de que o Pará não está em colapso.

Por mais que o governo Jatene tente esconder o sol com a peneira, não há a menor sombra de dúvida que a violência no Pará está em total descontrole e a população, abandonada.


O que me espanta é a postura omissa e passiva do comando da segurança pública paraense, enquanto assassinatos, roubos e assaltos infernizam população. De fato, vivemos uma guerra urbana.


Venho sugerindo também que solução para o problema, é apresentada em várias vertentes: a ocupação, pela segurança pública, das áreas comandadas pelo crime organizado, uma ação efetiva contra o crime de varejo, que são os assaltos nas ruas e nos ônibus, o roubo de celulares, e ter a coragem de enfrentar o comando do crime organizado, que não está na periferia.

O POVO QUER PAZ!

Nenhum comentário: