Uma reflexão sobre o trabalho escravo neste 28 de janeiro

Vamos reservar esta quinta-feira para uma reflexão.Infelizmente o trabalho escravo é uma realidade em pleno século XXI. Estima-se que existam hoje, no Brasil, cerca de 30 mil trabalhadores submetidos a condições de trabalho escravo. Destes, 70% estariam concentrados no Estado do Pará, o que confere ao nosso estado o triste título de "campeão nacional de trabalho escravo".

Em novembro do ano passado, iniciamos discussões sobre a minuta de um Projeto de Lei, que tem como proposta a criação de um fundo para apoiar a erradicação do trabalho escravo no Pará e do Conselho Gestor que vai deliberar sobre a destinação dos recursos a serem aplicados.


Realizamos, na Assembleia Legislativa do Pará, duas reuniões com representantes de órgãos e instituições que têm atuação no enfrentamento do trabalho escravo no Estado. 2016 será o ano para a conclusão dessa missão. Não se pode conviver com trabalho escravo.

Comentários