Mutirão de documentação atende cinco mil pessoas em Mãe do Rio

Superintendência Regional do Incra no Pará, com sede em Belém, juntamente com a Delegacia do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Prefeitura Municipal de Mãe do Rio realizaram mutirão de documentação para atender famílias dos assentamentos e zona rural do município. Cerca de cinco mil pessoas foram atendidas pelo mutirão. A ação foi realizada dentro do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR).

Ao longo de cinco dias, várias comunidades foram atendidas, a exemplo de: Vila Santa Maria, Km 33; Gleba Guamá; PA Luiz Carlos Prestes; PA João Batista, Km 19; Vila Santa Ana do Piripindeua; PA Itabocal; Santo Antonio do Piripindeua; Ponte Nova; Assentamento PA Vale do Bacaba; Santo Antonio; São Raimundo do Areia; Nova Esperança (todas do PA Itabocal); Bom Jesus; Jauara; Belezinha; Santo Antonio; Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Gleba Palheta); Tubilandia.

Diversos serviços foram oferecidos no mutirão, entre os quais: emissão de RG, CPF, cartão do SUS e Carteira de Trabalho; atendimentos médico, odontológico e psicossocial; atendimento do INSS; brinquedoteca; palestras sobre trabalho infantil, enfrentamento à violência contra mulher, educação ambiental e conflitos fundiários; exames de PCCU e auto exame de mama.

Segundo o prefeito de Mãe do Rio, José Ivaldo Guimarães, os resultados dos serviços oferecidos foram satisfatórios, oportunizando e incluindo as pessoas socialmente, permitindo a cidadania, de famílias que ficam distante do centro urbano. “Sem dúvida a parceria entre Incra, MDA e a Prefeitura de Mãe do Rio foi importantíssima para atender essas famílias de forma qualificada”, disse.


De acordo com o superintendente do Incra/PA, Nazareno de Souza Santos, a autarquia vem trabalhando ao longo do ano em parceria com MDA, prefeituras municipais, sindicatos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais, associações de assentados buscando atender as famílias do campo, garantindo-lhe direitos.

Fonte: Incra

Comentários