segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Escola em Barcarena, sem aula, sofre seguidos roubos

Os 1.200 estudantes da Escola de Ensino Fundamental e Médio José Maria de Moraes, em Barcarena, estão há quatro semanas sem aula. No feriado de finados, 2 de novembro, assaltantes roubaram a bomba d’água, que até agora não foi reposta pela Seduc. 

Sem água, não há como manter os banheiros limpos, lavar as mãos ou beber do líquido. Foi o terceiro roubo num curto período.Assim como a bomba, computadores e materiais de expediente já foram roubados. Desde 2014 a escola está em reforma. Atualmente a obra está parada.

Estamos acompanhando, como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alepa, o drama dos estudantes de Barcarena. A escola José Maria de Moraes é apenas uma, das várias escolas estaduais com problemas no município. Vamos realizar uma diligência nos próximos dias nessas escolas, fazer um diagnósticos e depois cobrar da Seduc providências. Aliás, cobrar que coloque em prática os compromissos assumidos na reunião de trabalho realizada, em Belém, no dia 1° de julho deste ano, pela Comissão de Direitos Humanos, que contou com a presença de estudantes, professores e alunos, além da Seduc e Polícia Militar. Relembre a reunião.


video

Nenhum comentário: