É preciso encarar os fatos, ser humilde e reconhecer que o Pará precisa de reforço para combater a criminalidade. A população está refém dos bandidos.

Comentários