Parlamento Estadual não pode ser carimbador de propostas do governo do Pará

O governo do Estado do Pará manda "avisar" pelos jornais, que vai encaminhar o Plano Estadual de Educação para ser apreciado em regime de urgência pelo plenário da Assembleia Legislativa.
Em meu pronunciamento desta terça, na Tribuna, fiz uma defesa enfática pelo amplo debate de um tema tão importante aos paraenses. A ampla discussão com a sociedade demanda respeitar, inclusive, o parlamento.

video

Comentários