O Arremedo de BRT e a irresponsabilidade com o dinheiro público

E pensar que na desastrosa gestão passada, Duciomar Costa instalou essas paradas para o que seria um BRT, na Av. Almirante Barroso. Cada uma custou 120 mil reais. Zenaldo Coutinho assumiu a prefeitura, manteve a falsa ideia de BRT com uma via expressa para ônibus velhos, depois de retirar as paradas da avenida. 

As paradas foram da Almirante Barroso, abandonadas e viraram sucatas. Irresponsabilidade com o dinheiro público e desrespeito com a população de Belém, que continua sofrendo com transporte público de péssima qualidade e com tarifa reajustada acima da inflação.






Comentários

Ernesto Silva disse…
Um absurdo,deve haver urgentemente uma apuração rigorosa, da destinaçaõ dos recursos para o BRT.