Um ano se passou e o governo do Estado não apresenta uma solução para a ponte sobre o Rio Moju

Nesta segunda-feira(23),  o acidente envolvendo uma balsa na ponte sobre o rio Moju completa um ano. Um ano se passou e nada de obra para recuperar a ponte. Enquanto isso, o povo sofre em filas na estrada, aguardando para a travessia de balsa. 
A espera na fila de embarque para a balsa pode variar entre duas e seis horas. A demora na travessia traz dificuldades para motoristas e passageiros. E após a queda da ponte, o município de Moju  passou a enfrentar uma crise econômica com a diminuição do volume de carros na cidade.


Os reflexos negativos incluem Restaurantes, Hotéis e demais empresas dos municípios da região, que reclamam da falta de condições para o trabalho.  Havia uma expectativa de conclusão das obras para retorno do tráfego em três meses, mas até agora, nada, o governo do Estado não sinaliza uma solução. Enquanto isso, a economia formal e informal da região, que depende da ponte, está completamente afetada. 
Veja a reportagem produzida pela TV RBA, afiliada da Band em Belém.
Também usamos a Tribuna da Alepa para um pronunciamento sobre a ponte do Rio Moju.

Comentários