Falta de conhecimento não diminui importância de Paulo Freire para a educação brasileira


Em meio a uma coleção de faixas estapafúrdias que ilustraram uma parte dos protestos contra a presidenta Dilma Rousseff(PT) no dia 15 de março, uma chamou a atenção: A foto acima é considerada uma das mais absurdas demonstrações do desconhecimento. Não consegui acreditar no que eu estava vendo: jovens de classe média e alta atacando um dos maiores pensadores, humanistas e filósofos da Educação do século XX, reconhecido internacionalmente.

Para quem não sabe, e esses manifestantes com certeza não sabem, o pernambucano Paulo Freire foi um educador e filósofo brasileiro e que possui influência na educação não só no Brasil, mas em todo o mundo, tendo sido homenageado por instituições como Harvard, Cambridge e Oxford. Desde 2012, é considerado o Patrono da Educação Brasileira.

Conhecido pela sua ‘pedagogia da libertação’, a qual estava relacionada a uma visão marxista do Terceiro Mundo, Freire foi preso durante a ditadura militar no Brasil e teve a publicação de algumas de suas obras barrada pelo regime que durou 21 anos (entre 1964 e 1985) no Brasil. E que alguns manifestantes do dia 15 pediam a volta.
A ONU se manifestou diante da rejeição de parte dos manifestantes deste domingo às contribuições de Freire e publicou, em sua página do Facebook, uma frase conhecida do educador. E ela elucida bem o que Freire diz da educação : “É um ato político”.


Selecionamos frases marcantes de Paulo Freire para demonstrar toda a minha indignação diante da mais absurda demonstração da falta de conhecimento de alguns brasileiros.




Comentários