A preocupação do governo Dilma com o Patrimônio Histórico de Belém


O Mercado de Ferro do Ver-o-Peso, um dos principais cartões postais de Belém, foi entregue hoje totalmente revitalizado,  em uma das frentes de atuação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). É a primeira obra do PAC Cidades Históricas, do Governo Federal, no Pará, com recursos no valor de R$ 8 milhões. 

A ação beneficiou diretamente cerca de 231 famílias dos trabalhadores e permissionários que trabalham no Mercado, além das cerca de 4 mil pessoas que frequentam o local diariamente. 

A preocupação da presidenta Dilma Rousseff com a preservação do nosso patrimônio histórico não ficou apenas no Ver-o-Peso. Hoje o Iphan também entregou a igreja do Carmo, na Cidade Velha, revitalizada, depois de 2 anos fechada.O projeto foi habilitado junto ao Ministério da Cultura, que captou recursos por meio das leis de incentivo fiscal, na modalidade Mecenato, uma parceria com a iniciativa privada. O valor total aprovado para captação foi de R$ 5.milhões. 
A Superintendente do Iphan Nacional, Jurema Machado, veio a Belém para a entrega das obras. Ela destacou a importância da obra no Ver-o-Peso. Na verdade, o Mercado de Ferro foi refeito, uma vez que a fundação do prédio e as estruturas metálicas estavam comprometidas. Algumas até perdidas. O importante é que a arquitetura original foi mantida e todas as recomendações dos peixeiros foram atendidas. 

Comentários