Reunião com o Presidente da ALEPA, Márcio Miranda, sobre a CPI das Milícias

Na condição de relator da CPI das Milícias, estive reunido ontem (terça-feira, 13) com o Presidente da ALEPA, deputado Márcio Miranda, para informar, em detalhes, o trabalho que está sendo realizado, comunicando-lhe dos avanços feitos para caracterizar a ação organizada das Milícias no Estado. Também tratamos do apoio logístico para a conclusão dos trabalhos previstos, com a entrega no dia 30 de janeiro do relatório final, que trará indicações de responsabilidades, além de procedimentos para coibir atividades e aperfeiçoar o Sistema de Segurança do Pará.

Ainda ontem (13), a CPI ouviu o promotor Manoel Murrieta. Ele acompanhou as investigações da chacina em Icoaraci, que teve o ex-policial militar Rosivan Moraes Almeida condenado a 120 anos de prisão por ser considerado responsável pelo assassinato de 6 adolescentes no ano de 2011. Também chegaram à Comissão denúncias sobre morte de um soldado em provável ação de milicianos. A denúncia é muito grave, e será apurada com rigor. Este evento vai ser incluído no relatório como um caso emblemático, da possível participação de policiais em eventos criminosos.


Comentários