CPI das Milícias nesta segunda-feira (12): novos depimentos trazem relevantes informações

Na manhã desta segunda-feira (12), na CPI das Milícias, ouvimos uma testemunha de última hora que trouxe importantes informações para averiguação dos casos investigados na Comissão. À tarde, ouvimos, em depoimento sigiloso, Celina Hamoy, Presidente do CEDECA/Emaús no Pará, e o delegado Cláudio Galeno, Presidente do inquérito que apura os homicídios cometidos na noite e na madrugada dos dias 4 e 5 de novembro do ano passado.

Após mais esta rodada de depoimentos, já encontramos fortes indícios das conexões entre algumas das chacinas ocorridas no Estado. Temos evidências de que existe um nexo histórico, iniciado em 2000, com a participação de um Cabo da PM, posteriormente assassinado em Icoaraci. O relatório começa a tomar forma. Vamos continuar avançando nos trabalhos e nas investigações. 

 Também optamos por cancelar as visitas que faríamos ontem (12) aos locais onde ocorreram os assassinatos, de modo a preservar  vizinhos e parentes das vítimas. 


Comentários