quinta-feira, 31 de julho de 2014

Registro de candidatura


O registro da nossa candidatura a deputado estadual já foi aceito pelo Tribunal Superior Eleitoral - TSE. Estamos perfeitamente aptos para disputar as eleições de outubro de 2014. Agora vamos seguir em frente, com muita luta e com um debate qualificado!

Fonte para consultas de candidaturas:http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2014/sistema-de-divulgacao-de-candidaturas

Biografia: Bordalo Estadual 13130

Nascido na região do Marajó, criado no município de Curralinho, Carlos Bordalo (PT) começou sua trajetória política no bairro da Sacramenta, em Belém, na Pastoral da Juventude da Paróquia de São Sebastião. Nos anos 70, foi convidado a participar da equipe de técnicos da Federação de Órgãos para a Assistência Social e Educacional (Fase).

No Nordeste do Pará, passou 13 anos desenvolvendo ações para o crescimento da Agricultura Familiar, e cobrando dos governos a criação de linha de crédito acessível, assistência técnica, maiores investimentos em saúde, em educação e em infraestrutura. Na capital, Belém, ajudou também na organização de trabalhadores de várias categorias, o que resultou no surgimento de sindicatos fortes e combativos como o dos rodoviários e o da construção civil.

Já em 1999, foi convidado pelo então prefeito de Belém para ocupar o cargo de administrador do Distrito Administrativo da Sacramenta (Dasac), quando coordenou a execução de obras como a construção da Aldeia Cabana de Cultura Amazônica e da Praça São Sebastião; o asfaltamento da Passagem das Flores; a revitalização da Av. Marquês de Herval e da Feira da Sacramenta; além do recapeamento asfáltico da Av. Senador Lemos e das passagens Vila Nova e Santos Dumont.

Bordalo teve também importante participação no Comitê Assessor do Projeto de Macrodrenagem da Bacia do Una, além de articular junto ao Governo do Povo a execução do projeto de drenagem e urbanização da área de ocupação denominada "Malvinas". Em 2001, foi secretário Municipal de Economia e dirigiu o Banco do Povo. Em 2004, foi eleito vereador e em 2006, eleito deputado estadual. Já no segundo mandato, coleciona mais de 36 leis de sua autoria nas áreas de segurança pública, direitos humanos, saúde, turismo, lazer e desenvolvimento social. Em 2014, Carlos Bordalo é candidato ao terceiro mandato na ALEPA.

Veja clipe com o jingle da nossa campanha 'Bordalo Estadual 13130'.


Concórdia do Pará: População relata abusos de policiais

Mais de trezentas pessoas, entre agricultores, comerciantes, profissionais liberais e população em geral lotaram, ontem, 30.07, o Salão Paroquial da Igreja de São Pedro, no município de Concórdia do Pará, nordeste do estado, para participar de audiência pública, promovida pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Pará – Alepa (CDHDC).

O encontro, que contou com a presença dos delgados de polícia Domingos Sávio e Silvia Rêgo; além dos deputados Edmilson Rodrigues (PSOL), Nilma Lima (PMDB) e Carlos Bordalo (PT), presidente da CDHC, discutiu possíveis abusos cometidos por policiais civis e militares durante os protestos ocorridos no município, no início de junho, em decorrência da operação ‘Hypnos’, ação em conjunto da Secretaria de Segurança Pública do Estado, em parceria com o Detran estadual, entre outros órgãos, que tinha como objetivo coibir diversas irregularidades, mas que culminou na depredação de prédios públicos da cidade e prisões de vereadores. Moradores denunciaram que tiveram suas motocicletas apreendidas e que, para terem seus veículos liberados, foram vítimas de extorsão.

Representantes de rádio comunitária, mães e familiares, que tiveram seus filhos presos, além das esposas dos vereadores da cidade, que estão com prisão preventiva decretada, também participaram da audiência.

Eliete Brito, moradora do município, denunciou que teve sua casa invadida por policiais e pela delegada que se dizia ser do município de Santa Maria, e estavam à procura de seu filho. “Eles reviraram toda minha casa com arma em punho, jogaram roupas no chão, sem se preocupar com crianças que presenciaram o fato. Depois tiraram meu filho à força da rede e o levaram preso, sem nenhum mandato de prisão”.

Assim como Eliete, as moradoras Osmarina Rodrigues e Maria Elza também tiveram seus filhos presos, sem nenhuma prova apresentada. “Dói no coração ver um filho sendo preso sem provas, espero que seja feita justiça”, cobrou Osmarina.

Já Juarez Pinto, diretor de uma rádio comunitária local, conta que o ano passado vereadores aliados ao prefeito Antônio do Nascimento Guimarães, do PSDB, além do próprio gestor municipal e seu filho, ameaçaram tocar fogo na rádio. Como se não bastasse, em uma outra ação, teve o local invadido por policiais militares, onde foram confiscados equipamentos, incluindo o retransmissor, sem ordem judicial ou qualquer documentação formal. Ele acredita que a perseguição à rádio seja por conta das críticas feitas no veículo, contra a atual administração do município.

Segundo a delegada Silvia Rego, que representou o secretário de segurança no evento, todos os fatos envolvendo os policiais já estão sendo apurados e, caso sejam comprovados os abusos, os servidores serão punidos com medidas disciplinares. “Não compactuamos com este tipo de atitude. Policial que pede propina também é bandido”, desabafou.

O deputado Carlos Bordalo informou que, em agosto, finalizará o relatório com as denúncias dos moradores apresentadas na audiência e apresentará o documento às autoridades competentes para que medidas urgentes sejam tomadas e se faça justiça. “Estaremos acompanhando de perto este caso. “É inadmissível que em plena democracia o trabalho de parlamentares, que foram escolhidos pelo povo, seja cerceado”.

APÓS AÇÕES DA POLÍCIA, COMÉRCIO ESTÁ À MINGUA

De acordo com o presidente da Associação Comercial de Concórdia do Pará, Ewerton Marques, após as ações da polícia e a revolta da população na cidade, o movimento no comércio caiu cerca de 40%.

“Estávamos próximo a uma festividade e esperávamos lucrar bastante, mas, devido a toda essa confusão, a cidade acabou ficando vazia e o dinheiro deixou de circular. Muitos comerciantes não estão conseguindo pagar suas contas e estão fechando as portas”, conta Marques.





































A campanha cresce nas ruas...

Nossa campanha está a todo vapor! Venha adesivar o seu carro em nosso Comitê, que fica na Av. João Paulo II, nº 110, entre Antônio Baena e Curuzu (ao lado de uma venda de gelo e bebidas). O apoio de cada um e de cada uma é fundamental para a nossa campanha!




Amigos e amigas

Este ano passaremos novamente por um momento da maior importância para a vida pública brasileira. Nos próximos meses, teremos a oportunidade de discutir o nosso futuro e os desafios que temos de vencer. A nossa proposta é continuar trabalhando pela melhoria da qualidade de vida da população e pela felicidade de todos e de todas. Agradeço imensamente o apoio que tenho recebido ao longo destes anos, e gostaria de contar, novamente, com a confiança de cada um e de cada uma, em outubro próximo, para continuarmos as nossas lutas, as lutas de um mandato que faz a diferença!

Um forte abraço.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Agenda em Salinópolis

Este final de semana, participei, em Salinópolis, de agenda na casa do presidente do PT Raimundinho, junto com a companheiras Ângela e Raquel, e companheiro João, além de lideranças locais. Quero aproveitar para agradecer toda a receptividade nos municípios por onde passei passei este final de semana: Santa Luzia, Capanema, Nova Timboteua. Muito Obrigado! É com a ajuda de vocês que construiremos um Pará melhor.




Capanema abraça campanha Bordalo 13.130

Em Capanema, a campanha Bordalo 13.130 se fortalece cada vez mais, com apoio dos companheiros do STTR de Capanema, Fabrício e Ana, além de lideranças sindicais do município.