Cerimônia oficial da Comissão da Verdade do Pará


Como presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado, participei, nesta segunda-feira (1º), no Espaço São José Liberto, em Belém, da cerimônia que oficializou os trabalhos da Comissão da Verdade do Pará. Na ocasião, representei o presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda.

O Projeto de Lei que cria a Comissão Estadual da Verdade no âmbito do legislativo, e que provocou a criação da Comissão da Verdade do poder executivo, é de minha autoria.

O comitê será formado inicialmente por nove membros de diversas entidades civis e órgãos do estado, como as secretarias de Justiça e Direitos Humanos e Segurança Pública, Arquivo Público estadual, Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Pará (OAB-PA), Sociedade Paraense de Defesa e Diretos Humanos (SPPDH), Comitê Paraense pela Verdade Memória e Justiça, Conselho Regional de Psicologia, Sindicato dos Jornalistas e Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado.

As entidades envolvidas terão dois anos para concluir os trabalhos, que poderão ser prorrogados até a extinção da Comissão Nacional da Verdade. Ao final, o comitê deve apresentar um relatório com as conclusões das investigações.

Abaixo, fotos e meu pronunciamento durante a abertura do evento.


















Comentários