Câmara decide pelo retorno do prefeito, em Soure

Uma reunião ordinária decidiu pela revogação do pedido de afastamento do prefeito do município de Soure, no Marajó, João Luiz Mello. A reunião ocorreu nesta quinta-feira (3), na Câmara do município. Dos oito vereadores aptos a votar, sete votaram a favor da revogação.

"Amanhã a Câmara me reconduz e eu volto a assumir o cargo de prefeito, onde fui colocado pela vontade do povo", disse João Luiz Mello. O prefeito disse ainda que o afastamento "foi um golpe dos opositores que perderam nas eleições", que queriam tirá-lo do cargo "de qualquer maneira".

O afastamento do prefeito foi votado durante uma sessão especial realizada no dia 10 de junho. Na madrugada do dia 7 de junho, manifestantes que reclamavam das condições em que Soure se encontra tentaram invadir e depredaram a casa do prefeito.

Após o afastamento, o município ficou sem prefeito, visto que a vice-prefeita Vanuza Sousa Zagalo não quis assumir o cargo. Mesmo contra a vontade, na última terça-feira (1º) o presidente da Câmara, vereador Ademar Macedo, assumiu interinamente o cargo, como determina a lei orgânica do município.

Comentários