sexta-feira, 31 de maio de 2013

"EU TAMBÉM SOU FILHO DE TRABALHADOR"

* Recebi e compartilho com vocês uma importante contribuição da minha companheira Karol Cavalcante, Vice-Presidente do PT estadual.

Nos dias 30 e 31 de Maio de 1981, o então presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva veio ao Pará lançar o PT no município de Cametá e fundar a primeira Comissão Provisória do PT paraense na cidade de Baião. O PT paraense foi um dos nove estados a contribuir para a fundação do PT nacional.

Acompanhado do presidente do PT Pará, Bira Barbosa e de uma comitiva formada por militantes do Partido, Lula seguiu viagem de Belém rumo aos municípios de Cametá e Baião. A viagem durou quase 24 horas a bordo de um pequeno barco, conhecido na região como pôpôpô, em função do barulho constante feito pelo motor da embarcação. Hoje, esta mesma viagem é de apenas 6 horas, divididas entre estradas e balsas. 

A primeira parada da comitiva petista foi na cidade de Cametá. Em praça pública, lotada por militantes de esquerda e cercada por policiais a serviço da ditadura, Lula lançava o Partido dos Trabalhadores no município, quando foi interrompido por um policial militar que subiu ao palanque, retirou sua farda, pediu o microfone e esbravejou: “eu também sou filho de trabalhador!” Naquele momento a euforia tomou conta da cidade. Era a plenitude da festa democrática em Cametá. 

Após o evento em Cametá, Lula seguiu de barco por mais 10 horas até Baião, onde fundou a primeira Comissão Provisória do PT no Pará. Passada a fase de organização partidária, Lula voltou ao Pará diversas vezes, como nas jornadas em favor da Reforma Agrária e na Caravana das Águas, como também na primeira eleição direta para Presidência da República em 1989.

Após a derrota eleitoral de 1989, Lula e o PT seguiram em frente. Foram às ruas e através das caravanas da cidadania, na década de 1990, construíram um programa político para o Brasil elaborado não em gabinetes, mas em contato com o povo. Após a vitória de 2002, o já presidente Lula voltou ao Pará para prestar contas e conversar com o povo. O cargo de presidente não impediu o velho militante de fazer algo que está na sua essência: olhar no olho do povo.

Após 32 anos, o PT Pará encontra-se organizado em diretórios nos 143 municípios paraenses. Conta com 23 prefeitos e prefeitas, 16 vice-prefeitos e 183 vereadores e vereadoras em todo o Estado. Curiosamente os municípios de Cametá e Baião são governados pelo PT. Em Cametá pelo pescador Irácio de Freitas Nunes e Baião pelo quilombola Nilton Lopes de Farias, conhecido como Saci, já em seu segundo mandato. 

Em 2013 Lula voltou a percorrer o Brasil com seminários temáticos, com o objetivo de discutir os 10 anos  exitosos de governo democrático e popular no país, iniciado em 2003, com Lula e continuado com a presidenta Dilma Rousseff. O seminário já passou por São Paulo, Fortaleza e Porto Alegre e em breve deve acontecer em Belém/Pa. Lula sempre esteve presente nas vitórias e/ou derrotas do PT, sua peregrinação  representa o gás que nos falta para o embate de 2014. Esperamos Lula novamente no Pará, para renovar a esperança vermelha em nossos corações. 



Viva o PT! Viva o Lula! 

Karoline Cavalcante é socióloga, especialista em Gestão de Municípios pelo NUMA/UFPA. Atualmente, é Vice-Presidenta do PT do Pará.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

CPI Detran: no dia 5 de junho, pedirei a saída do relator da CPI, deputado Fernando Coimbra(PSD). Comportamento inadequado.

Como disse ao jornal "Diário do Pará" de hoje (pág A4) e também em meu twitter, na próxima reunião da CPI do Detran, dia 5 de junho, pedirei a renúncia do relator da CPI, deputado Fernando Coimbra (PSD). Pesam sobre o deputado muitas acusações, como a fraude no seguro defeso.

Um bom feriado de Corpus Christi.





quarta-feira, 29 de maio de 2013

Hoje começa o funcionamento das CPI's do Detran e também a CPI do Futebol. Minha solidariedade ao companheiro Puty!

Quarta-feira 29, véspera do feriado de Corpus Christi e como cai numa quinta-feira, sinal claro que haverá enforcamento da sexta-feira 31 de maio. Hoje a noite é a posse festiva da diretoria do Sindicato dos Bancários do Pará, eleita no final de abril. Vai ter música ao vivo, coquetel. Parabéns à nova direção.

Minha total solidariedade ao companheiro deputado federal Cláudio Puty que teve seu mandato cassado ontem pelo TRE - Tribunal Regional Eleitoral por 4 x 1. No mesmo processo, o TRE absolveu a companheira Bernadeth Ten Caten, deputada estadual pelo PT. Puty vai recorrer da decisão do TRE. Leia aqui a íntegra da nota publicada ontem pelo companheiro.
===

CPI Detran - E começa hoje na  Alepa - Assembleia Legislativa do Pará  a instalação das CPIs do Detran e do Futebol. O Sindetran - Sindicato dos Servidores do Detran organizou ato público com o simbolismo de enterro do Detran. Considero muito importante que o movimento sindical acompanhe e exerça o controle social dos caminhos da CPI. 

Espero o apoio do Sindicato nesta jornada que começa hoje na Alepa - Assembleia Legislativa do Pará e, de minha parte, mesmo não estando nem na Relatoria ou Presidência da CPI serei implacável na defesa de uma CPI séria e profundamente investigativa e que possa de fato apurar as denúncias de malversação do dinheiro público envolvendo o Detran -Departamento de Trânsito do Estado do Pará.

Bom dia!

terça-feira, 28 de maio de 2013

Voz do leitor: Governo Jatene prioriza nepotismo, tráfico de influência e enquanto isso cresce a violência infanto-juvenil, pois educação de verdade não é prioridade para tucanos.

Bom dia e minhas congratulações à diretoria do Sindicato dos Bancários que será formalmente empossa hoje às 18 horas. A direção dos bancários é cutista e tem  como presidenta reeleita a companheira Rosalina Amorim e como vice o companheiro Marco Aurélio Vaz dos Remédios. Em nome dos 2, parabenizo a toda a direção, mantendo meu mandato à disposição da luta da categoria bancária!

Trago à aba principal o comentário publicado na caixinha do post Agora é lei: Tecnomelody é patrimônio cultural e artístico do Pará. Projeto de lei é de minha autoria. E aviso aos navegantes: CPI do Detran não vai virar pizza. Quem viver, verá!:

Mas que pacto pela educação é esse que não vemos? Tá mais parecido com o pacto da mediocridade entre o PSDB e seus parceiros das elites atrasadas. Como o governador pode contar com professores e alunos desmotivados e que não confiam em sua política? Pessoas que além de viverem assustadas com a violência que invade as escolas, agora estão apavoradas com a epidemia de gripe, que também pode matar. Quantas escolas foram estruturadas ou pelo menos receberam uma mão de cal neste governo que ainda não disse ao que veio? Houve concursos público pra admissão de novos professores no governo do Jatene? Aliás, até agora só houve dois concursos para a PM e da Policia Civil, se haverá outros concursos, não passa de especulação. 

E o PCCR da SEDUC está funcionando depois de intermináveis greves? O que esperar de um governo incompetente e privatista, que não cumpre nem a sua agenda mínima. Que só prioriza gastos milionários em propagandas (de qualidade duvidosa) com uma única empresa de publicidade. 

O governo prioriza sim, o nepotismo e o tráfico de influência, o sucateamento da máquina pública e o endividamento com empréstimos que não poderá pagar. Educação de verdade e transformadora não é prioridade desse governo. E a violência infanto-juvenil, que só faz crescer e ceifar a vida de nossos jovens, ao invés de ser tratado com políticas sociais é visto como caso de polícia, servindo de ingrediente na receita tucana para exclusão social e o analfabetismo político (pra garantir votos). A conclusão é de esse governo não serve para o povo do Pará.


segunda-feira, 27 de maio de 2013

Agora é lei: Tecnomelody é patrimônio cultural e artístico do Pará. Projeto de lei é de minha autoria. E aviso aos navegantes: CPI do Detran não vai virar pizza. Quem viver, verá!

Segunda-feira iniciando e semana bem intensa, agitada! Como disse em meu twitter e no face, considero prematuro vaticinar o fim das apurações na CPI do DETRAN por manobra governista. Quem viver, verá! Preparo 3 requerimentos que serão apresentados na reunião da CPI do DETRAN nesta quarta-feira, véspera do feriado de Corpus Christi. Vão agitar, aguardem!

Boa semana de trabalho!
===
Tuitadas:
  • Tecnomelody, projeto de lei é de minha autoria - Governador sancionou na sexta-feira passada 24/5 a Lei 7.708/13, cujo projeto de lei é de minha autoria e  que reconhece o ritmo TECNOMELODY Patrimônio Cultural e Artístico do Pará. 
  • Jatene não gosta de jovens - Governo Jatene prefere investir 150 milhões iniciais em aquário de contemplação em Belém do que investir na juventude. A Sejudh- Secretaria de justiça e Direitos Humanos tem apenas 3 milhões/ano de orçamento para programas e investimentos.

  • Pará inseguro - O governo Jatene bate cabeça com profusão de iniciativas: UIPP, PRO-PAZ, Centros Integrados etc deixando segurança pública sem rumo.
  • Pior salário - Pará tem péssimos indicadores. Tem a pior média salarial da região norte. O Amapá tem a melhor remuneração entre estados nortistas. Ou seja, o Pará, que é o mais rico estado da Amazônia tem o povo mais pobre, uma triste realidade de desigualdade. Belém é apenas a 11ª entre as capitais brasileiras com média de 3,7 salários mínimos por trabalhador.
  • Contorcionismos do PIG - Dá pena assistir o esforço da Miriam Leitão todos os dias no Bom Dia Brasil tentando rebaixar as expectativas da pujante economia brasileira. Afinal,  cadê a crise? Indústria crescendo, consumo em alta, desemprego baixo e inflação controlada: os dados objetivos da economia brasileira. Analistas de oposição, formulam teses baseadas em seus desejos subjetivos ao invés de  ancorá-los nos dados reais sobre a economia brasileira.
  • Parabéns, PDT! - O PDT completou 33 anos neste domingo.  Com significativa participação na reconstrução democrática do Brasil.  Longa vida à legenda fundada por Leonel Brizola Parabéns ao glorioso PDT!
  • Perdão fundamental - Dilma(PT) perdoa dívidas de países africanos com o Brasil. Mesmo nossa dívida sendo impagável com eles pelo tráfico humano que praticamos.

Paragominas é tido como município "verde", extraindo ilegalmente madeira dos vizinhos, como na Balalaica

No mesmo dia em que foi sancionada a lei do Tecnomelody, na sexta-feira passada 24/5 estive na Fazenda Balalaica, a 150 km de Ipixuna do Pará, em diligência da Comissão de Direitos Humanos da Alepa - Assembleia Legislativa do Pará.

Durante a diligência sexta-feira na Balalaica, constatamos intensa exploração madeireira ilegal. A propaganda de"município verde"para Paragominas se sustenta em devastação florestal nos municípios vizinhos.

Investigações preliminares apontam para Paragominas a origem da extração ilegal de madeira na Balalaica, em Ipixuna do Pará. Rastros de intensa movimentação de tratores e caminhões evidenciam que madeireiras retiram grande volume de toras da Balalaica.

O Caso Balalaica remonta há 7 anos, envolve quase  700 famílias, área onde trabalhadores rurais vivem há sete anos, sem a tão sonhada titulação da terra.  Dentre os encaminhamentos teremos uma série de outras audiências com o objetivo de resolver definitivamente a situação destas famílias, a partir da criação do Projeto de Assentamento. 

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Em nova Ipixuna do Pará, no assentamento Balalaica, em diligência da Alepa. E governo federal ouve o Grito da Terra! Bom final de semana!

Final de semana chegando. Nesta sexta-feira, junto com o deputado Edmilson(PSOL) realizo diligência pela Comissão de Direitos Humanos da Alepa- Assembleia Legislativa do Pará na fazenda Balalaica, em Ipixuna do Pará.

A diligência tem como objetivo a criação do Projeto de Assentamento na Fazenda Balalaica e.atende ao pedido do Prefeito Salvador Chamon e da Secretaria de Agricultura de Ipixuna, coordenada pelo companheiro Nonato Guimarães. 

Atualmente os ocupantes da Balalaica respondem por volume expressivo de produção, destacando-se a farinha com 500 sacas semanais . O caso Balalaica tem interface com problemática indígena com o registro de duas etnias na área. Estamos aqui
para conhecer e ajudar.

E amanhã, permaneço em Ipixuna do Pará, com o Pref.Chamon (PT) e inauguro projeto de Agricultura.Familiar fruto de minha emenda parlamentar.

Um bom final de semana e até segunda-feira.  Nas fotos abaixo, registro da manifestação e negociações do 19º Grito da Terra Brasil, em Brasília, dia 22 de maio. Sob o comando da valorosa Fetagri, 2 ônibus saíram do Pará com 98 lideranças sindicais, um ônibus de Belém e outro de Redenção.

O 19º Grito da Terra obteve resposta do Governo federal pauta de 160 reivindicações. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, anunciou que o Incra - Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária está autorizando as Superintendências Regionais a realizarem vistoria de 1 milhão de hectares de terra nos próximos 12 meses.




quinta-feira, 23 de maio de 2013

CPI DO DETRAN FOI INSTALADA NA FORMA REGIMENTAL


Ontem foi instalada a Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa do Estado do Pará - Alepa, com objetivo de apurar denúncias de desvio de dinheiro do Departamento Estadual de Trânsito do Pará - DETRAN, que teve como autor do Requerimento o Deputado Parsifal Pontes do PMDB. E como rito regimental previa, convoquei e presidi a Sessão de Instalação pelo critério da faixa etária. Compuseram a Mesa, além de mim, os Deputados Ítalo Mácola/PSDB, Fernando Coimbra/PSD, Eduardo Costa /PTB e Chicão/PMDB.


Exatamente nesta quarta-feira, 22/05/2013, encerrava-se o prazo regimental previsto no Art. 38 para instalação da CPI. Segundo prevê o Regimento Interna da ALepa, as Comissões Temporárias Internas, como é o caso da CPI, que não se instalarem no prazo de cinco dias úteis, contados da publicação do ato de sua constituição, ou deixarem de concluir seus trabalhos no prazo para isto estabelecido, serão declaradas extintas por ato da Mesa Diretora, que dará conhecimento ao Plenário. E o prazo é contado a partir da data da publicação dos atos que a constituírem. Portanto, apesar dos questionamentos proferidos durante a sessão, seja pela tese do parágrafo 3º, Art. 37, em que o autor do requerimento teria assento nato, independente do critério da proporcionalidade, seja pela proposta de adiamento da sessão até que se verifique o mérito, não realizar a instalação da CPI nesta data, configuraria prejuízo incalculável para a apuração dos fatos.  Ou seja, se não fosse instalada no último de prazo regimental, caducariam os atos e a CPI do DETRAN seria arquivada. 

Minha conduta a frente da Sessão de Instalação da CPI, foi balizada, primeiramente no critério regimental, que referendou o Ato de Constituição da CPI exarado pela Mesa Diretora da Alepa, para evitar que o fato gerador do instrumento de investigação esbarrasse no prazo normativo. Não obstante observar que a proposta de adiamento da instalação e eleição de Presidente e Relator para a próxima terça-feira, 28/05/2013, cairia como luva na estratégia governista de arquivamento.

É preciso entender que a composição da CPI e eleição da presidência e relatoria, Deputado Ítalo Mácola/PSDB e Deputado Fernando Coimbra/PSD, respectivamente, adiante de pertencerem a base aliada do governo atual, foi realizada na forma regimental e ao meu entender não inviabiliza a conduta e a ação investigativa da CPI. Como membro, orientei minha assessoria a elaborar imediatamente estratégia de investigação e a produção de requerimentos para a reunião de quarta-feira da CPI do Detran. Para tanto, espero contar com o apoio do Sindicato dos funcionários, empresas e instituições, autoridades publicas que tenham o informações sobre o DETRAN.
Por Carlos Bordalo. 
Deputado estadual -PT e Membro da CPI do Detran

terça-feira, 21 de maio de 2013

Amanhã a instalação da CPI do Detran. E também a greve na CELPA por conta de demissões imotivadas.

Deve ser instalada amanhã a CPI do DETRAN, protocolada pelo deputado Parsifal Pontes do PMDB.  
  • Hoje o PT apelará às outras bancadas e à mesa diretora, em nome da economicidade e razoabilidade que funcione 1 única CPI do DETRAN. O custo de no mínimo 50 mil mensais por CPI não recomenda a instalação de 2 CPIs para investigar fatos determinados em 1 mesmo órgão.

  • O PT indicou o meu nome para representar a bancada como membro na CPI.

===
Greve na Celpa - E amanhã também começa a greve na Rede Celpa, puxada pelo valente Sindicato dos Urbanitários do Pará, em protesto às demissões imotivadas que estão acontecendo na Celpa. Leia mais abaixo o ofício que foi enviado pelo presidente do Sindicato ao nosso mandato.
===
Minhas tuitadas:

Mais de 200 mil empregos com carteira assinada no mês de abril no Brasil, representa mais de 4 milhões de vagas durante o governo de Dilma(PT).

Indústria em crescimento, inflação desacelerando, mercado de trabalho estável com taxa baixa de desemprego: reeleição de Dilma(PT) caminhando.

E o Maílson da Nóbrega, lembram dele? Foi Ministro da Fazenda de desemprego alto e inflação mais alta ainda. Com esse zero crédito, quer chamar a atenção batendo em Dilma por causa da economia.

===
As razões da greve na CELPA

O ofício do Sindicato ao nossomandato

Belém, 16 de maio de 2013.

Exmo. Sr.

Deputado Estadual Carlos Bordalo

Assunto: Demissões Imotivadas na CELPA/EQUATORIAL.


Senhor Deputado,


Este Sindicato dos Urbanitários do Pará, legal e legítimo representante dos Trabalhadores(as) da CELPA/
EQUATORIAL, no estado do Pará, vem por seu Diretor Presidente, expor e ao final solicitar, como segue:

1. A CELPA foi privatizada em 1998, pelo Governo do PSDB e entregue a um grupo paulista de nome Rede Energia;

2. Até novembro de 2012, ou seja 14 anos de concessão, o Grupo Rede, cometeu as maiores atrocidades com os consumidores e com os seus trabalhadores no Pará;

3. Baixo  investimento na manutenção, expansão e melhoramento do sistema elétrico no Estado; com transferências de recursos para a Holding em São Paulo, em detrimento de aplicação no sistema local;

4. A CELPA foi utilizada como banco para financiamento das outras concessionárias do Grupo,

5. O Grupo Rede demitiu trabalhadores, substituindo-os por serviços terceirizados, que
precarizaram os índices de qualidade da Empresa em todo o Pará;

6. A CELPA por consequência, submete-se a um regime de recuperação judicial com débitos da
ordem de 3 bilhões de reais, desde de fevereiro/2012;

7. Em novembro de 2012, o controle acionário da CELPA foi transferido a outro grupo de nome EQUATORIAL ENERGIA, mesmo controlador da concessionária de energia CEMAR no
Maranhão, de origem no sistema financeiro;

8. O histórico do Grupo EQUATORIAL, no Maranhão, é de demissão em massa e permanente de trabalhadores e terceirização exagerada das atividades-fim da empresa, com uma relação de 5 trabalhadores terceirizados para cada 1 trabalhador efetivo. A Cemar possui 6.079 terceirizados e 1.182 empregados próprios;

9. Para assumir a Celpa o Grupo Equatorial Energia exigiu da ANEEL aumento de tarifa, o que foi
concedido. É bom lembrar que a CEMAR possui a 2ª maior tarifa do Brasil;

10. No mês de abril/2013, a CELPA/EQUATORIAL, lançou um Plano de demissão voluntária-PDV, com a intenção de desligar 564 empregados, que significa 27% de sua mão de obra própria;

11.Esgotado o prazo para adesão, resultou em aproximadamente 240 trabalhadores (as) que solicitaram seus desligamentos da empresa;

12. Acontece que, inesperadamente, a CELPA/EQUATORIAL, colocou em prática inúmeras demissões de forma imotivada, que está provocando um clima de apreensão e de revolta nos trabalhadores;

13. Provocado pela categoria, o Sindicato dos Urbanitários, realiza mobilizações na base para
contestar e impedir novas demissões, que culminou com a aprovação em Assembleia Geral dos Trabalhadores de GREVE POR TEMPO INDETERMINADO a partir do dia 22/05/2013, caso a Empresa não acorde com esta Entidade a interrupção das dispensas imotivadas.

14. Este processo de demissão e consequente terceirização das atividades levará a CELPA/EQUATORIAL a continuar com os maus serviços prestados a nossa população.

15. Estamos enfrentando um grupo poderoso, que tem seus tentáculos principalmente na imprensa e algumas instituições dos poderes legislativo, executivo e judiciário, que age de forma autoritária, inclusive com práticas anti-sindicais, para impedir conquistas da classe trabalhadora e obter o lucro fácil e incomensurável.


Dessa forma solicitamos vossa colaboração de classe, vossa solidariedade e vossa intervenção junto ao
Governo Federal, que é o poder concedente, no sentido de barrar esse processo de demissão imotivada
na CELPA/EQUATORIAL.

Solicitamos ainda vossa presença no dia 22/05/2013 (quarta-feira) as 08:00 horas, nos portões da
CELPA/EQUATORIAL, para dar apoio a nossa greve.


Atenciosamente,
RONALDO ROMEIRO CARDOSO
Diretor Presidente.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Oposição nazi-facista divulga boatos sobre bônus e fim do Bolsa Família. É tudo mentira, mas provoca corrida a agências da Caixa e dá bem conta do que será a campanha de Dilma à reeleição.

Levada por dois boatos espalhados  nas redes sociais por setores nazi-facistas, a população encheu as agências da Caixa Econômica Federal em 12 estados, especialmente no Norte e Nordeste.

Os boatos davam conta que: Dilma iria pagar um bônus pelo Dia das Mães. E o segundo boato: que o Bolsa Família iria acabar. 


Em Belém a corrida às agências foi enorme. Multidões acorreram a agências da CEF atrás de receber benefícios.

Ônibus foram providenciados na região de Capanema e Santa Luzia no Pará para conduzir beneficiários provocando grandes tumultos

A corrida às agências da Caixa em todo o Brasil provocou tumultos e depredações em 113 agências.


Oposição nazi-fascista - Como disse em meu twitter, os boatos são uma pequena mostra do desespero da oposição e setores nazi-fascista no Brasil com o favoritismo de Dilma(PT). E é uma mostra de que a campanha de 2014 já começou  - e da pior forma possível.


É a tática de desestabilização social utilizada pelo nazi-fascismo na Alemanha/Itália.


Repudio esse tipo de prática da oposição e torço para que a Polícia Federal - já acionada pelo governo  - chegue aos causadores de tantos problemas para a população mais carente e à própria Caixa, que é um patrimônio público do povo brasileiro.

Clique no vídeo para ver a reportagem e saiba que o calendário de  pagamento do Bolsa Família continua assegurado, não sifreu nenhuma alteração. 

Detalhes no site  www.caixa.gov.br . Consultas sobre o Bolsa Família também podem ser feitas  pelo telefone 0800 726 0101.  



Demissões na CELPA levam categoria à greve. E reclamações contra bancos crescem 169% em um ano. Santander e BB lideram as queixas.

Semana de instalação das CPI's do Detran e do Futebol, de greve na CELPA a partir de amanhã, em protesto contra demissões. E os bancos continuam no topo das reclamações. Em um ano, elas subiram 169% e a maior queixa é contra o débito não autorizado em conta!

Bom dia e boa semana de trabalho!

===
Tuitadas:

  • Hoje às 15 h, na sede do PT regional, reunião preparatória da bancada estadual para participação nas CPIs do futebol e do DETRAN.
  • Crescimento do PIB de 1,05 no primeiro trimestre e inflação em queda, registrando 0,09 p/ 0,18 do mês anterior calaram os catastrofistas.

  • De nada adiantou a guerra de subida da inflação usando o tomate. PIB de 1,05 no primeiro trimestre sinaliza com crescimento de 4% no ano. Excelente perspectiva para a reeleição de Dilma(PT)!
  • Aécio em discurso na convenção do PSDB tentando se apropriar das conquistas do PT em distribuição de renda. Pensa que o povo o povo não pensa!
  • Aécio Neves é um novo personagem para velhas e surradas bandeiras. 

  •  Nós paraenses sentimos até hoje os efeitos da privatização da Celpa feita pelos tucanos. Deus nos livre deles voltarem.

  •  Imaginem o PSDB voltando e privatizando a Petrobrás, o Banco do Brasil e a Caixa. Deus nos livre e guarde! 

  • MP Portos - E continua a choradeira da oposição tucana pela aprovação da MP de modernização dos portos brasileiros. Quem perdeu foi o atraso! 
  • Confiança dos empresários se mantém alta e estável segundo a CNI. Com aprovação da MP dos portos, percepção positiva deve aumentar. 
  • Bancos -Reclamações contra bancos cresce 169% entre abril de 2012 e de 2013 segundo o Banco Central.

Santander e BB no topo das reclamações
O maior volume demandado, com 498 reclamações, foi em débito não autorizado em conta, um aumento de 182,9% ante abril do ano passado, quando foram registradas 176 queixas. 

Na sequência aparece prestação de serviço de forma irregular em conta salário, com 360, alta de 200%, e cobrança irregular de tarifas, com 328, crescimento de 97,5% ante igual período de 2012.

 O Santander lidera entre as instituições financeiras com mais de 1 milhão de clientes, de 100 em abril de 2012 para 758 reclamações em 2013. Segundo o detalhamento do BC, o maior volume veio com prestação de serviço de forma irregular em conta salário, com 178 reclamações, e débitos não autorizados em conta, com 173.

BB - O conglomerado Banco do Brasil, que inclui também o banco de investimento, registrou 562 queixas em abril de 2013, acréscimo de 157,8% ante o mesmo período de 2012, quando foram totalizadas 218. A cobrança irregular de tarifas, com 105 reclamações, é o principal motivo apresentado para o BB. 

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Com a MP dos Portos aprovada, Pará se credencia a ser a nova porta de exportações. Quem votou contra, votou contra o povo do Pará. Até segunda!

Hoje é o dia mundial dedicado à luta contra a Homofobia. Reforcemos nossa disposição em construir uma sociedade mais tolerante e equilibrada!

Um bom final de semana, semana marcada pela belíssima vitória do Planalto e da Dilma(PT), com aprovação da MP dos Portos (leia mais abaixo). 

O blog volta às atividades na segunda. Mas continuo ativo no twitter e facebook!

:::
Vitória do Planalto -Após mais de 100 dias de tramitação,11 semanas e 37 audiências públicas em que houve apreciação e debate, a MP dos portos foi aprovada ontem no Congresso. A MP amplia o ciclo de desenvolvimento econômico nacional e consolida expansão logística inaugurada com  o PAC - Programa de Aceleração do Crescimento.

Mas não só.  Como disse em meu twitter, a aprovação da MP de modernização dos portos com apenas 7 votos contrários revela o raquitismo da oposição no Brasil. E consolida a musculatura da Presidenta à reeleição, pois a  oposição sabe que  Dilma dá passo decisivo para abrir décadas de prosperidade e aí...  

Como fica o Pará 
 A posição estratégica do Pará com Vila do Conde, Espadarte e a Hidrovia Araguaia-Tocantins se credencia a ser a nova porta para as exportações. Com a modernização dos portos e a quebra dos monopólios de empresários e estatais perdulárias o Pará se credencia a ser a nova fronteira.

Mário Couto contra -Os Senadores do Pará deviam votar de olhos fechados à MP que quebra os monopólios dos portos de Santos e Paranaguá. Mas para justificar seu voto contrário à modernização dos portos, o senador Mário Couto( PSDB) falou em corrupção e aumento do preço da farinha de mandioca. Risível!

Firulas e chororô - Foi muito interessante acompanhar a votação da MP dos Portos. Pega de calça na mão, oposição se apegava a firulas formais para atrapalhar a Presidenta Dilma(PT) na aprovação da Medida Provisória.

Firmeza - O senador Renan Calheiros (PMDB) e líderes do governo dão aula de condução firme para ultrapassar as manobras protelatórias regimentais.  Quando regimento é seguido sem exceções evita-se manobras protelatórias.

Ânsia -Deu vontade de vomitar ao assistir Álvaro Dias, Mário Couto, Aécio Neves falar em princípios para se opor à modernização dos portos. 

PSB - Líder do PSB declarou apoio à MP, depois dos parlamentares do PSB  terem atrapalhado até onde puderam. Devem ter sentido que estavam cavando a própria cova.

PSOL - O PSOL se apresenta como uma virgem no meio do prostíbulo. Randolfe(PSOL) se aliou ao DEM para ganhar eleição de 2012 no Amapá. Um santinho do pau oco! Patético ver um jovem Senador como Randolfe(PSOL) ser inocente útil de velhas raposas como Álvaro Dias(PSDB)e Agripino Maia(DEM).

Resumo -
A MP dos Portos estabelece um novo marco regulatório para o setor no qual concentra a gestão dos terminais na União, que poderá delegar a administração deles aos Estados. Além disso, a medida também abre a possibilidade dos terminais privados movimentarem cargas de terceiros. Atualmente, os terminais privados só podem trabalhar com cargas dos mesmos grupos empresariais que os administram.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

É uma farra com dinheiro público a compra de hospitais privados no Pará. Cadê o MP?

Bom dia. Já em Belém, após ter atuado na sessão itinerante da Alepa - Assembleia Legislativa do Pará em Marabá, durante 3 dias. E hoje me dedico à preparação para participar da CPI do DETRAN indicado pela bancada do PT. 
:::Farra na compra de hospitais - Se alguém ainda tem dúvidas, eu não as tenho. A transferência dos ativos públicos municipais na ordem de 100 milhões para compra de um hospital particular em Belém se configura em um excelente negócio para os proprietários do Porto Dias.

O Ministério Público Estadual deveria olhar com mais carinho para esta verdadeira "farra" de aquisição de hospitais privados no Pará.
:::

MP dos Portos -PSDB, DEM, PPS, PSOL ajudados por parte do PSB e PMDB jogam contra o Brasil ao obstruir MP a dos Portos.

 Dilma(PT) trava batalha política pela modernização dos portos brasileiros contra o vale tudo da oposição demo/tucana e poderosos empresários. Por sinal, Dilma precisa avaliar a conduta de alguns líderes da base do governo que funcionaram como"cavalos de Tróia"na tramitação da MP dos portos.

Atuação do PT - O projeto de lei de conversão (PLV 09/2013) do senador Eduardo Braga (PMDB-AM) que trata da modernização dos portos (MP 595) foi defendido com afinco em plenário pelos parlamentares do PT.

Pelo texto aprovado, os contratos novos serão de 25 anos, prorrogáveis por mais 25 anos, desde que o arrendatário ofereça um plano de investimento. Com relação aos contratos anteriores à Lei dos Portos de 1993, será obrigatória a renovação, garantindo a vigência dos arrendamentos, desde que adaptados à nova política portuária. Os contratos em vigor posteriores a 1993 também deverão ser adaptados à nova política para garantir a prorrogação.

CUT x Força Sindical - As polêmicas sobre a MP dos Portos, dividiu não só a base aliada do governo Dilma.PT, mas também o movimento sindical. Saiba mais, lendo a nota publicada no Rede Brasil Atual: 

Rio de Janeiro – O presidente da CUT, Vagner Freitas, reafirmou hoje (15) o apoio da central sindical à proposta costurada pelo governo para a Medida Provisória 595, que altera a atual Lei dos Portos e cria regras para futuras concessões à gestão privada das atividades portuárias no país. Freitas lembrou que a CUT, juntamente com UGT, CBT e Nova Central assinaram uma nota de apoio à MP e lamentou a postura adotada pela Força Sindical, que rejeitou a proposta do governo e convocou greve nos três portos que controla (Santos, Rio de Janeiro e Paranaguá).

“Nós fizemos uma carta de apoio à MP, com a garantia que o governo nos deu de que os trabalhadores podem trabalhar tanto no porto novo quanto no porto velho e que, acima de tudo, a contratação dos trabalhadores tem de ser feita por meio de negociação com o sindicato. Aumentar o papel do sindicato nesse processo é extremamente importante para a CUT. Nós conseguimos fazer uma unidade entre todas as centrais. Mas, lamentavelmente, houve essa influência do deputado Paulo Pereira”, diz o presidente da CUT.

Freitas acusa o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho (PDT-SP), de jogar confusão sobre a discussão. “Na realidade, ele está utilizando essa questão da greve para tentar defender os interesses que ele tem e que outros têm nas questões comerciais do porto e não nas questões relativas aos interesses dos trabalhadores. Como ele tem dupla função, como presidente de central e deputado, acaba confundindo a ação. Ora é presidente de central, ora defende os interesses dos empresários, o que faz parte da função de um deputado. Só que ele acaba confundindo os trabalhadores com sua atuação.”

As centrais, segundo Freitas, não aceitaram nenhum prejuízo aos trabalhadores: “O que nós discutimos com o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) ficou assegurado na redação do relatório da comissão mista.

Qualquer coisa que aconteça ao contrário, aí sim, nós entraremos com toda a radicalidade necessária para defender os interesses dos trabalhadores, mas agora isso não está acontecendo. O Paulinho está forçando a barra”, diz.

O presidente da CUT conta o que ocorreu na negociação com o governo: “Ontem (14), no final da reunião das centrais com o governo, o deputado Paulo Pereira veio dizer que tinha de ser feita uma mudança na redação de um dos tópicos da MP. Pediu a mudança dos parágrafos que, segundo ele, não contemplariam a discussão dos trabalhadores. Ele argumentou que, da forma como está escrito, não se garante que os trabalhadores possam trabalhar tanto no porto novo quanto no porto velho. O governo assegurou, através da ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), que estava absolutamente garantido aquilo que nós negociamos com o senador Eduardo Braga. Os trabalhadores podem trabalhar tanto no porto antigo quanto no porto novo. Isso é uma garantia que nós estabelecemos, mas o Paulinho insistia em dizer que não estava contemplado no acordo”.

Freitas também criticou a exigência, feita pela Força Sindical, de que os trabalhadores portuários tenham que ser contratados por intermédio do Órgão Gestor de Mão de Obra (Ogmo): “O Ogmo é uma entidade constituída entre patrão e empregado que obrigatoriamente contrata todo o serviço. E o sindicato é remunerado, por isso que ele está tentando manter isso. O governo desde o início disse que não queria o Ogmo e concordou que a contratação deve ser feita diretamente pelo sindicato”. “O Paulinho está defendendo o interesse do Ogmo, que é o interesse do empresariado e não dos trabalhadores. Queremos dizer que a CUT não tem nada a ver com isso, nós queremos é que o trabalhador tenha direito de trabalhar no porto novo e no porto antigo. Isso deve ser tratado pelo sindicato, pois a questão de Ogmo é questão de empresário. Eles dizem que o Ogmo é essencial porque têm interesses empresariais e comerciais nisso. Os trabalhadores podem ser contratados como seletivos ou avulsos, mas isso tem que ser feito pelo sindicato”, acrescenta Freitas.

O essencial, segundo a CUT, foi construir uma medida provisória que não traga prejuízos aos trabalhadores: “Nós conseguimos colocar coisas importantes na medida, sem dúvida nenhuma. A CUT e as demais centrais trataram de cuidar da questão dos trabalhadores na MP. As outras questões referentes ao interesse do empresariado e dos estados também são importantes, mas não devem ser prioritários para uma central sindical”.

Greve na estiva

A greve dos estivadores em Santos atingiu pelo menos dez das 30 embarcações comerciais atracadas no cais do porto hoje (15). A paralisação foi deflagrada ontem em protesto contra a MP dos Portos. Em Paranaguá (PR), hoje as atividades foram normalizadas.

Segundo a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), das 37 embarcações atracadas hoje no porto de Santos, 30 são comerciais e pelo menos dez foram atingidas pela greve. Das 30 embarcações comerciais, cinco estavam atracadas em terminais privativos e a Codesp não têm informações sobre a movimentação neste terminais.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Parabéns à diretoria do SINPRO.Pará! Em Marabá,3 dias de sessão itinerante


3 dias de sessão itinerante da Alepa em Marabá e agora relatório vai ao governo. 







O Sindicato dos Professores da Rede Particular de Ensino - SINPRO, realizou ontem a cerimônia de Posse da nova diretoria que passa a ser coordenada pelo Professor Ribamar Barrroso, militante histórico deste setor sindical e coordenador de formação da CUT/PA.

O Sinpro, na gestão anterior, foi coordenado pela minha amiga do DASAC, Professora Rosa Fares, com a mão firme do meu companheiro, amigo e Professor Wilson Sodré e toda equipe super competente de professores, professoras e técnicos.

Por estar em Marabá na sessão itinerante da Alepa - Assembleia Legislativa do Pará desde segunda-feira, não pude estar presente ao evento, mas deleguei a minha equipe  do mandato a tarefa de externar meus parabéns a Rosa e ao Sodré pelo excelente trabalho que levou o Sinpro a uma atuação exemplar em defesa da categoria, mas fundamentalmente se colocando sempre na trincheira pela luta da educação privada no Pará, e desejar ao meu amigo e professor Ribamar, sucesso neste novo desafio de manter e melhorar a atuação do Sinpro na defesa dos interesses dos seus afiliados.

A posse foi concorrida e estiveram presentes no evento, entre outras pessoas de igual importância:  Carmem Foro, vice-presidenta da CUT Nacional, Sérgio Nobre, secretário geral da CUt Nacional, Guto, representando a Fetagri/Pa, Cássio Bessa, Diretor do Sinpro /RS, Ubirajara Bentes/ OAB Santarém, Marcelo Freitas/Adv. Sinpro, Martinho Afonso/ Pte. CUT, Pa.,Maria, sec adjunta da CUT Nacional, Raimunda Barretp, sec de Mulheres CUT.Pa,Prof. Justiniano Alves, Delegado de Polícia, Vera Paoloni, Coordenadora de Comunicação da CUT/Pa, Oswaldo Chaves Jr, , representando meu mandato e Nailson Guimarães, publicitário.
:::
3º DIA DE SESSÃO ITINERANTE DA ALEPA EM MARABÁ








 Terceiro dia das Sessões Itinerantes da Alepa em Marabá. Hoje Sessão Especial para ouvir comunidade. Líderes sindicais, comunitários, sociedade civil em geral, prefeitos e prefeitas, vereadores e vereadoras com palavra livre na Sessão da Alepa em Marabá. 


Durante três dias, a sede do Poder Legislativo do Pará foi transferida para Marabá. Foram realizadas duas sessões ordinárias, reuniões de Comissões e ainda duas sessões especiais de abertura e de encerramento.

Em Marabá, foi inaugurado o projeto “Assembleia junto com o Povo”, com objetivo de aproximar o parlamento da população que não mora na região metropolitana de Belém. As Sessões ocorreram no Casarão Eventos, localizado na Avenida VP 8, Nova Marabá. 

No dia 13/05, segunda-feira, visitamos o prefeito João Salame (PPS) e outras autoridades e instituições públicas do município. No dia 14/05, terça-feira, aconteceu uma sessão especial de abertura, com a participação de prefeitos da região, autoridades federais e regionais locais e ainda lideranças da sociedade civil.

Na Sessão Ordinária houve apreciação das matérias constantes na pauta, seguindo o regimento interno. 

Na sessão de encerramento, com a participação de prefeitos da região, presidente de Câmaras Municipais e representação da sociedade civil organizada, foram apresentados os relatórios das Comissões Setoriais e do documento final da sessão legislativa itinerante, que será remetido ao Governo do Estado.



terça-feira, 14 de maio de 2013

Que venham os médicos cubanos, espanhóis, portugueses! E hoje a CUT debate em Belém rumos para o desenvolvimento sustentável na Região Norte.

Continuo em Marabá, desde ontem e até amanhã, em sessão itinerante da Alepa - Assembleia Legislativa do Pará.

CUT em debate -Em Belém, hoje a CUT Nacional e mais as CUTs da Região Norte iniciam um ciclo de 3 dias de debates para apontar rumos comuns de lutas para a busca do desenvolvimento da região Norte. Participam sindicalistas das CUTs do Pará, Amapá, Acre, Amazonas, Roraima, Tocantins e Maranhão, além da CUT Nacional. O superintendente do Incra Belém, Elielson Silva é um dos palestrantes no importante evento que acontece de hoje até o dia 16, no hotel Regente. Ele compartilhará amanhã pela manhã mesa de debates que abordará o tema "Disputa de Hegemonia na Região: cenários para a disputa política em 2014 e a relação com as demais centrais sindicais". Desejo um ótimo debate a todas as CUTs.
:::

Posse do SINPRO - E hoje também é a posse da direção do SINPRO, tendo à frente na coordenação geral o companheiro Ribamar Barroso. à direção do Sinpro e a toda a rede de educadores da rede particular de ensino, meus parabéns!

:::

Que venham os médicos cubanos! - Gerou o maior tititi nas velhas mídias o anúncio de que o Governo Dilma/PT abrigará 6 mil médicos cubanos para que possam atender regiões inteiras que padecem hoje sem um único médico sequer! Há quase 400 municípios brasileiros sem qualquer médico!

A falta de médicos é tanta que o Pará, por exemplo, tem a segunda pior cobertura do país c/ 0,84 de médicos para cada mil habitantes. E o Pará concentra seus médicos na capital Belém, 73% do total de 6.565, São 4.828 deixando o interior com baixíssima cobertura. A média ideal preconizada pela ONU: 2 médicos por mil habitantes.

Ora, que venham os médicos cubanos. E também os portugueses, os espanhóis, como anunciou o ministro Padilha.
:::
EU TAMBÉM QUERO FALAR!

E amanhã 15, às17 h no hotel Regente, a CUT.Pará promove debate e lançamento do livro Latifúndio Midiota, com a presença do autor, Leonardo Wexell Severo. 

Uma boa terça-feira!

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Pará parou e é nesse clima de retração e mais baixo investimento dos últimos 25 anos que vai se dar a eleição à poderosa FIEPA. Meus parabéns a Mãe do Rio, Concórdia e Pirabas!

Segunda-feira, 13 de maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima e da Lei Áurea. E a semana é cheia de muitas atividades e lutas.

De hoje até quarta, estaremos em sessão itinerante da ALEPA - Assembleia Legislativa do Pará em Marabá, na programação "Assembleia Junto com o Povo". 

  • Sessão itinerante da Alepa - Em Marabá, reunião com prefeito João Salame, no início da Sessão Itinerante da Alepa. E hoje às 17 h, instalo a Comissão de Direitos Humanos na Câmara Municipal.
  • Posse Sinpro -Amanhã 14, a posse do Sinpro - Sindicato dos Professores da rede Privada do estado do pará, tendo á frente o sindicalista da CUT.Pa e professor Ribamar.
  • Encontro Norte CUT - Também amanhã, a partir das 9 horas, no hotel Regente centro de Belém, o Encontro Norte, que reúne as CUTs da região Norte e que debaterão de 14 a 16 os rumos sindicais para lutar por desenvolvimento para a nossa Região.

  • Prefeitos e PT -Na sexta-feira passada, 10 de maio, durante o Encontro de Prefeitos e Prefeitas e Governo Dilma/PT, no Hangar, travou-se forte embate político entre o Gov.Jatene (PSDB) e o Pres. da Famep Hélder Barbalho(PMDB).  Daquele evento, firmei convicção de divórcio irreversível do PSDB e PMDB, como tuitei.
  • Só agora? -Colocado no canto do ringue, após provocação do presidente da Famep,  Jatene anunciou decreto dispensando exigências para celebração de convênios com municípios inadimplentes, o que vinha travando repasses dos recursos. Ora, o Governo Jatene demorou 2 anos e 5 meses para tirar a trava nos repasses, o  que até aqui torna sua administração a de mais baixo investimento em 25 anos. Bom, ainda bem que destravou. Antes tarde do que nunca!
  • O PAC - Programa de Aceleração do Crescimento de Lula/Dilma(PT) já retirou esta trava,  o que vem possibilitando o crescimento do investimento público.
  • Por sinal, o Encontro com Prefeitos ocorrido sexta-feira passada no Hangar representou demonstração de uma nova ordem na gestão pública brasileira : o PT amadurece e cresce. E a tão decantada eficiência de gestão do PSDB vai tendo que se curvar à moderna, eficiente e includente gestão do PT no Brasil.
  • Pará parou - E o baixíssimo investimento, o pior dos últimos 25 anos do setor público estadual vem puxando a economia paraense para baixo. A queda da indústria paraense no primeiro trimestre de 2013 da ordem de 5,7% vem confirmar tendência de desaceleração desde 2012.
A indústria paraense teve queda de 5,7%, a segunda maior do país, ficando atrás apenas do Espírito Santo com 11,5% no primeiro trimestre.

  • Eleições Fiepa -É nesse cenário de retração da atividade industrial paraense, empresários vão divididos para  eleição da poderosa FIEPA- Federação das Indústrias do Pará.

Parabéns, Mãe do Rio, Pirabas e Concórdia - No sábado, 11 de maio, estive em Mãe do Rio para a festa de  comemoração dos 25 anos de Mãe do Rio, uma cidade na flor da idade. Parabenizo o prefeito Badel(PT) e a vice, Izabel Rainha (PT do B). Badel e Izabel têm feito um governo de grandes mudanças.

Não só Mãe do Rio, mas outras lindas moças fazendo 25 anos nesta semana. Meus parabéns a todas: Mãe do Rio, Pirabas e Concórdia, em especial. Parabéns também ao povo de Concórdia do Pará. Desejo progresso e paz à Princesa do Vale do Acará.

No sábado 11, em Mãe do Rio, na festa dos 25 anos do município. Fotos: Diógenes Brandão
Inauguração da Unidade Básica de Saúde do bairro Sales Costa, em Mãe do Rio.

Lideranças petistas na casa do prefeito Badel/PT, de Mãe do Rio. Sábado, 11/5/13.


sexta-feira, 10 de maio de 2013

Em Belém, Governo Dilma/PT mostra a prefeitos o caminho das pedras no acesso a recursos federais. Um bom final de semana e ótimo Dia das Mães!

De peso o evento no dia de hoje em Belém, no Hangar, reunindo ministras e ministros e mais de 60 dirigentes federais para dar efetivo apoio aos municípios do Pará. O evento é uma atividade conjunta do governo Dilma/PT, Famep, governo do estado e bancada federal do Pará.

Recepcionaram os prefeitos, as ministras Ideli Salvati, Miriam Belchior e o ministro Alexandre Padilha.

Brasil sem Miséria -A ministra Tereza Campello, do MDS - Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome destacou que o programa "Brasil sem Miséria tem o Estado do Pará como uma das grandes prioridades do Governo Dilma, porque além de ser o estado mais populoso da região Norte, tem uma das populações mais pobres do País. Informou que nos últimos dois anos, 1.593.278 pessoas saíram da extrema pobreza no Pará. E que atualmente são 814.791 mil famílias beneficiárias do Bolsa Família no Estado, com repasse anual aproximado de R$ 1,634 bilhão, sendo R$ 136,2 milhões só neste mês de abril. 

Incluir no Cadastro Único - Para Tereza Campello, "estamos aqui para conversar com os prefeitos sobre como fazer o 'Brasil Sem Miséria' no seu município, discutir as especificações do Pará". O encontro se faz necessário pela importância do Estado junto a Pasta que ela comanda, a Busca Ativa, ou seja, a localização de pessoas ou famílias extremamente pobres que ainda não estão no Cadastro Único das Políticas Sociais, já identificou no território paraense 66.440 famílias de um total de quase 815 mil (cerca de 3 milhões de pessoas). 

Fórum de Gestores - No Encontro hoje com os Novos Prefeitos e Prefeitas do Pará, a Ministra-Chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, anunciou a criação do Fórum de Gestores Federais no Pará, que terá a finalidade de promover a integração das políticas públicas do Governo Federal no Estado e de fortalecer a pactuação federativa com os municípios. A ministra anunciou ainda que a Coordenação do Fórum será composta pelos dirigentes da SUDAM, Eletronorte, Caixa Econômica Federal, Delegacia do MDA, INCRA/SR-01, Funasa e DNIT.

22 aeroportos - A ministra Miriam Belchior, anunciou diversos investimentos em nosso estado, como a construção ou ampliação de 22 aeroportos regionais em municípios paraenses.

Beto e Pedral do Lourenço - O deputado federal Beto Faro(PT), coordenador  da bancada federal do Pará em Brasília pediu  pela derrocagem do Pedral do Lourenço e isonomia tributaria ao Pará. 

Tirar a pedra do caminho -Em resposta à reivindicação do companheiro Beto Faro, a  Ministra Ideli Salvatti disse que"reconhece que no meio do caminho há uma pedra, mas que, a pedra que impede a navegabilidade da hidrovia Araguaia-Tocantins vai ser destruída para que o desenvolvimento do Pará e do Brasil possa prosseguir". 

Marajó e Calha Norte - Helder Barbalho(PMDB),Presidente da Famep, pede pela Universidade Federal do Marajó e o rebaixamento da energia na Calha Norte.
:::
Agenda sindical Outro evento de peso que acontecerá na próxima semana é o Encontro Norte, da CUT Nacional e que reunirá em Belém, no hotel Regente, de  14 a 16 de maio, dirigentes sindicais das CUTs Pará, Maranhão, Amapá, Roraima, Rondônia, Acre, Tocantins e Amazonas. O movimento sindical cutista na região vai debater os desafios para que se promova desenvolvimento sustentável e inclusão nesta região.
:::
Ex-prefeito de Cametá - Enquanto o governo Dilma/PT vem até o Pará conversar e dar atendimento e apoio aos prefeitos e prefeitas,   operação do  Ministério Público  estadual em Cametá apreende mais de 2 caminhões de documentos e equipamentos "surrupiados! pelo ex-prefeito do município de Cametá, Valdoli Valente (PSD). 

 Documentação em posse do ex-Pref. Valdoli Valente de Cametá dificultava investigações do MP sobre irregularidades na gestãoValdoli (PSD). O ex-prefeito de Cametá investigado pelo MP escondeu documentos para prejudicar início do Governo Irácio(PT).
:::
 Um bom final de semana, ótimo Dia das Mães. Na segunda-feira retornamos com o blog e continuo em linha direta, conversando via twitter.


quinta-feira, 9 de maio de 2013

Amanhã equipe de ministros do Governo Dilma faz atendimento a prefeitos do Pará e mostra caminhos de acesso aos recursos federais. E hoje à noite, PT no rádio e tv!

Hoje à noite, às 20h30, o programa nacional do PT, em rádio e televisão. Vamos assistir, Comentarei pelo twitter.
:::
E  amanhã, chega a Belém a equipe do Gov. Dilma(PT) com Ministros e Funcionários de alto escalão para atendimento direto aos municípios. Pela manhã, palestras das ministras 
e ministro no Hangar e à tarde, salas de atendimento aos prefeitos e prefeitas, oportunidade imperdível para conhecer os caminhos de  acesso aos recursos federais.

O Pará é o oitavo Estado visitado pela equipe do Governo Dilma/PT e dos 8,  2 são governados pela oposição: Rio Grande do Norte(DEM) e Pará(PSDB). Uma caravana republicana, como bem destacou meu companheiro deputado federal Beto Faro em seu blog:


Beto Faro: Um ato republicano pelo Pará

No próximo dia 10 Belém sediará o Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas. O evento, fruto da parceria entre a Federação das Associações dos Municípios do Estado do Pará (FAMEP), Governo do Pará e Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, constituirá grande oportunidade para uma ampla discussão e definições sobre as políticas públicas para o desenvolvimento sustentável do nosso estado.

Como coordenador da bancada do Pará na Câmara dos Deputados me empenhei intensamente para a viabilização desse Encontro, pois aposto na sinergia de esforços entre as três esferas da federação como o caminho mais eficaz e imediato para a solução dos gigantescos problemas socioeconômicos acumulados pelo estado ao longo de séculos. 

Todos os membros da bancada do Pará, compreendendo o caráter superior, suprapartidário do evento, contribuíram ativamente para a concretização do mesmo o que reafirma o ambiente de cooperação que vigora nesse colegiado. A propósito, graças a esse ambiente de cooperação tem sido possível a destinação de recursos federais cada vez mais volumosos para o financiamento de projetos dos Municípios essenciais para as suas populações.

Gostaria de assinalar que essa experiência inusitada reunindo altos escalões dos governos federal e estadual com a quase totalidade dos gestores municipais para debater conjuntamente os temas de interesse superior do estado foi facilitada pelo total apoio e entusiasmo do governo federal.

Representado pela Ministra-Chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, o governo da Presidenta Dilma incentivou o Encontro por ter claro que os massivos investimentos realizados no nosso estado desde o primeiro governo Lula serão ainda mais potencializados com a somatória dos esforços do governo do estado e dos Municípios.

 O governo federal aposta que políticas adequadas para a exploração inteligente das vastas e diversificadas riquezas naturais do território paraense junto com a valorização da capacidade de trabalho e diversidade étnica e cultural da nossa população serão a via expressa não apenas para superar o atraso e as desigualdades ainda significativas no Pará, mas para a realavancagem do desenvolvimento do Brasil. Daí o imperativo de uma postura republicana que se imponha sobre disputas políticas menores para viabilizar projeto com tal grandiosidade de objetivos.
           A medida da importância atribuída pelo governo federal ao Encontro poder ser dada pela ida a Belém de vários Ministros como os da Saúde, Planejamento, Desenvolvimento Social, além da Ministra Ideli Salvatti. Os Ministérios sem a participação dos respectivos titulares serão representados pelos seus Secretários, de sorte que praticamente não haverá área temática da administração federal sem representação no Encontro.

          Também destacamos o protagonismo dos Municípios na dinâmica do evento, o que tem tudo para se transformar no marco de uma nova forma de pensar e planejar o desenvolvimento estadual a partir de um processo efetivo de ausculta às lideranças das bases da federação no estado.

           Um dos momentos chave do Encontro envolverá a avaliação e medidas de fortalecimento das políticas federais no estado. A Ministra do Desenvolvimento Social abordará os programas sociais, em especial, aqueles vinculados às transferência de renda. O debate dos graves problemas da gestão da saúde serão conduzidos pelo Ministro da Saúde, e os vultosos investimentos federais realizados, em execução, e os projetados, no estado, via o Programa de Aceleração do Crescimento, serão objeto da intervenção da Ministra do Planejamento.

          O período da tarde estará reservado para a realização de salas de atendimento, quando os Prefeitos poderão dialogar diretamente com os representantes do governo federal, com a assistência do governo do estado, para a discussão e definição de projetos, liberação de recursos, e resolução de pendências que dificultam o acesso dos Municípios principalmente aos recursos relativos às ações discricionárias do governo federal.

            Em suma, acredito que o Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas poderá inaugurar um novo jeito de debater as políticas de interesse do estado. Que evolua para um contexto onde os Municípios passem a ser ouvidos de fato, a classe política em geral coloque os interesses maiores do estado acima de divergências partidárias, e a sociedade civil, nos espaços já criados pelo governo federal, critique e interfira positivamente na definição das grandes estratégias para o desenvolvimento do Pará.

O mar não tá pra peixe nos arraiais tucanos.Próxima baixa pode ser Artur Virgílio, de Manaus. E ainda dizem que Dilma/PT não é boa política. Imagina se fosse!!!


Baixa tucana - O mar não tá pra peixe nos arraiais tucanos. O prefeito de Manaus, Artur Virgílio pode ser a próxima baixa do PSDB. Descontente no partido e em desacordo com tucanos paulistas na oposição que fazem à Zona Franca de Manaus, Virgílio pode deixar o ninho tucano.



A presidenta Dilma(PT) recebe o prefeito Arthur Virgilio(PSDB) em audiência e almoço. Tratamento VIP para antigo desafeto. E ainda dizem que Dilma não é boa política. Imagine se fosse: vice-governador paulista e prefeito de Manaus reluzentes aves em transfiguração!
:::
Metas traçadas para ações da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor/Alepa



Tivemos ontem reunião ordinária da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da ALEPA- Assembleia Legislativa do Pará. Aprovamos o planejamento para 2013 e foram definidos responsáveis para áreas temáticas.

Presido a Comissão e são integrantes: Deputada Ana Cunha/PSDB, Deputado Edmilson Rodrigues/ PSOL, Deputado Cássio Andrade/PSB, Deputada Luzineide/PSD e o Deputado Nélio Aguiar/ PMN.

Comissão reunida: planejamento pronto e responsáveis definidos por temas. Foto: Mauro Ribeiro
:::

CPI Detran - Hoje, em reunião com bancada do PT para definições sobre CPI do DETRAN e agenda das Ministras Ideli e Miriam Belchior, amanhã aqui em Belém.


CPI do Detran mais que na hora. Polícia Civil do Pará + MP revelam  a ponta de um imenso esquema de corrupção na expedição de Carteiras de habilitação no Pará. Mais de 60 prisões. Operação em 18 municípios desbaratou esquema envolvendo funcionários do Detran e autoescolas em fraudes com carteiras de habilitação no Pará


:::
Alepa em Marabá - E na próxima segunda-feira  estarei em Marabá na sessão itinerária da Alepa. E parabéns ao presidente da casa,  Deputado Márcio Miranda pela ação.


Vereadora Toinha - Por falar em Marabá, ontem realizei audiência com a vereadora Toinha, do município de Marabá, companheira de meu partido - PT para dialogar sobre ações entre mandatos na área de direitos humanos e do direito do consumidor. Considero muito importante construir uma pauta de trabalho entre o mandato estadual e os mandatos dos vereadores e vereadoras nos municípios.

Vereadora Toinha, de Marabá. Foto: Mauro Ribeiro

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Nicias Ribeiro boquiaberto diante da grandeza da obra do governo federal na Calha Norte, item energia: obrigado Dilma/PT!

Rodoviários fecharam um bom acordo,com reajuste de 8%, aumentando em R$40,00 o tíquete-alimentação que sobe para R$ 385 e pagamento de R$ 180 mil por ano para auxílio médico. Foram 10 horas diretas  de negociação e a categoria aprovou a proposta mediada pela SRTE - Secretaria Rgeional de Trabalho e Emprego, pondo fim à iminente greve. parabéns ao valoroso sindicato dos rodoviários e ao companheiro presidente, Altair Brandão pela condução de todo o processo de luta e negociação!!

**
Ananindeua e Marituba -O Sintram (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Ananindeua e Marituba) também deve negociar com os empresários sobre a greve iniciada nesta quinta-feira (10). A reunião acontece também no TRT- Tribunal Regional do Trabalho a partir das 15h de hoje.
:::

CUT em Altamira - A CUT Nacional, CUT.Pará, Fetagri.Pa e a central sindical norte-americana AFL/CIO estão desde ontem em seminário sobre meio ambiente, sindicalismo e trabalho decente, com foco no mundo de trabalho na região.Do seminário deve sair propostas e acúmulos ao Encontro Norte das CUT's de 14 a 16 de maio, em Belém. 

Organizando a ação - Hoje em reunião Ordinária Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa- Assembleia Legislativa do Pará discute plano de ação para 2013. 
:::
 Nicias boquiaberto- Como disse em meu twitter, cabe registro da boca aberta do secretário estadual Nicias Ribeiro diante da maior obra de engenharia na área de energia no Brasil e que está levando energia de Tucuruí para a Calha Norte: Obrigado, Dilma(PT)!

É pujante o orgasmo de Nicias Ribeiro sobre a obra de Dilma(PT) na Calha Norte trazendo energia de Tucuruí:"As são de fato majestosas.As torres são magníficas". De novo, obrigado Dilma(PT)!

:::
Brasileiro na OMC e pouco caso da mídia -Imprensa dá pouco destaque para a maior vitória do Brasil na cena internacional com eleição de brasileiro para presidir OMC. 

Deem uma lida no artigo abaixo, publicado no blog do Nassif:

 Eleição de brasileiro pode avançar questões na Rodada Doha
Da Agência Brasil
Alana Gandra
A eleição do embaixador brasileiro Roberto Azevêdo para o cargo de diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) poderá fazer avançar algumas questões que travam a Rodada Doha. A avaliação é do presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro. “É a oportunidade que nós temos de fazer com que alguns assuntos que estão travados no mercado internacional possam movimentar um pouquinho, pela competência dele, pela experiência”, disse.
O presidente da AEB admitiu, no entanto, que Roberto Azevêdo encontrará dificuldades para conseguir esse avanço, tendo em vista que o mundo econômico passa por um período de retração, claramente protecionista. “Com Roberto, a gente tem uma luzinha de possibilidade de alguma coisa avançar. Ele tem muita capacidade de buscar uma solução de expansão do comércio. Acho que a escolha foi ótima, sob todos os aspectos”, ressaltou.
A opinião é compartilhada pela economista Sandra Polonia Rios, professora de política comercial da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e diretora do Centro de Estudos de Integração e Desenvolvimento (Cindes). Ela considerou a eleição de Roberto Azevêdo surpreendente e muito boa.
“Surpreendente porque a disputa estava muito acirrada. Pelas qualidades pessoais, Roberto tinha grande chance. Tem muito envolvimento com as questões da OMC”, disse. Para o comércio exterior do Brasil, é extremamente positivo ter um brasileiro no comando da OMC, ressaltou Sandra Polonia. “Porque aumenta o compromisso do país com as regras internacionais”, completou.
A economista disse ainda que o fato de o governo federal ter feito campanha para que o embaixador Azevêdo fosse escolhido amplia o compromisso do Brasil em contribuir para fazer a Rodada Doha avançar e para que a agenda multilateral de comércio seja privilegiada.
A Rodada Doha, também conhecida como Rodada do Desenvolvimento, é uma mesa de negociação entre mais de 100 países em busca de acordos que favoreçam a liberalização econômica. O ciclo de negociações teve início no Catar, em novembro de 2001, durante a 4ª Conferência Ministerial da OMC. Programada para acabar em 2005, a Rodada Doha ainda se estende até os dias atuais, devido a impasses entre os blocos negociadores. Sua motivação inicial objetivava a abertura de mercados agrícolas e industriais com regras que favorecessem a ampliação dos fluxos de comércio dos países em desenvolvimento.