Bordalo ouve reivindicações de lideranças comunitárias no interior do estado



Na manhã do último sábado, 17.08, participei da abertura da Plenária de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município de Curralinho, junto com prefeito Léo Arruda, vice-prefeito Jonas e o secretário de Agricultura Ananias.
 
Na ocasião, falei da importância da organização dos trabalhadores rurais aperfeiçoarem cada vez mais sua ferramenta de luta, que é o Sindicato. Em Curralinho são novos tempos e é preciso participar politicamente do planejamento da cidade, para o fortalecimento da agricultura familiar.

Em seguida, prossegui viajem com vereador Donato (PT), companheiro Carlinhos (PT) e Valdir Gaia, ambos do município de Limoeiro do Ajuru, onde participei de uma grande reunião com lideranças da região do Cupijó.

Foi um momento muito importante para ouvir as pessoas sobre suas ideias, seus projetos e reivindicações. Na oportunidade, as lideranças falaram sobre os problemas que vem ocorrendo no município e relataram o abandono dessas comunidades pelo poder público local. Segundo as lideranças, há falta de médicos, medicamentos, professores, de merenda e transporte escolares, sem contar na estrutura física das escolas e dos postos de saúde, que se encontram em completo abandono. 

À tarde, reunimos com lideranças da região do Itatuoca onde ouvi novas denúncias sobre a falta de médicos e professores na Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio Guilherme Baia. No Hospital da cidade, por exemplo, há falta de material descartável, como agulhas e seringas. Além disso, de acordo com as lideranças, uma senhora em serviço de parto foi rejeitada na Casa de Apoio da Região.

À noite, realizamos uma plenária do PT aberta à sociedade de Limoeiro do Ajuru com a presença de professores, lideranças sindicais, servidores públicos, representantes de igrejas. 

É importante ressaltar a presença do Governo Dilma no município de Limoeiro do Ajuru com a presença de obras e políticas públicas: Bolsa família, Seguro Defeso, Construção do Terminal da Fluvial na orla da cidade, ônibus escolar, 3000 famílias atendidas com crédito apoio e 172 famílias beneficiadas com a construção de casas nas ilhas. Isso significa que o governo federal está fazendo sua parte.

Por fim, quero agradecer a hospitalidade e receptividade das lideranças e pessoas que reunimos: Jorge Junior – Ilha do Boi, Osmar
Sampaio – Ilha Vitória, Urbana Ferreira – Ilha do Cupijó, Deusdeth Braga – Ilha Curupira, Marcos Magalhães Pimentel – Rio Cupijó, Divaldo Pinheiro - Ilha Japim Seco, Francisca de Paula e Egidio Gaia – Ilha do Boi, Marquinho – Associação dos Pescadores, D. Alzira – Pres. Da Ass. Turuçu, Herculano, Pedro Damião, Beto Serrão – Pres. Da Associação Itatuoca, Santina – Ilha Grande do Japim, José Augusto.

Obs.: Quero assegurar que todas as denúncias apresentadas serão encaminhadas através de moções aos órgãos competentes, para averiguações e fiscalizações da aplicação desses recursos. Solicitarei, ainda, providências urgentes para as demandas apresentadas pelas comunidades.

Comentários