VOTAÇÃO DO PPA TERMINA EM REPRESSÃO PELA PMB



Jovens afirmam que não tem resposta para o passe livre



Na manhã desta terça- feira (02/6), em Belém, estudantes que ocuparam a Câmara Municipal da capital paraense na noite passada foram retirados a força pela Guarda Municipal. Essa foi a 6ª manifestação em que a principal reivindicação é a redução da tarifa de ônibus de R$ 2,20 para R$ 2 e a votação do passe livre para estudantes.

Mais de 600 jovens decidiram passar a noite na Câmara Municipal de Belém (CMB) na noite de segunda-feira (1/06) para acompanhar a votação do Plano Plurianual (PPA) nesta terça-feira (2/06). A decisão foi tomada após a sessão de segunda ter sido interrompida pela falta do número mínimo de vereadores para a votação.

A votação do Plano Plurianual é responsável por determinar as metas orçamentárias para os próximos quatro anos de gestão municipal para as áreas sociais, como saúde e educação.

A sessão desta terça-feira, foi interrompida por pouco mais de uma hora após o confronto entre homens da Guarda Municipal e os manifestantes.

 O comandante da Guarda Municipal Carlos Machado, disse que a Guarda utilizou força progressiva para preservar a vida das pessoas dentro do local. De acordo com o estudante da FAPAN, Clayton Costa, diretor da União Acadêmica Paraense (UAP), foram 4 horas de enfrentamento. “A Guarda usou spray de pimenta e bala de borracha para expulsar os manifestantes”, afirmou.

Após o confronto, os manifestantes foram retirados do prédio.

Fonte: http://www.une.org.br/2013/07/pressao-de-estudantes-marca-votacao-do-ppa-em-belem/

Comentários