NOTÍCIAS DA SEMANA

Deputado Carlos Bordalo se solidariza com povos indígenas

Ao se pronunciar na última terça-feira, 04, no plenário Newton Miranda, da Assembleia Legislativa do Estado (Alepa), o deputado Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa, se solidarizou com os povos indígenas brasileiros.

“Nada justifica a truculência com que muitas etnias indígenas de regiões próximas a barragens e projetos estruturantes no país são tratadas. Toda negociação deve ser esgotada ao extremo. Não podemos colocar o Brasil em risco”, advertiu Bordalo, ao mesmo tempo em que repudiou certo ‘estrelismo’ de algumas lideranças indígenas que chegam a rasgar mandados de posse expedidos pela Justiça como forma de apelo midiático.


“Em Belo Monte, por exemplo, representantes que considero de alto nível estão discutindo a respeito da melhor forma possível pela construção da Usina Hidrelétrica (UH). É este tipo de negociação que apoio”, complementou Bordalo.


Avaliação Dilma

O deputado aproveitou ainda a tribuna do Plenário para comentar recente pesquisa do Instituto Acertar que revela a péssima avaliação dos seis primeiros meses da gestão de Zenaldo Coutinho à frente da prefeitura municipal. Segundo a pesquisa, o tucano obteve apenas uma pífia porcentagem de aprovação da população: 8,8%.

“Acredito que um dos motivos que levou a população a reprovar esta atual gestão, seria o caos na saúde pública, um dos ‘S’ do prefeito, e que continua sem solução, além dos atrasos nas obras do BRT, entre outros problemas”, opinou Bordalo.


Bordalo participa de reunião da Comissão de Educação da Alepa

O deputado Carlos Bordalo (PT) participou na última terça-feira (04/06) de reunião da Comissão de Educação, no auditório João Batista da Assembleia Legislativa do Estado (Alepa). O evento contou com a presença de técnicas do Tribunal de Contas do Pará (TCE). Elas estão em curso com uma auditoria e foram pedir orientações aos parlamentares para melhor aferir os resultados da arguição.

Na ocasião, Bordalo sugeriu que as técnicas começassem os trabalhos tendo como base uma pesquisa feita pelo atual governo, mas que até agora ainda não foi divulgada. A pesquisa é uma espécie de radiografia da educação do estado.


“Durante o tramite da auditoria seria importante também investigar se há continuidade nos projetos de educação levados a cabo por outros governos, além de se observar se houve adequações dos investimentos previstos: quanto foi capturado de recurso e quanto foi aplicado na educação”, acrescentou o deputado.


As técnicas do TCE informaram aos parlamentares da Comissão de Educação da Alepa que um relatório deve ficar pronto até o final de setembro com os resultados da auditoria. Participaram da reunião os deputados Augusto Pantoja (PPS), Edimilson Rodrigues (Psol), Carlos Bordalo (PT) e deputada Nilma Lima (PMDB).


Extinção de projetos atrasa o desenvolvimento do estado, diz Bordalo em entrevista à TV Bacana

Durante entrevista concedida ao apresentador Marcelo Marques, da TV Bacana (canal 17), no último dia 04/06, o deputado Carlos Bordalo (PT) disse que extinção de projetos e obras de governos anteriores atrasa o desenvolvimento do estado. Segundo ele, os governos estão sempre começando do zero, e isso de alguma forma atrapalha o desenvolvimento do Pará.

Projetos e obras antigas conquistadas durante o governo petista, como o Bolsa Trabalho, voltado aos jovens e que qualificou cerca de 40 mil, por exemplo, foram extintos pela gestão posterior. “A violência que assistimos hoje na capital paraense nada mais é do que a falta de políticas sociais como esta”, ressaltou Bordalo.


“Além disso, outra importante obra para a locomoção dos paraenses, o Terminal Hidroviário, hoje se encontra abandonado e sem uma definição de funcionamento, um descaso com o patrimônio público”, denunciou o deputado.


Bordalo abordou ainda durante a entrevista, assuntos como educação, saúde, economia e o alto índice de violência na capital.


O programa foi ao ar no último dia 08/06, às 22h30.



Lei que reconhece radiodifusão comunitária é aprovada na Alepa

Deputados da Assembleia Legislativa do Estado (Alepa) aprovaram, por unanimidade, no último dia 04/06, o Projeto de Lei Nº 155/2012, de autoria do deputado Carlos Bordalo (PT), que reconhece como de utilidade pública para o estado do Pará a Associação Cultural das Entidades Mantenedoras de radiodifusão Comunitária – Acemarc.

“Ao reconhecer a rádio como de utilidade pública, esta Casa diz: queremos apoiar a comunicação comunitária e as atividades culturais e esportivas propagadas por ela”, ressaltou Bordalo, durante sua fala na tribuna.


Fundada em 5 de abril de 1998, a Associação, sem fins lucrativos, localizada no Bairro da Marambaia, em Belém, desenvolve e transmite campanhas de utilidade pública relacionadas à atividade cultural, área da saúde, segurança, entre outras, promovendo cidadania aos ouvintes. É a única radio comunitária de Belém que tem autorização de funcionamento emitida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).


CPI: Diretor do Detran PA é convocado para prestar esclarecimentos na Alepa

O atual diretor do Detran, Walter Pena, foi convocado a prestar esclarecimentos nesta quarta-feira, 12, na Assembleia Legislativa do Estado (Alepa), a partir das 14h. Ele explicará seu possível envolvimento em fraudes ocorridas no órgão durante sua gestão. Denúncias feitas pela imprensa local dão conta de que dinheiro do departamento estaria sendo usado para custear salários de jogadores da Associação Atlética de Futebol Santa Cruz de Cuiarana, de Salinas, na qual o senador Mário Couto é patrono. A decisão foi tomada durante a primeira reunião administrativa da CPI do Detran I, como está sendo chamada, ocorrida  na última quarta-feira (05.06).

Além da convocação de Walter Pena, os membros da CPI aprovaram  requerimentos que solicitam cópias da folha de pagamento dos servidores do Detran e a lista dos jogadores de Santa Cruz de Cuiarana para que sejam trazidas à Casa para análise.


Na avaliação de Francisco Melo (PMDB), é mais que obrigação a presença do diretor do Detran a CPI. “Até pra que ele explique o porquê de está ocupando um cargo sem ser nomeado, como manda a Constituição do estado”, ressaltou Melo.


Para o deputado Carlos Bordalo, do PT, apesar de algumas divergências, no geral, a primeira atividade da CPI foi satisfatória.


Na reunião foi aprovado também, por unanimidade, o roteiro de atividades proposto pelo deputado Fernando Coimbra (PSD), relator do caso.  O cronograma inclui levantamento documental e realização dos primeiros depoimentos, atual fase. Depois, os membros da CPI farão visitas institucionais na sede do Detran e ao Ciretran de Salinas, inicialmente.


Estiveram presentes os deputados Ítalo Mácola (PSDB), presidente; Fernando Coimbra (PSD), relator; e os membros da Comissão Carlos Bordalo (PT), Francisco Melo, Chicão (PMDB) e Tião Viana (PTB).



Bordalo e lideranças comunitárias participam de audiência no Iterpa

Lideranças comunitárias dos municípios de Santa Luzia do Pará e da área de ocupação da fazenda Balalaica, em Ipixuna do Pará, juntamente com o deputado Carlos Bordalo e o prefeito Salvador Chamon, ambos do PT, participaram na última quinta-feira, 06/06, de audiência na sede do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), em Belém. Eles foram recebidos pelo presidente do órgão, Carlos Lamarão.

Temerosos com possíveis conflitos, as lideranças comunitárias de Santa Luzia pediram ao representante do Iterpa que pudesse ceder um técnico da Região para fazer o reavivamento dos ‘picos’ na localidade, uma vez que são funcionários oficiais do estado. Carlos Lamarão prometeu em até dois meses enviar técnicos para a Região com intuito de resolver o impasse.


Com relação às lideranças comunitárias de Ipixuna do Pará foi marcada uma reunião para esta segunda-feira, 10/06, com o procurador da república Felício Pontes, para que ele se solidarize e ajude o caso, que está na Vara agrária de Castanhal, a ser julgado mais rápido.


De acordo com os moradores locais, a Balalaica, complexo de lotes de terras, está sob análise de falsidade, perante o judiciário, onde existe um processo em tramitação de reintegração de posse. Recentemente o Ministério Público Federal (MPF/PA) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE) ajuizaram uma ação pedindo anulação da sentença e até agora nada foi feito.




Balalaica

No último dia 24 de maio, Carlos Bordalo, juntamente com os deputados membros da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor (CDHDC) da Alepa, realizaram sindicâncias na área de ocupação da fazenda Balalaica, com o objetivo de ver de perto os problemas enfrentados pelos moradores locais.



Comentários