quinta-feira, 31 de maio de 2012

Dilma: 22 bilhões para a agricultura familiar. E a tarefa prioritária do governo é acabar com a extrema pobreza

A luta do Grito da Terra tem dado bons resultados. Presidenta Dilma, do PT,  libera 22 bilhões para ações de apoio à agricultura familiar.
Dilma: tarefa mais importante do governo é acabar com extrema pobreza.

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, anunciou hoje (30), após reunião no Palácio do Planalto com a presidenta Dilma Rousseff e representantes do Grito da Terra Brasil 2012, que o governo vai liberar R$ 22 bilhões para ações de apoio à agricultura familiar.

De acordo com o ministro, R$ 18 bilhões serão destinados para o crédito no âmbito do Plano Safra 2012/2013. Segundo Pepe Vargas, o limite de crédito para o agricultor familiar vai passar de R$ 50 mil para R$ 80 mil.

Serão destinados ainda R$ 1,2 bilhão para o Programa de Aquisição de Alimentos, R$ 1,1 bilhão para a compra de alimentos para escolas e R$ 542 milhões para a assistência técnica. Pepe Vargas anunciou que o programa Minha Casa, Minha Vida também vai incluir as moradias nos assentamentos. “É um novo modelo, nós estamos colocando o Minha Casa, Minha Vida na reforma agrária”, explicou.

O ministro acrescentou que os recursos para a obtenção de terras para a reforma agrária não serão contingenciados. “Em relação à questão agrária, não há nenhum contingenciamento dos recursos previstos no orçamento de 2012 no que tange à obtenção de terras para fins de assentamentos agrários. Nós temos um orçamento de R$ 706,5 milhões que não sofrerá nenhum contingenciamento”.

A presidenta Dilma Rousseff reforçou sua posição ao lembrar que o Brasil é um país que concilia crescimento econômico e preservação ambiental. A presidenta chamou atenção para o tema durante a cerimônia de entrega do Prêmio Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM) Brasil, no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira, 30/5.

Mostramos que é possível preservar nossas florestas, nossa biodiversidade, nossos rios, nossas riquezas naturais. É possível tudo isso e, ao mesmo tempo, crescer e desenvolver a produção agrícola e industrial”, afirmou.

A 4ª edição do Prêmio – criado pelo governo brasileiro – reconheceu 20 organizações sociais e prefeituras que ajudam a alcançar os objetivos do milênio. A Organização das Nações Unidas (ONU) definiu um conjunto oito metas a serem cumpridas até 2015, relacionadas a questões como redução da pobreza, da mortalidade infantil, garantia de educação básica e combate à aids.

Código Florestal – Reforçando a preocupação deste governo com o meio ambiente, a presidenta Dilma Rousseff decidiu vetar 12 itens do Código Florestal e fazer 32 modificações no texto aprovado pela Câmara dos Deputados no fim de abril. As alterações da presidenta acabam com a possibilidade de anistia aos desmatadores.

Crescimento sustentável – Dilma também tem como meta de governo acabar com a miséria no país e assim incluir todos os brasileiros no ciclo de crescimento econômico. Esse mês o programa Brasil Sem Miséria completou um ano e já retirou 700 mil famílias da pobreza.

“Com o Brasil sem Miséria, estamos enfrentando o desafio de acabar com a extrema pobreza no país. Esse é o compromisso do meu governo, um compromisso que significa garantir renda, mas também garantir saúde, alimentação, água tratada, educação e qualificação profissional”, afirmou.

Hoje a Guerreira Vera Paoloni está no berço

Hoje, 31 de maio, a Jornalista, militante sindical pelos Bancários e   e minha companheira de lutas do PT,  VERA PAOLONI, está no berço. 


E quem ganha o presente são todos e todas, homens e mulheres que conhecem sua dedicação e compromisso e acreditam, como ela, que é possível a cada dia, a cada momento construir a cidade, o País e o Mundo que queremos para nós e para nossos filhos. 

Parabéns, minha companheira! 


Foto: David Alves


Audiência pública na CDP é hoje


Participo hoje, às 9 horas,  de Audiência Pública na Companhia das Docas do Pará. A audiência tratará da consulta pública acerca da concorrência pública relativa ao Arrendamento de Áreas e Instalações Portuárias do Porto de Belém/Pará para construção do Terminal de Contêineres TECONBEL.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Alepa vai a Abaetetuba dia 1º apurar a denúncia de abuso sexual em duas adolescentes que estavam em abrigo municipal

Divulguei em meu blog no dia 27 a denúncia feita pelo vereador Rai Moraes que houve abuso sexual de dois menores em Abaetetuba.

E hoje, no plenário da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), apresentei requerimento à Comissão de Direitos Humanos para que uma comissão de deputados vá a Abaetetuba apurar as denúncias de abuso sexual de duas adolescentes. O abuso foi praticado por um vigia da Casa de Acolhimento daquele muncípio.

O que é muito grave é o fato de que a própria coordenadora da Casa sabia do fato, segundo declaração de uma das adolescentes, e nada fez.

Ficou acertado na Alepa que o deslocamento dos deputados até Abaetetuba será nesta sexta-feira, 1º de junho. Irei lá e voltarei a este assunto, já adiantando que é responsbailidade do Estado o cuidado com os adolescentes.

A denúncia, feita pelo vereador Rai Moraes.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Parabéns Conceição do Araguaia que completa 115 anos!

Recebi e agradeço o convite para as comemorações dos 115 anos de Conceição do Araguaia. As festividades do belo município começaram hoje e continuam amanhã.

Parabéns ao povo de Conceição do Araguaia e grande abraço ao companheiro prefeito, Álvaro Brito.


Pará condena fazendeiros por trabalho escravo

Trabalhadores bebiam água barrenta e tinham que pagar por comida 

SÃO PAULO. Dois fazendeiros do Pará, flagrados em fiscalizações do Ministério do Trabalho, foram condenados por crime de trabalho escravo. João Caldas de Oliveira, de Goianésia do Pará, recebeu pena de quatro anos e oito meses de prisão e pagamento de multa. Em outubro de 2008, foram encontrados dez trabalhadores, entre eles um adolescente, em condições análogas à escravidão na Fazenda União, de sua propriedade.

A fazenda União era usada para criação de gado, mas foi constatado desmatamento ilegal para produção de carvão. Era justamente nesta atividade irregular que os trabalhadores atuavam. Além de tomarem água barrenta, sem qualquer processo de purificação, os empregados tinham de pagar pela comida, basicamente arroz, feijão e farinha. Na época, Oliveira disse que não sabia da situação.
O outro fazendeiro condenado é Válber Falquetto, dono da fazenda Tucandeira, de Medicilândia. A pena, neste caso, foi pagamento de dois salários mínimos por mês para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Altamira e prestação de serviços comunitários à Secretaria de Educação do município de Uruará durante dois anos. O flagrante semelhante foi realizado em 2006.

A indignação de Lula: Gilmar Mendes mentiu! E a oposição caça uma crise

PSDB, PPS, DEM e PSOL, a oposição unida caça uma crise.
O ex-presidente Lula divulgou ontem nota oficial desmentindo Gilmar Mendes. Com o justo tom da indignação.


A conversa aconteceu dia 26 de abril no escritório do ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim. 


Jobim desmentiu a versão falsa de Gilmar Mendes, mas a chamada grande imprensa não deu destaque ao desmentido da única testemunha da conversa. Lula e a única testemunha, Nelson Jobim, negaram o teor da conversa. São dois contra um. Com um pequeno detalhe: #BrasilConfiaEmLula.


Leia aqui a nota oficial de Lula e saiba como o Nelson Jobim está sendo retaliado pela Veja.

A oposição ao governo federal e a Lula, aproveitam a deixa para tentar trazer Lula para a lama que envolve Cachoeira e a revista Veja. 


Bem unidos, PSDB, DEM, PPS e PSOL, protocolaram ação na Procuradoria Geral da República pedindo instauração de inquérito policial e de ação penal contra Lula pelos crimes de coação, tráfico de influência e corrupção ativa.


A oposição tentar achar uma crise. Não adianta: #BrasilConfiaEmLula.

A nota oficial de Lula sobre reportagem da Veja:
Sobre a reportagem da revista Veja publicada nesse final de semana, que apresenta uma versão atribuída ao ministro do STF, Gilmar Mendes, sobre um encontro com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 26 de abril, no escritório e na presença do ex-ministro Nelson Jobim, informamos o seguinte:

 1. No dia 26 de abril, o ex-presidente Lula visitou o ex-ministro Nelson Jobim em seu escritório, onde também se encontrava o ministro Gilmar Mendes. A reunião existiu, mas a versão da Veja sobre o teor da conversa é inverídica. “Meu sentimento é de indignação”, disse o ex-presidente, sobre a reportagem.

 2. Luiz Inácio Lula da Silva jamais interferiu ou tentou interferir nas decisões do Supremo ou da Procuradoria Geral da República em relação a ação penal do chamado Mensalão, ou a qualquer outro assunto da alçada do Judiciário ou do Ministério Público, nos oito anos em que foi presidente da República.

 3. “O procurador Antonio Fernando de Souza apresentou a denúncia do chamado Mensalão ao STF e depois disso foi reconduzido ao cargo. Eu indiquei oito ministros do Supremo e nenhum deles pode registrar qualquer pressão ou injunção minha em favor de quem quer que seja”, afirmou Lula.

 4. A autonomia e independência do Judiciário e do Ministério Público sempre foram rigorosamente respeitadas nos seus dois mandatos. O comportamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o mesmo, agora que não ocupa nenhum cargo público.

Assessoria de imprensa do Instituto Lula
***
Nassif: a retaliação de Veja a Jobim


Os fins de ciclo costumam ser profundamente didáticos. O final da hegemonia expõe gradativamente os vícios do modelo anterior, as práticas condenáveis, movidas pelo desespero, típicas de períodos de decadência.
Em 2008, na série "O Caso de Veja", mostrei como  se processa esse modelo de criação e destruição de reputações. Montam-se jogadas, artimanhas, estratégias. Quem não se enquadra ao comando da publicação imediatamente é alvo de represália.
Hoje em dia, com a revista em pleno foco, com suas práticas sendo acompanhadas com lupa por toda a opinião pública - devido às ligações com a organização criminosa de Carlinhos Cachoeira - iniciam-se as represálias contra Nelson Jobim. Unicamente porque não endossou a reportagem e expôs a mentira da revista.
Não há sutileza, visão estratégica, análise de crise. Há apenas a truculência, a falta de sofisticação nas ações, o prendo-e-arrebento midiático.
Por  Lauro Jardim
Radar on-line
com Robson Bonin, Thiago Prado e Severino Motta
Longe do Jobim
Reunião cancelada
Nelson Jobim já andava queimado no PMDB por causa das críticas que fez ao partido no último dia 17 deste mês, durante o 2º Fórum Nacional – o PMDB e as eleições municipais 2012. Na presença dos principais caciques peemedebistas, Jobim tratou o PMDB como uma sigla "sem opinião, sem cara e sem voz", um partido sem projeto nacional, simples "homologador" do PT.
Agora, depois de emprestar o escritório para o polêmico encontro de Lula com Gilmar Mendes, Jobim virou uma espécie de leproso. Nenhum cacique quer chegar perto de Jobim nesse momento. Tanto que a bancada peemedebista do Senado cancelou hoje a reunião que teria nesta quarta-feira com Jobim para discutir o pacto federativo.
Por Lauro Jardim

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Secretaria de Segurança Pública assegura que vai retornar o policiamento a Vila do Carmo, em Cametá

No dia 23 de maio tive audiência com o Secretário de Segurança Pública Luiz Fernandes Rocha para tratar de assunto referente à falta de policiamento ostensivo em Vila do Carmo, no  município de Cametá. Fui cordialmente recebido pelo Secretário que, de forma republicana, se prontificou a retornar o destacamento para Vila do Carmo.

Cientificado do problema, naquele mesmo momento o Secretário fez contato com o Comandante de Cametá que também se prontificou em rever o policiamento local. Prontifiquei-me em ajudar com emendas a melhorar as condições do policiamento local.

Estiveram presentes no evento Juarez Pantoja, Pastor José Queiroz, Padre Raimundo Nonato e o Empresário Roni Rodrigues. 



Em Óbidos, famílias da comunidade do Rio Verde são despejadas pela madeireira Centenor Empreendimentos que se diz proprietária da área

Em Óbidos, a madeireira Centenor Empreendimentos S.A. derrubou casas e expulsou moradores da comunidade Rio Verde, sob a alegação de ser a proprietária das terras. O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Óbidos e a Comissão Pastoral da Terra estão acompanhando o caso e enviaram e-mail ao blog, para repercutir e denunciar mais  essa situação gravísima de conflito agrário em nosso Estado. O fato aconteceu a 15 e 16 de maio deste ano. Com a presença da Polícia Militar, ou seja, com o governo do Estado agindo para por famílias e moradores da área ao desabrigo, sme terra pra plantar, sem teto e ainda com os pertences sumidos dos trabalhadores rurais.


No sábado, com a eleição da nova direção, terminou o 11º Congresso Estadual da CUT-CECUT que tem como lema "Violência, não. Reforma agrária,sim". O episódio ocorrido na comunidade Rio Verde reforça que movimentos sociais, parlamentares compromissados com os trabalhadores, com a agricultura familiar, bem como sociedade organizada precisam juntar forças e vozes para barrar a impunidade crescente que cerca empresas como a Centenor e deixa ao desabrigo famílias e trabalhadores!

Acompanhe a situação relatada pelo STTR e pela CPT, que também enviaram as fotos:



A comunidade Rio Verde está localizada na estrada do BEC, município de  Óbidos-Pa. 

A perturbação da madeireira começou desde 2005, quando funcionários da empresa queimaram casas e paióis dos trabalhadores.

Já no segundo semestre de 2011, a empresa moveu na comarca de Óbidos uma ação de reintegração de posse contra os trabalhadores rurais que moram há mais de 5 anos na área.

Os advogados do STTR-Oriximiná fizeram a defesa e enquanto aguardavam a decisão, nos dias 15 e 16 de maio os trabalhadores rurais foram despejados. Na ação de despejo estiveram presentes o advogado da empresa, um oficial de justiça da comarca de Óbidos, policiais militares que acompanharam o despejo, dois funcionários popularmente conhecidos por Tapiocão e Baluta, e mais 04 pessoas que recolhiam os pertences, enquanto outros derrubavam cercas e as casas dos
trabalhadores.  

Os pertences dos trabalhadores estão em posse da empresa em local desconhecido.   As famílias estão abrigadas nas casas de parente e amigos e sendo acompanhadas pelo STTR - Sindicato dos Trabalhadores Rurais e pela e CPT- Comissão Pastoral da Terra.
 


Relato da Sra. Maria do Socorro Adriana da Silva, 74 anos não sabe ler e  escrever, viúva mora há mais de 20 anos na comunidade do Rio Verde, localizado na estrada do BEC Km 38, município de Óbidos-Pa.

Falou que quando chegou com seu marido neste ramal era só uma vereda, já morava o seu Carlito, e o Perereca. Começaram a trabalhar. Mesmo depois de viúva, continuou com seu filho trabalhando e em 2004, chegou em sua casa um homem por nome Raulino que disse ser dono da terra e queimaram sua casa, onde tinha além de outras coisas 32 sacos de arroz, “quando vi minha casa pegando fogo me desesperei, ficamos de nada quase pedindo esmola, ficamos sem roupa. Gente que nem conhecia que ajudou a gente”.

A senhora Silvana que é esposa de seu filho Manoel, falou que no dia do incêndio lembra que o Baluta dirigia o jipe, tinha 02 policias militares que acompanhava, o sr. Raulino, “eles falaram que só não iam queimar a casa que eu estava porque tinha criança, eles saíram e queimaram a casa do gaucho” também, ainda relata que no dia do despejo do pessoal filmaram a casa dela, a roça e um homem branco falou que tudo isso era dele, dona Maria disse pra ele que era dela e de seu filho, ela perguntou se nos ia sair ele disse que ainda não pois esta esperando o mandato da justiça, perguntei a dona Silvana se o visse novamente o conheceria, ela respondeu que sim.

Dona Maria popularmente conhecida por Maria do Rio Verde mora em uma casa próxima a casa de seu filho Manoel o qual tem sua esposa Silvana, e mais 05 filhos com idades de 10 anos, 08 anos, 05 anos, 02 anos e uma criança de 16 dias.

Em Santa Luzia o povo espera urgente por justiça. E hoje começam as inserções de rádio e tv do PT

Bom dia e boa semana de trabalho. Hoje começam as inserções de rádio e TV do PT, um Partido que há 32 anos vem ajudando a construir um novo Brasil, em especial às populações mais carentes.

Ontem findou o prazo da investigação de suposto desvio de recursos por parte da prefeitura de Santa Luzia. Servidores municipais sofrem perseguições políticas e administrativas do governo interino do munidípio, inclusive com atraso de salários.

Estive lá em Santa Luzia  com o companheiro deputado do PT Valdir Ganzer e constatamos que os recursos foram 100% aplicados, como relata em tetxo mais abaixo a comunidade PT Santa Luzia do Pa, no facebook:
O povo de Santa Luzia espera por justiça e urgente!

Os deputados estaduais do PT do Pará,Valdir Ganzer  e Carlos Bordalo realizaram visita neste mês de maio, na obra do matadouro municipal de Santa Luzia do Pará, que foi usada como pretexto para o afastamento do Prefeito Louro Do PT por 90 dias, para investigação de suposto "desvio" dos recursos que chegam a R$ 200.000,00 (duzentos mil reais).

 Na ocasião, os parlamentares observaram que os recursos foram 100% aplicados na execução da obra e que tudo não passou de uma farsa, com o objetivo de destruir a imagem da administração do PT Santa Luzia Pa, em pleno ano eleitoral, o que já aconteceu nas gestões anteriores.

Sem resposta alguma do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJE / PA), referente ao pedido de liminar impetrado pela assessoria jurídica do Governo Solidário, centenas de Servidores Públicos Municipais estão sofrendo perseguição politica e administrativa do governo interino do município, que atrasa os vencimentos e vantagens da categoria por vingança.

Esperamos que a justiça seja feita, pois os 03 meses de afastamento acabam neste domingo 27/05/2012. Neste sentido, a reintegração de Lourival Fernandes de Lima é inevitável a menos que haja mais uma manobra contra a soberania do povo Luziense.

domingo, 27 de maio de 2012

Vereador Rai denuncia: em Abaetetuba, menores sofrem abuso em abrigo municipal

 De novo, abuso sexual de menores em Abaeté.A blogueira e jornalista Franssinete Florenzano fez a denúncia em seu blog, no dia 25 de maio e no facebook há uma comunidade que conta os desmandos ali ocorridos: Abaetetuba tem jeito. Só falta um prefeito!: 

Abuso de menores no abrigo municipal


Pelo andar da carruagem, vai ser preciso uma CPI da Pedofilia permanente.

Outro caso de abuso sexual de menores, com o agravante de ter acontecido dentro do Centro de Passagem da prefeitura de Abaetetuba, localizado na Rua Brigadeiro Eduardo, bairro da Aviação, revela a face da revitimização pelo próprio poder público.

O vigia José de Arimatéia Cordovil, vulgo Rock, abusava sexualmente, de modo contumaz, de duas adolescentes, uma de 13 anos e outra de 14 anos, no próprio quarto do abrigo, cuja estrutura é péssima, com precárias condições de higiene.

O fato foi denunciado por um dos menores internos à coordenadora do Centro de Passagem, de prenome Nalzete, que ignorou o fato. Só quando as crianças resolveram pedir socorro, de forma anônima, ao Major PM Silva Júnior, este de imediato acionou o conselho tutelar e juntos constataram a veracidade, levando ao conhecimento da juíza Emília de Nazaré Parente de Medeiros, da Vara da Infância e da Juventude de Abaetetuba, e da promotora de justiça Juliana Palmeira.

Anteontem, o vereador Raí Moraes pediu o acompanhamento da comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal e rigor nas investigações, com punição exemplar aos responsáveis. E encaminhou denúncia à ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, solicitando providências.  O vereador Vanildo Maciel (Pipico), requereu o afastamento da secretária municipal de Assistência Social, Rita Abreu.

Até agora, nenhuma medida foi tomada pela prefeita Francinete Maria Carvalho.

A denúncia, feita pelo vereador Raí Moraes, e encaminhada aos blogs.

sábado, 26 de maio de 2012

Conversando com a militância do PT em São Domingos do Capim: vamos manter o que foi conquistado com muito esforço coletivo. Nada de deixar o atraso voltar!

Fiz um bom diálogo ontem em São Domingos do Capim com a militância do PT; não vamos deixar o atraso voltar!
Estive ontem São Domingos do Capim no Encontro do PT, dialogando a militância do nosso Partido acerca da renovação de nosso projeto democrático e popular que tem transformado a vida da população em São Domingos do Capim.

É um bom exemplo de gestão e são muitas conquistas em tão pouco tempo~. Vou citar alguns exemplos:
  • a nova orla, 
  • implantação do sistema de abastecimento de água, 
  • conservação de ramais, 
  • pagamento do piso nacional do professor/as, 
  • novas escolas, 
  • microssistemas de água nas comunidades. 
  • Por isso, precisamos redobrar nossas energias para as eleições 2012. Nada de deixar o atraso voltar!

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Hoje em São Domingos do Capim no encontro do PT.

Da presidenta Dilma, anunciando que, graças às medidas dos governos petistas do ex-presidnete Lula e o dela, o Brasil está 300% preparado para resistir a crise. E dá a receita: criaçõa de emprego, investimento em infraestrutura... Hoje, a presidenta deve vetar partes do Código Florestal.
  • Nós últimos anos, a partir do governo do presidente Lula, nós tivemos o cuidado de criar um conjunto de armas contra crises externas. Se vocês lembram bem, no passado, o mundo espirrava lá fora e nós pagávamos uma pneumonia. Hoje, nós não pegamos pneumonia”.
  •  “Me perguntaram outro dia se a gente estava preparado para o que puder acontecer na Europa. Eu posso assegurar a vocês, nós estamos 100% preparados, 200% preparados, 300% preparados (…) Nós vamos resistir à crise criando emprego, investindo em infraestrutura”.
  • 11º CECUT - Hoje é o sgeundo do Congresso Estadual da CUT - CECUT, na Sagrada Família. Um bom Congresso!
  • Em São Domingos do Capim - Participo hoje do Encontro Municipal do PT em São Domingos do Capim.
  • Mais uma universidade, a UNIFESSPA A Comissão de Educação e Cultura aprovou esta semana por unanimidade o parecer do deputado Miriquinho Batista (PT-PA) ao projeto de lei (PL 2.206/11) que dispõe sobre a criação da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), por desmembramento da Universidade Federal do Pará (UFPA).Mais um trabalho da bancada paraense do PT.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

O compromisso do meu mandato com a segurança pública e as condições de trabalho, carreira e salário dos policiais


Costumo dizer que o mandato que me foi novamente conferido pela população e pelos movimentos sociais tem um lado: o lado da justiça social e dos que mais carecem de proteção. 

E que serei sempre crítico, mas também buscando construir soluções que melhorem a vida do povo mais sofrido e das categorias profissionais, como a dos policiais, por exemplo. E sempre quer houver motivo, serei franco e direto em tecer as críticas que cabem, como no lamentável e tresloucado episódio do assassinato do jovem empresário de Marabá por um delegado de polícia. E que não será um delegado que agiu com atitudes reprováveis que manchará a trajetória de toda uma categoria que sempre teve o apoio do meu mandato.

Só pra relembrar o compromisso, na prática, com a segurança pública e também com a melhoria da qualidade de trabalho e de salários dos policiais, em especial dos delegados que foram guindados à carreira jurídica do estado a partir de PEC proposta e aprovada a partir de proposta do nosso mandato na ALEPA- Assembleia Legislativa do Pará:

Esta foto foi mostrada no meu blog em 31 de maio de 2011.
  • Em 2011, nosso mandato já havia garantido na LDO( Lei de Diretrizes Orçamentárias ) diretrizes para que a carreira jurídica fosse efetivada pelo governo atual e, mesmo na oposição, o mandato conseguiu aprovar mais de 2 milhões no orçamento de 2011 para que os reajustes da polícia civil fossem garantidos.
  •   Que nosso mandato tem compromisso de, na LDO –de 2012, mais uma vez articular forças de sorte a garantir que as categorias de segurança pública tenham o fortalecimento dos PCCR's – Planos Cargos, Carreiras e Salários.
 Por fim, reafirmo meu compromisso com a segurança pública, o que passa pelo encarreiramento, condições de trabalho e salário decentes aos policiais. E que não será uma atitude desviada do padrão dos delegados de polícia do Pará que manchará a imagem desses profissionais que demonstram, no dia-a-dia, seu compromisso com uma segurança menos traumática para a nossa sociedade, apesar da falta de olhar social e compromissado do governo atual para esta área tão estratégica para a população.

Comissão da Bacia do Una debate hoje a insegurança jurídica diante da falta de titulação dos imóveis e a responsabilidade que cabe ao governo do Pará


 Hoje à tarde, às 14 horas, tem audiência pública no auditório João Batista da Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA) sobre a Macrodrenagem da Bacia do Una.

Em pauta, a regularização fundiária, titulação dos imóveis. Principais convidados são a Codem e Cosanpa. O debate se dará em torno insegurança jurídica da população que foi remanejada da área da obra para vários locais e um dos principais é o CDP, Conjunto Paraíso dos Pássaros.

Havia uma clara e legal determinação firmada em Ata entre Cosanpa e Codem para efetivar a 

titulação. O governo do Estado é o responsável pela regularização fundiária, via Cosanpa.

Leia aqui para saber mais da Bacia do Una. 



11º CECUT e um ano do assassinato do casal extrativista Zé Cláudio e Maria do Espírito Santo


Hoje completa um ano do assassinato do casal de extrativistas em Nova Ipixuna.Pa
Hoje completa um ano do assassinato de José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo, crime ocorrido no interior do Projeto de Assentamento Agroextrativista Praia Alta Piranheira, no município de Nova Ipixuna/PA. 

Para reviver a memória e luta do casal de extrativistas a Associação do Assentamento, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Ipixuna, a FETAGRI regional e a CPT de Marabá organizam hoje, a partir das 10 horas, um ato no interior do assentamento.

O ato será realizado no local onde o casal foi assassinado e, em seguida, haverá uma visita à casa onde o casal morava, além de um encontro com lideranças locais. 

A palavra de ordem do movimento no campo é:  

Para cada companheiro tombado nenhum minuto de silêncio, mas toda uma vida de luta!!
 
José Cláudio e Maria do Espírito santo, PRESENTES!

11º CECUT - Hoje, a partir das 14 horas, será a abertura do 11º Congresso Estadual da CUT, o CECUT, na Sagrada Família, em Ananindeua.

O 11º CECUT vai traçar as estratégias de luta da CUT em relação à reforma agrária, trabalho escravo, meio ambiente, lutas gerais. O 11º CECUT também  elege a nova direção para o triênio 2012/2015.
  
Aos delegados e delegadas ao 11º CECUT, a minha saudação de luta. Nosso mandato está a serviço da luta da companheirada na busca de um Pará e um Brasil melhores, em especial aos que mais precisam!