Macrodrenagem da Bacia do Una: audiência agora com Zenaldo para apresentar o problema e buscar soluções

Prefeito eleito de Belém, Zenaldo Coutinho rcebe a Comissão Externa da Alepa e Comissão de moradores da Bacia do Una. (Fotos: Mauro Ribeiro)
Numa sequência que começou em 7 de março deste ano, numa série de 12 didligências públicas e várias audiências em busca de solução para a Bacia do Una, tive reunião de trabalho ontem com o prefeito eleito de Belém, Zenaldo Coutinho, acompanhado de moradores da Bacia do Una.

O quadro traçado para o Prefeito eleito foi de muita preocupação com a situação dos canais e drenagem em Belém!

Abri a reunião saudando o próximo prefeito eagradecendo a agenda concedida para a comissão de moradores da Bacia do Una e retratando a atual situação do projeto e seus problemas. Após as apresentações dos comunitários da Bacia do Una, houve a fala de dois membros da comissão,sendo o companheiro Alexandre e a companheira Vandeca que expuseram todos os problemas que estão acontecendo no projeto por conta da falta de manutenção do mesmo.

O deputado federal e futuro prefeito, Zenaldo se pronunciou agradecendo a vinda do deputado Bordalo com a comissão para tratar de um assunto que é de interesse da cidade e imediato avisando a todos que esse projeto hoje se encontra com sua maior parte comprometida,coisa que a gente ja sabia, mas também disse que os recursos pra garantir a viabilidade do projeto e sua função tem um orçamento muito grande.

Sugeri, então, que nossa bancada do Pará faça um esforço de junto ao governo federal para tentar alocar esses recursos. Zenaldo disse que a nossa bancada já tem em torno de 50 milhões garantidos para a construção do Pronto Soccoro de Icoaraci, mas sugeriu que cada deputado da nossa bancada possa fazer sua emenda parlamentar para a solução da Bacia do Una.

O próximo prefeito garantiu ainda que do ponto de vista emergencial irá atacar com limpeza e desobstrução os canais  que fazem parte do projeto, mas que isso não será suficiente ainda. Afirmou que, após sua posse em janeiro,a comissão externa da ALEPA e a comissão de  moradores serão recebidas em audiências para tratar de uma forma mais oficial sobre o assunto.

Aproveito para agradecer ao dep.estadual Megale, que foi o interlocutor da agenda entre o nosso mandato e o prefeito eleito de Belém e que acompanhou toda a reunião.


Ao final, a foto da comissão com o prefeito eleito de Belém

Para entender o contexto histórico:
* A macrodrenagem da Bacia do Una está comprometida em função das inundações constantes, devido a falta de manutenção e dragagem dos 17 canais que juntamente com 6 galerias e 2 comportas, integram o sistema de macrodrenagem da referida Bacia, prevista no Manual de Operação e Manutenção de Drenagem, Vias e Obras de Artes Especiais da Bacia do UNA – Volume 1, Maio de 2002. *

*A macrodrenagem do Una é considerada a maior reforma urbana da América Latina e envolve números grandiosos: 20 bairros de Belém (60% do território do município), 120 mil famílias e investimentos de US$143 milhões de dólares do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e US$ 13 milhões de dólares de contrapartida do estado.*

*Diante das constantes inundações nas áreas das comunidades residentes nos bairros que compõem a Bacia do Una, os moradores solicitaram a interveniência do MP para que fossem cumpridas as etapas previstas na agenda do projeto relativas à manutenção da rede pluvial dos bairros que compõem o complexo do Una, assim como a complementação das obras de

*A Ação Civil Pública (ACP) Ambiental expedida pelo Ministério Público tramita desde 2008, na 2ª Vara Cível, aguardando decisão judicial.


Com o governo federal a 26/out/2012

No dia 26 de outubro, estive em Brasília em audiência com a Secretária de Planejamento e Investimento Estratégico do Ministério do Planejamento, dra. Esther Bemerguy quando entreguei Relatório Preliminar da Comissão Externa da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) sobre diligência realizada no Projeto de Macrodrenagem da Bacia do Una.

Com o BID em Belém, a 06/nov/2012
Na condição Presidente da Comissão Temporária Externa para investigar denúncias de alagamentos nas áreas da Bacia do UNA, referentes ao Projeto de Macrodrenagem e acompanhado de moradores e Deputados, recebi a Sra. Cláudia Nery na Sede do Projeto do PRONABEM, Av. Bernardo Sayão nº 3224, bairro da Condor. A sra. Cláudia Nery é a emissária do BID no Brasil e aqui esteve em missão colher provas do abandono do projeto da Macrodrenagem da Bacia do Una.

Trabalhos iniciados pela Alepa em 07/março/2012 
Começou em 7 de março/2012, a série de doze visitas que a Comissão Temporária Externa da Assembleia Legislativa (Alepa), fez à Bacia do Una, com o intuito de investigar as denúncias de alagamentos, irregularidades e omissões na macrodrenagem do Una, considerada a maior reforma urbana da América Latina. Sou o presidente dessa Comissão que tem diversas lideranças dos partidos na Alepa.

A fiscalização à Bacia do Una é uma iniciativa dos emoradores da área, organizados no Centro Comunitário Unidos Venceremos, que fica situado na Rua Nova, 526, entre Trav. Timbó e Mariz e Barros. 

Comentários

Anônimo disse…
Parabéns deputado bordalo,que vossa senhoria,possa desenvolver um bom trabalho para a nossa população belenense....Sonia Feitosa.ipixuna do pará....