De olho na reeleição em 2014, Jatene entra firme na campanha de Zenaldo em Belém e detona pontes com PMDB, PPS, PR e PTB.

 Ainda em processo de recuperação da cirurgia que fiz dia 15 de agosto, fico ligado na programação eleitoral e com o olho na conjuntura. Do meu twitter, vou opinando sobre a campanha eleitoral em Belém e em colégios eleitorais muito importantes como Marabá e Santarém, locais em que o PSDB de Jatene tende a ter fragorosa derrota. 

Belém também sinaliza a mesma tendência de derrota aos tucanos, o que talvez explique Jatene ter abandonado seus aliados Jordy e Priante, em favor de Zenaldo. E de estar detonando as pontes com PMDB, PPS, PTB e PR.

Política se faz com sinais e não há a mínima ação sem reação.

Leia minhas tuitadas e também o comentário feito pelo leitor Guilherme na postagem Recomendo Alfredo como a verdadeira mudança para Belém.

E por falar em recomendação, nesta semana que entra, o  blog entrevistará a candidata a vereadora Ivanise, nº 13.130, a vereadora do Bolsa Trabalho!

Agora, as tuitadas:
  •  BOLSA TRABALHO MUNICIPAL: Projeto de Ivanise vereadora13.130 - Assumido por Alfredo 13. Ivanise 13.130, Nesta eu confio e recomendo!
  • Por que o esquema do Gov. Jatene cuida de desidratar Priante?  Acredita que botando Zenaldo no 2º turno terá o PMDB como aliado?
  •  Se o PMDB não reagir diante da ofensiva de Jatene para desidratar Priante, sinaliza com CRISTIANIZAÇÃO do candidato.
  • O 1º teste para medir o relacionamento do PMDB com Jatene será na apreciação dos pedidos de autorização para empréstimos.
  • Priante e Jordy devem estar lembrando da estória do sapo e do escorpião com o movimento de Jatene a favor de Zenald.
  • O PSDB n/ terá escrúpulos para manejar o que puder operar para adensar musculatura à candidatura de Zenaldo até aqui patinando.

  • Eleições em Belém: jogo pesado antevê 2 turno conformando novos arranjos políticos p/ 2014 e campanha duríssima 
  • A vitória ou a derrota em Belém determinará viabilidade ou não ao projeto de reeleição do Gov. Jatene
  • Qual a reação do PMDB diante da entrada de Jatene e ORMs na campanha de Zenaldo? 
  • O jogo vai ser bruto e não sobreviverá quem não tiver reserva política e alguma retaguarda financeira. 
  • Gov. Jatene joga tudo nas eleições de Belém para preservar alguma viabilidade no seu projeto de reeleição
  • Todo mundo comendo mosca e a TV Liberal botando inserção de Zenaldo a todo momento.
  • As pedras finalmente começaram a ser mexidas na até então chatíssima eleição p/ prefeitura da Capital do Pará
  • No interior, PSDB deve levar uma surra histórica: por isso Gov, Jatene detona as pontes com PMDB, PPS, PR, PTB e assume Zenaldo.,
  • A petista Lucineide cresce nas pesquisas em Santarém e já ameaça favoritismo de Alexandre Von(PSDB).
  • Lucineide(PT) entrou na disputa no final de junho. Von (PSDB) em campanha há 3 anos e 8 meses. Ela cresce, ele empaca;.
Ivanise, ladeada por Alfredo e Arroyo caminha firme até a vitória e para implantar o Bolsa Trabalho em Belém, assim como fez no Estado,m no governo da companheira Ana Júlia.
Ivanise, Alfredo e o eleitor na caminhada do Telégrafo. (Fotos: Eurico Alencar/Campanha 13)




Anônimo Guilherme disse...

"O PT tem princípios, projeto de poder e vontade política. A cada nova eleição, o que está em jogo para nós não é uma simples vitória partidária, mas continuidade e consolidação de um projeto político que consegue conciliar crescimento e distribuição de renda, incluir pessoas, alimentar famintos e inserir o Brasil de forma soberana no cenário internacional.

O Brasil que emergiu do projeto político do PT se configura para o mundo como uma alternativa à política neoliberal que foi dominante até a eclosão da crise financeira internacional, em 2008.

O princípio fundamental é não jogar para os mais pobres a conta do prejuízo causado por um capital financeiro que dominou o mundo, especulou com as economias dos países e ganhou muito dinheiro. Os pobres não lucraram com a especulação e não devem pagar por ela.

A construção de um país mais justo não é apenas o resultado de medidas tomadas pelo governo federal, mas de uma concepção de articulação de políticas públicas que tem como executor primeiro o município. A descentralização dos recursos da Educação, da Saúde, e dos programas de transferência de renda; a articulação das ações de infraestrutura entre os entes federativos, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC); a democratização do acesso de todos os municípios a obras de infraestrutura e aos programas sociais do governo; tudo é parte do projeto petista e de seus aliados.

A conquista de prefeituras é um passo importante para a consolidação de um modo de governar justo, inclusivo e transparente. Por isso é importante levamos para as ruas não simplesmente um pedido de voto. O eleitor deve entender que, com sua escolha , vai referendar um conjunto de políticas públicas que tem melhorado,e pode melhorar ainda mais, as condições de vida da população.

Nessas eleições vamos discutir política, pois a política é a alma da democracia. Mas vamos também debater políticas publicas, que são instrumentos para transformar um projeto político em realidade.

Os governos petistas avançaram na universalização da saúde, mas um país continental como o Brasil tem de enfrentar sempre novos desafios. O momento eleitoral é ideal para analisar o passado e aprimorar o que fizemos. É a ocasião em que todas as forças da sociedade se mobilizam num grande e democrático debate nacional."

Por Luís Inácio Lula da Silva.

É PT neles! É 13! É Alfredo Costa!

Comentários

Luis Cella disse…
Quando os blogueiros vão colocar a Liberal no seu devido lugar? Já ví esse mesmo filme com a Valéria-Barbie na eleição passada. Agora tentam com Zenaldo-Ken. Será que acham as pessoas idiotas? A blogosfera tem de ser dura com esse tipo de coisa. A cidade tem de sair disso e escolher seu rumo



O Jatene ainda não entendeu que a tese do cacique que pode eleger até um poste ja caiu há muito tempo. Que o governador aposta em uma candadura muito "pesada" e não decola é fato. O Priante tem seus votos e Belém, tanto que chegou ao segundo turno nas
eleiços passadas. Desidratar um, e hidratar outro é bem possível dentro de uma margem de erro de 4%. É ai que funciona os “negócio$$$” das pesquisas.
Esse pessoal quer definir o resultado das eleições antes mesmo da votação.
Pura manipulação.