sexta-feira, 29 de julho de 2011

Programação cultural do último final de semana das férias de julho



O volta às aulas e fim do recesso legislativo é na próxima semana. Antes, tem este último final de semana das férias de julho e boa parte dos paraenses já procurou ou está procurando uma praia, um igarapé para curtir o final de semana.
 
Confira a programação cultural do final de semana em Marabá, Algodoal, Salinas. Igarapés, praias, tem muitas oções de lazer em todo o Pará. Em  Belém tem programação para todos os gostos: passeio nas praças, filmes, shows e muito carimbó. E uma cidade quase sem carro, bem tranquila.

Icoaraci
  • Shows e torneios esportivos marcam encerramento da programação de verão em Icoaraci. Na orla da praia do Cruzeiro, torneios esportivos e nesta sexta, a decisão do Torneio Gospel de Futebol de Areia. A competição tem início às 19h, na praia do Cruzeiro.
  • Já os amantes da boa música terão um repertório seleto e canções que entoam tradições e cultura amazônica, o cantor e compositor Gil Barata apresenta toda sua verdade e sua influência musical. O show 'Pessoas' será apresentado durante a programação de verão do distrito de Icoaraci, que também contará com a participação do grupo de carimbó 'Cobra Coral'. O evento acontece nesta sexta (29), às 20h, na Concha Acústica da praia do Cruzeiro. A entrada é franca.
  • Carimbó, xote, lundu, retumbão, baião e guitarrada são os ritmos que dão toda a sonoridade do grupo de carimbó 'Cobra Coral'. Composto por Luizinho Lins, Silvio Barbosa, Bibi, Michel Pimentel, Laerton Erlon e Célio Diniz, o público pode esperar muita energia positiva e música da melhor qualidade.
  • Amanhã, a programação tem início às 7h, na Praça da Matriz, com o Torneio Masculino de Voleibol de Areia. Ainda na parte esportiva, às 10h, acontece a III Travessia do Rio Maguari, com saída do trapiche da Rua da Brasília, em Outeiro, e chegada na Praia do Cruzeiro, em Icoaraci. Também na praia do Cruzeiro, das 8h às 11h, o público poderá visitar uma exposição de artes manuais.
  • A programação noturna do sábado fica por conta do Show Gospel de Verão, com grupos evangélicos que fazem parte da Unigredi (União das Igrejas Evangélicas do distrito de Icoaraci). A apresentação tem início às 20h, na Concha Acústica.

Festival revela elementos da cultura tailandesa em Belém

A cultura tailandesa ganhará destaque em Belém. A partir deste sábado (30), o público paraense poderá conferira com riqueza de detalhes os fascinantes costumes do país durante o Festival Tailandês. O evento segue até o dia 26 de agosto, na Praça de Eventos do 1º piso do Boulevard Shopping. A entrada é franca.



Depois do sucesso do Stand Up com o Marco Luque do CQC em Belém do Pará, agora é a vez do Rafinha Bastos, considerado pela mídia como o Rei do Twitter, o apresentador chega à capital paraense com o Stand UP Comedy ‘Péssima Influência’.
O 'Stand Up' acontece dia 31 de julho no hangar, em duas sessões, uma às 19h e a outra às 21h.
Stand UP ‘Péssima Influência’ com Rafinha Bastos (CQC).
Data: 31 de Julho de 2011
Local: Hangar
Ingressos: Lojas Via Direta do Shopping Castanheira, Pátio Belém e Boulevard Shopping.

Cineasta paraense lança filme sobre revolução cabana

Cônego Batista Campos em colóquio com cabanos. Foto: Kid dos Reis

Depois de escrever e dirigir os longa-metragens Ajuê São Benedi-o, que trata da temática do trabalho escravo nos seringais da Amazônia, e o Ajuntador de Cacos retratando a fé e a dedicação do padre Giovanni Gallo, fundador do Museu do Marajó, em Cachoeira do Arari, no Pará, o cineasta, diretor e roteirista Paulo Miranda lança neste sábado, 30 de julho, no Ginásio Municipal de Barcarena, a partir das 19 horas, o filme O Cônego – Senderos da Cabanagem, da produtora Lux Amazônia.

Salinas
Em sua quarta edição acontece Festival de Verão da Diwali Beach Club, de Salinas, no Pará, entre os dias 09 e 30 de julho.
São três bares, um restaurante da Companhia Paulista de Pizza e um Sushi Bar na área VIP, além de 10 camarotes e 2 camarins, somando uma área de 2 mil metros quadrados. E a folia não pára por aí, têm-têm Banda 5% (Topera) animando os dias 29 e 30 de julho e a banda paulistana Inimigos da HP agitando o dia 29 de julho, já no dia 30 e a vez do Biquíni Cavadão.



Neste final de semana o Manbol vai animar a praia e os veranistas do Atalaia, em Salinas. 
Nos dias 29, 30 e 31, a Confederação de Manbol estará promovendo circuitos e aulas
com treinos e oficinas em Salinas, para divulgação do esporte. Segundo Hildebrando, o
objetivo é associar a prática ao lazer.


Para quem ainda não conhece esse esporte, o Manbol  foi criado pelo paraense 
Rui  Hildebrando e começou como uma brincadeira que utilizava mangas (o fruto) 
em lugar das bolas. A moda pegou e fez tanto sucesso que acabou sendo aperfeiçoada 
e ganhou um local específico para essa prática


Serviço: As atividades na Praia do Atalaia acontecerão de hoje até domingo. Aberto ao público em geral, de todas as idades.  
Algodoal
Grupos de Carimbó de Maracanã e Algodoal além de bandas de rock, -eggea e som alternativo, agitara neste final de semana a Ilha de Algodoal a partir de 22 h nos bares Algodobar, Lua cheia e Pousada Ponta de Boaiador. Informações pelos telefones 8809-7223 / 8380-6920

Marabá
Já em Marabá acontecerá neste final de semana o XVI Festival da Canção de Marabá (FECAM)
O festival começão nesta sexta feira (29/07) com show de Fafá de Belém e apresentação de doze finalistas, no sábado o show será com artista locais e apresentação de mais doze finalistas, já no domingo Oswaldo Montenegro sobe ao palco com mais doze finalistas.
Marabá vai reviver a nostalgia e a beleza dos grandes festivais do Brasil.

Fonte: Portal ORM

Não à divisão do Pará - Eles não querem o nosso bem, mas os nossos bens


 As campanhas contra a divisão do Pará começam a pegar fogo também na internet.

Na última semana o vereador Augusto Pantoja (PPS) em parceria com o blogueiro Lucas Nogueira lançaram na rede mundial de computadores o Blog, Twitter e orkut do Movimento em Defesa do Pará: "Eles não querem o nosso bem, mas os nossos bens", uma frente suprapartidária que acredita firmemente que o mais importante é a integração do Estado do Pará, e não a sua divisão! 15 mil folhetos, 20 mil adesivos para carros e banners estão sendo produzidos para o lançamento popular do movimento, que ainda estuda data para a sua realização.


Twitter: @Mov_Def_doPara

Email: Movimentoemdefesadopara@gmail.com

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Faxina faz quem quer. Ou Jatene não é Dilma

No blog do professor Luís Cavalcante, sob o título O Sol e a Escuridão:

Enquanto a Presidenta Dilma cuida do dever de casa e faz a faxina no Ministério do Transporte o desgoverno tucano trilha outro caminho.

O ninhal tucano paraense, o mesmo que esbraveja por CPIs em Brasília, se opõe a qualquer investigação na ALEPA e joga pra baixo do tapete todas as maracutaias praticadas por membros de seu partido e aliados.

Se a denúncia de hoje do Repórter 70 fosse contra algum ministro de Dilma ele estaria na rua da amargura.

Mas, Jatene nunca será Dilma.

Por isso, embaixo dos tapetes do Palácio do Despacho já não cabe tanto lixo.

Leia  e tire suas conclusões:


Família unida contra a divisão do Pará

É do publicitário Glauco Lima o marketing da Frente Ampla contra  a Divisão do Pará. Agregando a diversidade da família que se une pelas raízes, pelo afeto, pela história de vida.
O slogan, traz o bom apelo que soa muito bem aos ouvidos do sindicalismo combativo: juntos somos mais fortes.

Boa ideia! Vou colocar a logomarca na aba à direita do blog.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Nova Ipixuna - justiça agiu, mas não tempo de evitar a impunidade

Conforme eu disse algumas vezes aqui no blog, a Polícia Civil fez um bom trabalho de investigação e chegou ao mandante e assassinos do casal ambientalista Zé Cláudio e Maria do Espírito Santo, mortos a 24 de maio deste ano, em Nova Ipixuna. Mas não basta o inquérito estar concluído. Precisa a justiça agir rápido, o que não foi feito a tempo de evitar a fuga dos mandante e executores.


A família do casal extrativista pediu o afastamento do juiz da comarca de Marabá e hoje a  promotora de justiça, Amanda Luciana Sales Lobato, denunciou José Rodrigues, mandante do crime, por homicídio duplamente qualificado. E os executores do assassinato, Lindonjonson Rocha e Alberto nascimento foram acusados de homicídio triplamente qualificado.
 
Neste caso, o agir tardio da justiça pode se traduzir em mais um crime impune. E não foi por falta de investigação concluída. E de aviso que era preciso correr antes que os assassinos fugissem.

Uma nova geração para o PT governar os municípios - Artigo

Qual a importância dos jovens nas eleições 2012? Por que é preciso incluir a juventude também nesse processo? O país tem 52 milhões de jovens.

Leia aqui o artigo de Valdemir Pascoal, secretário nacional da juventude do PT.


Nas eleições municipais de 2012, o PT precisa incluir a importância dos jovens, como o ex-presidente Lula já havia pedido no final de 2010 em reunião com a Executiva Nacional, nas agendas e resoluções do partido. 

Precisamos demarcar que a quantidade inédita de jovens na população do Brasil, a maior da história, deve ser central para as políticas do governo Dilma, e inclusive já conseguimos emplacar uma jovem petista à frente da Secretaria Nacional de Juventude, companheira Severine Macedo, mas já é hora do PT pensar também que é no município que os 52 milhões de jovens brasileiros que podem potencializar nosso crescimento econômico com distribuição de renda desenvolvem a sua trajetória pessoal. E serão neles que a nossa população começará a envelhecer, ter mais gente sustentada pelo estado do que produzindo, previsto para 2020/2030.

Por isso, é urgente formular políticas específicas para as cidades e territórios, para além dos convênios com ações, projetos e programas de âmbito federal. 

É nos municípios, os jovens demandam equipamentos públicos para o esporte, cultura e lazer, para terem um tempo livre saudável e propício às experimentações características dessa fase da vida, sem a qual não podem planejar sua vida.

É nos municípios que os jovens, destacadamente os das favelas, baixadas e periferias, encontram graves entraves à sua mobilidade para o estudo, trabalho e lazer.

É nos municípios, com suas especificidades que acontece o extermínio da juventude negra e pobre e a violenta homofobia que estampa o grande noticiário. É no município que as jovens mulheres engravidam, outros se drogam e caem no crime e a depender do porte, moral e economia da cidade conseguem ou não retornar a uma vida social digna. 

O Mapa da Violência, que abarca principalmente jovens, que são os maiores cometedores e vítimas de violência e mortes por causas externas, se alguém se dedicar e ler com delicadeza, para além de percentuais, é dividido exatamente por...Municípios. 

Os grandes investimentos públicos e privados prioritários que a atual geração demanda não se materializam nos rendimentos das bolsas de valores, mas em obras e serviços construídos em cidades.

Para ficar só nesses exemplos.

2012 é um ano eleitoral que favorece candidatos mais de base, lideranças de movimentos sociais, comunitários. Portanto, é uma oportunidade para promover o processo de renovação dos quadros e lideranças do PT, promover as novas gerações que dirigirão o partido. Nossas grandes e valorosas lideranças já tem 60 anos, são os fundadores do PT, tem uma renovação importante que precisa ser valorizada e preparar já os que estão vindo, os jovens de hoje do PT, que tem mostrado capacidade de assumir o partido e que tem pensado os grandes temas do Brasil.

Temos hoje um percentual grande votos para deputado, temos a presidência da república e temos estados e grandes cidades, então o maior desafio agora é se enraizar nos municípios. Com os votos que o PT tem e a nova base social surgida pelo crescimento econômico, Bolsa-Família e aumento do salário mínimo, não dá mais para não sermos os mais expressivos em número de prefeituras. 

Para dar conta disso, é fundamental que o PT invista em candidatos jovens às câmaras municipais e prefeituras em 2012, pois só o investimento em novas lideranças conseguirá gerar a capacidade do partido em governar milhares de pequenas e médias cidades Brasil a fora, ampliando o leque de dirigentes, parlamentares e gestores municipais. 

Em todo ano eleitoral municipal uma grande quantidade de jovens se apresenta para se lançar à vereança ou às prefeituras e na maioria das vezes não obtêm apoio ou sequer são levados a sério, desperdiçando centenas de lideranças.

Por todas as questões relacionadas, acredito que não tem mais como a juventude passar por invisível nos debates, reuniões e encontros que o PT organizará com os diretórios municipais e zonais, além de prefeitos e vereadores para planejar sua participação nas eleições de 2012. 

Publicado originalmente no saite do PT.  

terça-feira, 26 de julho de 2011

Herança bendita - Jatene inaugura primeira unidade de derivados de leite, em Conceição do Araguaia

Em Conceição do Araguaia, hoje, o governo de Simão Jatene inaugura a primeira Unidade Agroindustrial de Agricultura Familiar de Derivados do Leite. A inauguração será via escritório regional da Emater - Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará.

É uma ótima notícia, pois integra o conjunto da herança bendita que Jatene recebeu do governo do PT, da companheira Ana Júlia.

É bom o PSDB ir contabilizando mais essa herança bendita. Porque nós, do PT, estamos anotando e divulgando tudo. Para que não haja omissão na história.

Impunidade - Juiz de Marabá é a pedra no caminho da justiça

Mais de dois meses após o assassinato do casal de ambientalistas Zé Cláudio e Maria do Espírito Santo , a Polícia Civil tendo investigado e chegado aos executor e mandante, como falei neste blog e eis que agora a pedra no caminho da justiça é o juiz Murilo Lemos Simão,da comarca de Marabá. Ainda durante as investigações ele negou duas vezes os pedidos de prisão dos suspeitos.

Investigação concluída e com sucesso e nada do juiz mandar prender os assassinos. A família dos extrativistas, então, divulgou nota pedindo que o juiz Murilo Simão seja afastado da condução do processo. Para a família de Zé Cláuio e Maria do Espírito Santo, o juiz "contribuiu para que os supeitos fugissem". O documento é assinado também pela CPT- Comissão Pastoral da Terra e pelo MST.

O inquérito policial sobre as mortes e entregue à Justiça na semana passada, apontou como mandante do crime ocorrido a 24 de maio, José Rodrigues Moreira, fazendeiro e dono de áreas dentro do assentamento Praialta Piranheira, onde viviam Zé Cláudio e Maria. É suspeito de ter cometido o assassinato o irmão de Moreira, Lindonjonson Silva Rochaque teve ajuda de Alberto Lopes do Nascimento.

O juiz precisa ser imediatamente afastado e é urgente que este crime, bem como todos os crimes contra companheiros e companheiras do campo, corra no âmbito federal, seja federalizado. A CUT esteve dia 25 com o governo federal, no ministério da Justiça, Direitos Humanos e Secretaria geral da Presidência da República, em Brasília, cobrando do governo a federalização dos crimes contra lideranças rurais e pedindo proteção aos "marcados para morrer". Leia mais aqui.


E o governo Jatene precisa pressionar o Judiciário para que tenha efeito e andamento o trabalho feito pela Polícia Civil.


Sobre o clima  de abandono do Estado em Nova Ipixuna, leia aqui.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Mais um trabalho do PT : Pará ganha 64 Unidades Básicas de Saúde

Boas notícias de hoje:
  • 25 de Julho - Dia do Trabalhador Rural e Dia do Escritor. Meus parabéns tanto aos trabalhadores rurais, quanto aos escritores e escritoras. E no Dia do Trabalhador Rural e do Escritor, faço questão de registrar uma atuação silenciosa e eficaz à saúde do povo do Pará: o trabalho do petista e companheiro Paulo Rocha que, com efsorço e dedicação, garantiu mais 64 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Os municípios beneficiados são:
  • Breves (8 UBS a serem construídas); 
  • Santarém (7 UBS);
  • Marabá (4 UBS); 
  • Cametá (3 UBS);
  • Paragominas (2 UBS); 
  • Abaetetuba (2 UBS); 
  •  e com 1 UBS em cada município: Acará, Anapu, Augusto Corrêa, Baião, Belterra, Bujaru, Cachoeira do Piriá, Cachoeira do Arari, Cumaru do Norte, Curuçá, Dom Eliseu, Floresta do Araguaia, Garrafão do Norte, Gurupá, Igarapé-Miri, Itupiranga, Jacareacanga, Limoeiro do Ajuru, Medicilândia, Melgaço, Muaná, Nova Esperança do Piriá, Novo Progresso, Oriximiná, Pacajá, Placas, Ponta de Pedras, Portel, Porto de Moz, Prainha, Quatipuru, Santa Luzia do Pará, São Félix do Xingu, São Sebastião da Boa Vista, Senador José Porfírio, Ulianópolis, Viseu e Vitória do Xingu.   
  • A companheira deputada , petista e blogueira Bernadete Ten Caten registrou  em seu blog com detalhes essa excelente notícia da atuação do companheiro Paulo Rocha  em favor da assistência à saúde do povo do Pará.

Faxina no DNIT. Já são 17

No Congresso em Foco:

O diretor-geral do Dnit pediu demissão hoje (25) pela manhã. Afilhado político do senador Blairo Maggi, Pagot é mais um a cair nos Transportes por conta das denúncias de corrupção
_______________________________________

O diretor-geral do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), que administra as rodovias, saiu do governo na manhã desta segunda-feira (25). Luiz Antônio Pagot, afilhado político do senador Blairo Maggi (PR-MT), foi ao órgão apenas para se despedir. Hoje, ele avisou ao ministro dos Transportes, Paulo Passos, que entregou sua carta de demissão à presidente Dilma Rousseff.

Ele é o 17º funcionário a deixar o governo Dilma Rousseff depois que a presidenta se queixou dos aumentos de obras tocadas pelas área de transportes e a revista Veja denunciou que o PR cobrava até 5% de propina nos empreendimentos de infraestrutura.

Na quinta-feira à noite (21), Dilma disse que a “faxina” no setor não teria limite e, um dia depois, afirmou que seriam exonerados todos os diretores do Dnit e da Valec, a estatal que cuida das ferrovias.

A demissão de vários afilhados políticos, muitos deles ligados ao PR, causa insatisfação no partido, apesar de seus líderes dizerem que continuam apoiando o governo. O líder da legenda na Câmara, Lincoln Portela (MG), lamenta que a lógica das demissões de Dilma não tenha sido usada durante a crise patrimonial do ex-chefe da Casa Civil Antônio Palocci.

Como mostrou o Congresso em Foco, senadores da base aliada se movimentam para formar uma bancada de apoio à “faxina” promovida pela presidenta.

A lista dos demitidos. Os 17 que já saíram

–Alfredo Nascimento, ministro dos Transportes
- Luiz Antônio Pagot, diretor-geral do Dnit
–Mauro Barbosa, chefe de gabinete do ministério
–Luiz Tito Bonvini, assessor do ministério
–Eduardo Lopes, assessor do ministério
–José Osmar Monte Rocha, secretário de controle interno do ministério
–Estevam Pedrosa, subsecretário do ministério
–Darci Michilis, secretário de Fomento do ministério
–José Francisco das Neves, o Juquinha, diretor da Valec
–Cleilson Gadelha Queiroz, gerente de licitações e contratos da Valec
–Pedro Ivan Guimarães Rogedo, assessor da Valec
–Luiz Antônio Pagot, diretor do Dnit, oficialmente em férias
–José Henrique Sadok de Sá, diretor-executivo do Dnit
–Hilderaldo Caron, diretor de Infraestrutura Rodoviária do Dnit
–Frederico Dias, assessor do Dnit
–Mauro Sérgio Almeida Fatureto, coordenador do Dnit
–Luís Cláudio dos Santos Varejão, coordenador do Dnit
–Maria das Graças de Almeida, coordenadora do Fundo de Transportes

EUA e a ameaça para o mundo - No blog Tijolaço



No blog Tijolaço:


Não é o 2 de agosto de 2011 que turba as mentes dos dirigentes da Casa Branca e do partido republicano na infindável série de reuniões mal sucedidas que continuam tendo, ainda agora, cinco dias antes do prazo fatal.
É o 6 de novembro de 2012.
Uma eleição que parecia fadada a não mudar, agora, passou a ser uma ameaça para Obama.
E o jogo que por ela se trava, uma ameaça para o mundo.
....................

Chegamos à última semana de exibição da do espetáculo que há dois meses vem sendo exibido ao mundo pelos EUA.
O “será que pago-será que não vou pagar?” envolvido na ampliação dos limites da dívida pública americana,  transformou o 2 de agosto – data limite para se iniciar a inadimplência dos compromissos de vencimentos – numa espécie de Dia Mundial da Crise, que vai chegando, chegando, chegando, sem que ninguém possa fazer nada para evitar.
Bobagem. É evidente que se pode e não são mais dois ou três trilhões de dólares em títulos públicos que vão determinar que cesse ou se reverta o inexorável declínio do império americano. O fim do mundo bipolar, com a extinção da União Soviética,  contraditoriamente, deu aos EUA a vitória que o levou à perda de uma hegemonia mundia que só muito pálida e odiosamente pôde ser mantida pelo poder militar.
Na economia, o que ensaiou o Japão nos anos 70 e 80, hoje faz a China, com um tamanho que faz o país dos japoneses parecer um anão junto a um lutador de sumô. À sua sombra, os demais emergentes também avançam, e a Velha Europa, às voltas com a falta de competitividade de sua economia, não está em condições de ajudar os amigos americanos, a quem nunca deixou de, no fundo, desprezar.
Os EUA caminham para o seu ocaso como império movidos pela mesma ideia que os levou ao poder mundial.  O “we are the best” acabou por jamais permitir que sua visão de mundo fosse a de que podiam ser os melhores num mundo melhor, como o apoio internacional á ascensão de Barack Obama mostrou que todo o planeta esperava.
Mas isso passou. A reação saudosa da “supremacia americana”  que, somada à fraqueza e falta de liderança no primeiro presidente negro daquele grande país fizeram com que as poucas mudanças fossem tão pouco marcantes que, novamente, os EUA voltaram a ser percebidos com a mesma antipatia que eram antes de sua eleição, certamente sem a figura caricata de Bush para evidencia-lo.
Por isso, embora racionalmente todos digam que torcem por um acordo que permita evitar o 2 de agosto, ele age sobre a opinião pública mundial com a atração do abismo. O gigante ameaça levar todos consigo, mas ver o gigante patinando à beira de um declive, sujeito a  se ajoelhar, deixa o mundo ansioso, morbidamente, para ver acontecer o que pode mergulhar a todos num desastre.
Lá, entretanto, parece que a percepção é outra. Há acordo sobre continuar, com uma ampliação do teto da dívida, no caminho deficitário que sangra o Estado americano – e sacrifica seus pobres. As divergências, cada vez mais claramente, se descolam do como fazer os cortes – porque Obama já cedeu mais que se esperava na questão dos gastos sociais – e passam ao volume e duração do acordo, para que ele tenha de ser renovado ou ampliado antes das próximas eleições americanas.
Não é o 2 de agosto de 2011 que turba as mentes dos dirigentes da Casa Branca e do partido republicano na infindável série de reuniões mal sucedidas que continuam tendo, ainda agora, cinco dias antes do prazo fatal.
É o 6 de novembro de 2012.
Uma eleição que parecia fadada a não mudar, agora, passou a ser uma ameaça para Obama.
E o jogo que por ela se trava, uma ameaça para o mundo.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Programação Cultural em Belém, Outeiro, Mosqueiro, Salinas, Bragança, Marudá, Marapanim e Anapu

No Pará inteiro, julho é sinônimo de férias. Muito sol, muita praia, muito trânsito nas estradas. E tem uma vasta programação cultural, em cada ponto do estado. Pagode, música eletrônica, melody, gospel e um tributo ao cantor Raul Seixas são alguns dos ritmos que vão embalar o final de semana no Pará. E em Belém, atividades para todos os gostos, de passeios nas praças, a historinhas infantis e cinema de arte.


Confira aqui a programação cultural, divirta-se e bom final de semana. Na segunda, voltaremos!

Em Bragança acontecerá o  5º Festival Cultura de Verão. A programação será realizada nesta sexta 22 e no sábado 23, com shows no Espaço Cultural Orlando Bordalo, no centro da cidade.

Também hoje, em Bragança, o público poderá prestigiar o show da cantora Aíla Magalhães, um dos jovens talentos da música paraense. Esta noite de sexta-feira 22 marca o pré-lançamento da banda Manoel Cordeiro e Sonora Amazônia, novo projeto do músico e produtor Manoel Cordeiro, um dos grandes nomes da música paraense.


Ainda em Bragança, no sábado 23 as atrações serão Tony Soares, que apresenta músicas de seu novo projeto, marcado pela sonoridade da Marujada de Bragança, e ainda Metaleiras da Amazônia.


Marapanim, município conhecido como a capital de um dos ritmos mais tradicionais do nosso Estado, o carimbó, será palco da 1ª Etapa do 'Carnarimbó'. A micareta, que tem início nesta sexta-feira 22 e reunirá cinco grupos tradicionais de carimbó da cidade em uma noite com aproximadamente sete horas de show. A programação segue até domingo 24, na 'Arena Mestre Lucindo'.


O evento vai mesclar a tradição e musicalidade do carimbó com a dinâmica de uma 'micareta', propondo uma moderna e autêntica interação entre músicos, dançarinos e público através do contagiante ritmo paraense. Na arena se apresentam os grupos 'Kumatê', 'Os Originais', 'Flor do Mangue', 'Raízes da Terra' e 'Japiim', que prometem mostrar toda a musicalidade e a contagiante dança do carimbó.  

Ingressos custam R$ 10 e antecipados, R$ 8. As entradas antecipadas para os três dias do evento custam R$ 20,00



Grupo 'Flor do Mangue': o melhor do carimbó

Em Marudá, Haroldo Reis comanda o show da saudade. 

Amazônia Jazz Band em Marudá 


Veranistas de Marudá poderão curtir o projeto “Choro de Verão”,do SESC. Os melhores instrumentistas do Pará em apresentações inéditas. O projeto está sendo apresentado neste final de semana, na orla de Marudá, a partir das 18 horas , na Arena SESC (praia de Marudá) com entrada franca.


Iva Rothe em Anapu - Para Completar o final de semana o Show: Iva Rothe leva “Aparecida” ao interior. (Foto: Marco Santos)


Show: Iva Rothe leva “Aparecida” ao interior (Foto: Marco Santos)

Neste domingo 24, a cantora se apresenta sob o sol às 13h30, no encerramento do encerramento da 6ª Romaria da Floresta, em Anapu, no mesmo assentamento onde irmã Dorothy Stang foi assassinada. Na segunda-feira, inverte os papéis e troca de lugar com o público em uma oficina ao lado de Ulysses Moreira (bateria), Príamo Brandão (contrabaixo) e Márcio Jardim (percussão), e da qual pretende gravar os resultados para registrar a sonoridade produzida pelos colonos.


Em Belém
Os paraenses e os turistas que ficaram em Belém neste final de semana recebem da Estação das Docas uma programação cultural para não deixar ninguém em casa. Neste penúltimo final de semana, 22, 23 e 24 de julho acontecem diversas manifestações culturais por toda Estação que vão desde as danças regionais, contação de historinhas infantis, o filme Rio Sonata, até variadas opções musicais.




O projeto “Ensaio na Estação” traz nesta sexta-feira (22) a cantora Alba Maria a partir das 16 horas. Além é claro da vasta programação nos Palcos Deslizantes do Armazém 1 e do Armazém 2, com os cantores Neto Lima, Jean Gadelha, Henrique Sena e Flávio Cristiano que cantam no horário da noite.


O domingo pode ser muito divertido para as crianças que estão em Belém é que a Estação das Docas preparou uma programação muito especial. Neste domingo (24), a Turma da Tia Docinho vai contar historinhas infantis com o tema “Causos de férias”, a partir das 17h30, no Anfiteatro São Pedro Nolasco.

As crianças irão conhecer a história do Palhaço e seu amigo Jojoca. Tudo começa quando o Palhaço vem para Belém visitar seu amigo Jojoca, que é o contador de história. Os dois passam horas contando causos, sendo que o palhaço comenta das dificuldades de chegar à cidade devido imprudência de algumas pessoas na estrada e o Jojoca conta as histórias que aprendeu com uma princesa.

Neste clima de descontração, o Palhaço e Jojoca brincam contando histórias e também trabalham a conscientização de como ter boas férias. O enredo ajuda a refletir sobre os principais cuidados na hora de viajar através de linguagem acessível e dinâmica com textos de Joécio Lima.

Toda apresentação dura cerca de 40 minutos e no final o Palhaço e Jojoca brinca pra valer com as crianças.

Serviço:
Contação de historinha infantil – Com Palhaço e Jojoca
Data: 24/07/2011 (Domingo)
Horário: A partir das 17h30
Local: Armazém 03, Estação das Docas
Entrada Franca


Carimbó2 - Rogério Uchôa
a partir das 18 horas desta sexta-feira 22, se apresenta o Grupo de Danças Regionais “Encantos do Curió”. Na orla do Armazém 3, com entrada franca


 Copacabana1

No domingo 24, teremos a última apresentação do  filme Rio Sonata  dedicado à Nana Caymmi, uma das mais sofisticadas cantoras do Brasil.






Para os amantes do cinema arte, o Cine Olympia apresenta 'À Noite Sonhamos' 


Na Polônia dominada pela Russia Imperial, Frederic Chopin (Wilde) é o melhor aluno do velho mestre de música Joseph Elsner (Muni).Num recital em casa de um conde, o jovem pianista ofende o emissário do governo russo. Passa a ser procurado pelo policia e por isso foge com o professor para a França. Em Paris conhece a escritora George Sands (Oberon) que passa a ser sua protetora e amante. Distanciando-se do professor, transforma-se num relicário de Sands, deixando de fazer recitais de piano e limitando-se a compor. Fica tuberculoso e só na fase final da doença, ao saber que a sua família foi perseguida pelos russos, resolve fazer uma turnê por diversos países com o objetivo de arranjar fundos para a liberdade polonesa.
 

Importância Histórica: A versão romanceada da vida do famoso compositor Chopin foi concebida para o cinema pelo cineasta alemão Ernst Marischka, o mesmo da série “Sissi”. 

O filme lançou ao estrelato o muito jovem Cornel Wilde (mais tarde intérprete de “O Maior Espetáculo da Terra” e diretor de filmes como “A Prova do Leão”). Foi uma rara superprodução da Columbia, na época ainda um estúdio menor. Recebeu 6 candidaturas ao Oscar (ator, fotografia edição, som, música e roteiro). E deu a Charles Vidor o Condor de Prata da Argentina.

ONDE: CINE OLYMPIA
QUANDO: de 19 À 31/07 (exceto segunda-feira)
HORÁRIO: 18:30 H - ENTRADA FRANCA

Também o Cine Líbero Luxardo, em parceria com a Cinemateca da Embaixada da França exibe 'ACOSSADO'.

Após roubar um carro em Marselha, Michel Poiccard segue Paris. No caminho mata um policial, que tentou prendê-lo por excesso de velocidade. Em Paris, ele persuade a relutante Patricia Franchisi, uma estudante americana com quem se envolveu, a escondê-lo até receber o dinheiro que lhe devem. Michel promete a Patricia que irão juntos para a Itália, no entanto o crime de Michel está nos jornais e agora não há opção. Ele fica escondido no apartamento de Patricia, onde entre conversas e namoras, ele fala sobre a morte e ela diz que quer ficar grávida dele. Ele perde a consciência da situação na qual se encontra e anda pela cidade cometendo pequenos delitos, mas quando é visto por um informante começa o final da sua trágica perseguição.
Cine Líbero Luxardo, Av. Gentil Bittencourt, 650, Térreo - CENTUR
13 a 17 e 20 a 24 de julho. (quarta a domingo, às 19H.) R$ 5,00


Em Mosqueiro, no palco do Botequim, os shows de pagode com os grupos Cabanagem e Moleques Travessos animam a noite, a partir de hoje. Amanhã, o local também recebe Tony Melodia e, no domingo, sobe ao palco o cantor Rodriguinho.


Já em Outeiro, a noite de sábado será dedicada ao cenário gospel, com apresentação de cantores católicos e evangélicos. No domingo, a partir das 16 horas, o estacionamento da praia Grande será tomado para a final do concurso Garota e Garoto Verão das Ilhas. No distrito de Icoaraci, a concha acústica da praia do Cruzeiro recebe hoje o lançamento do DVD da banda Companhia do Tecno, a partir das 20 horas.








quinta-feira, 21 de julho de 2011

Nova Ipixuna - Parabéns à Polícia Civil

Foi bem competente a Polícia Civil na investigação e apuração do assassinato dos ambientalistas de Nova Ipixuna, José Cláudio e Maria do Espírito Santo Silva. Parabenizo, em especial, os delegados Riomar e Sílvio Maúes.


Boa a atuação da polícia civil, como também vale a pena destacar a atuação do juiz José Jonas Larceda, de Pacajá, como noticia a jornalista Franssinete Florenzano em seu blog:

 Condenação exemplar




O juiz José Jonas Lacerda, de Pacajá, condenou a três anos de prisão em regime semi-aberto o madeireiro José Júnior Avelino Siqueira, pelo roubo de toras de madeira do assentamento PDS Esperança, em Anapu, apreendidas pelo Ibama em propriedade do réu e doadas ao Incra para a construção de casas destinadas a assentados.

Na sentença, o magistrado destacou que o crime foi agravado porque, “se aproveitando da fragilidade de colonos rurais, que obtiveram os bens mediantes doação, subtraiu a madeira para venda no comércio”.

A defesa tentou desclassificar o crime para furto, alegando não ter havido violência, mas o juiz entendeu que “não se pode falar em furto em virtude do grande valor do bem”, e enfatizou, ainda, a conduta do réu. “Seu comportamento e personalidade são voltados para a prática de crimes, sobretudo crimes no campo, o que pode gerar sequelas sociais. O crime não apresenta motivos outros que não o de auferir dinheiro fácil”.

Saúde - Ophir Loyola agoniza. Em Cametá não é diferente

Já adiantei no meu twitter que o Hospital Ophir Loyola agoniza por falta de medicamentos e recursos de custeio. E como as redes socias são bem ágeis, tuiteiros informam na mesma hora que não só em Belém, no Ophir Loyola a situação está desesperadora. Em Cametá, o Hospital Regional não tem médicos e nem insumos.

Enquanto o governo Jatene prossegue na política de dispensa de licitação, a saúde da população está ao Deus-dará.


Cadê a assistência à saúde, governador, tão prometida na campanha?

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Divisão do Pará - Pará, uma senhora mãezona!

Como paraense apaixonado pela minha terra, não poderia deixar de dividir com todos o artigo que recebi. O texto, publicado no Jornal Diário do Pará no domingo passado, externa o grande amor por nosso estado de um paraense nascido em Rondônia.

Por Getúlio Theixeira
Administrador
Muito se tem falado da divisão territorial do Pará. Nas suas manifestações, os grupos a favor e contra, no qual me incluo, têm abordado os aspectos econômicos, políticos, cultural e social, tentando com isso conquistar simpatizantes para a causa. Mas, não vi ainda falar do aspecto comportamental, que é o que caracteriza e diferencia o povo paraense dos demais brasileiros.

O povo paraense, e aqui me refiro não só aos que nasceram neste Estado, está pagando um preço muito alto por ser simpático, receptivo e acolhedor. Não há literatura que registre povo semelhante. Todos que aqui aportam, a maioria sofrida e desesperançada, são recebidos com carinho e a eles é oferecido o que é de melhor da hospitalidade paraoara.

Noutro dia fiquei boquiaberto ao ver até onde vai essa hospitalidade. Ao abrir o jornal Diário do Pará, deparei com uma foto do jogador Tiago Potiguar vestindo uma camisa do Pará. Nada contra o jogador. Lembrei que nos GPs Internacionais de Atletismo realizados em Belém, já se tornou tradição os atletas vencedores carregarem a bandeira do Pará, fato não repetido em outro Estado. Ai pense: Meu Deus! O paraense é capaz de entregar sua bandeira e vestir alguém com seu maior símbolo como demonstração do seu afeto.

É muito fácil conquistar a simpatia desse povo. Nas ruas, ao ser abordado para uma informação, o paraense para e com a maior atenção atende a quem lhe indaga, e às vezes chega a levá-lo até ao local procurado. Na esteira dessa simpatia, elegem-se vereadores e deputados, outros tornam-se empresários e fazendeiros muito poderosos.

O deputado "separatista" Giovanni Queiroz têm afirmado, frequentemente, que com o desmembramento territorial, "O Pará, como Estado-Mãe, não terá sua arrecadação atingida". Realmente o deputado tem razão.

Somente uma mãe, em sua infinita bondade, é capaz de renunciar o que tem em favor dos seus filhos, sejam legítimos ou adotados, gratos ou ingratos. A afirmaçãoé verdadeira, o Pará é uma grande mãezona!

Por fim, antes que perguntem a minha origem, digo que sou um paraense que nasceu em Rondônia.

Nova Ipixuna: o mandante está foragido

No atento blog da Franssinete


Mandante está foragido

 
O inquérito da Polícia Civil do Pará aponta José Rodrigues Moreira, 55 anos, como mandante do assassinato do casal de extrativistas José Claudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo. Ele é dono de terras no assentamento Praialta Piranheira, em Nova Ipixuna.

O resultado das investigações, protocolado ontem no Fórum criminal, será divulgado oficialmente amanhã. O fazendeiro e os dois executores devem ser indiciados por duplo homicídio triplamente qualificado.

Segundo furo de reportagem da Folha de São Paulo, publicada há pouco, José Rodrigues, como é conhecido na região, chegou no ano passado ao assentamento, vindo do município de Novo Repartimento, comprou duas áreas (uma em nome da sogra), de 13 e 16 alqueires - equivalente no total a cerca de 79 hectares, ou 790 mil metros quadrados.

Em dezembro de 2010, José Claudio denunciou à Comissão Pastoral da Terra que Rodrigues comprou as terras da dona de um cartório em Marabá, e que eram áreas griladas. Ele também acusou Rodrigues de ter incendiado casas de dois agricultores em novembro, alegando ser dono das terras. Em maio, os mesmos lavradores foram retirados do local com a família pela Força Nacional de Segurança e estão sob os cuidados do programa de direitos humanos vinculado à Defensoria Pública do Pará, mesmo não tendo se encaixado nos critérios para receber proteção.

O Incra diz que investiga se há irregularidades em propriedades do assentamento.

Rodrigues é considerado foragido. Uma semana após o crime ele não mais foi visto. A polícia chegou a pedir duas vezes a prisão preventiva dos suspeitos, mas não foi atendida pelo Judiciário.

A Polícia Federal, que também investiga o duplo homicídio, prevê encerrar o inquérito no fim do mês.

Outros três assassinatos no campo foram registrados no Pará após a morte dos extrativistas mas até agora ninguém foi preso. A polícia diz que não encerrou os inquéritos e nega relação com conflitos agrários.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Jatene/dispensa de licitação (3) - Agora é na Cosanpa. Por quê?




De sexta-feira passada pra cá, já são duas dispensas de licitação, ambas publicadas no Diário Oficial do  Estado e denunciadas neste blog. Uma é datada do dia 11 e outra, doa dia 14 de julho.

Desta vez, o governo Jatene dispensa licitação para prestação de serviços de vigilância armada, no valor de um milhão de reais.

A prestação de serviços de vigilância armada e desarmada é para ser executada de forma contínua, no âmbito das dependências internas da Cosanpa - Companhia de Saneamento do Pará, em Belém, Marabá, Castanhal Santarém e Abaetetuba, no Estado do Pará.

 
Como das vezes anteriores, repito a mesma indagação: por que mais uma dispensa de licitação, com valores tão altos e para o desempenho de atividades que deveriam seguir uma rotina, estar programada?

Em nome da transparência, o povo exige respostas. Com a palavra, o governador Jatene!


O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado ( DOE. nº 31958 de 18/07/2011) Cosanpa. Dispensa de Licitação no Valor de R$ 1.077.978,45.

Observe os detalhes do ato, resumidos no DOE

 Diário Oficial Nº. 31958 de 18/07/2011



COMPANHIA DE SANEAMENTO DO PARÁ



Dispensa de Licitação


Número de Publicação: 257798
Dispensa: 3/2011
Data: 11/07/2011
Valor: 1.077.978,45
Objeto: Prestação de serviços de vigilância armada e desarmada, a serem executados de forma contínua, no âmbito das dependências internas da COSANPA, em Belém, Marabá, Castanhal Santarém e Abaetetuba, no Estado do Pará.
Fundamento Legal: Artigo 24, Inciso IV da Lei no 8.666/93
Data de Ratificação: 11/07/2011
Contratado(s):
Nome: PARÁ SEGURANÇA LTDA.
Endereço: R Triunvirato, Bairro: Cidade Velha, 571
CEP. 66020-655 - Belém/PA - Telefone: 9132040600
Ordenador: Antonio Rodrigues da Silva Braga

PT x PSDB - As diferenças que contam

Um exercício útil é comparar os gastos sociais dos governos Lula e Fernando Henrique Cardoso. Na Carta Capital 655, que está nas bancas esta semana.

Discursos do presidente prefaciados pelo mote “nunca antes na história deste país…” tornaram-se troça da imprensa com Lula e de Lula com a imprensa. Mas, afora essa curtição, bem ao gosto do coração corintiano do ex-operário metalúrgico, a frase expressava, em várias ocasiões, situações inéditas como a que pode ser extraída agora de um estudo recente do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) sobre “15 anos de Gasto Social Federal – de 1995 a 2009”.

O trabalho mostra como a política social praticada pelo petista na crise de 2009-2008, foi radicalmente oposta à prática dos governos tucanos nas crises de 1998-1997 e 2003-2002 (gráfico). Nos três momentos o País foi atingido por crises econômico-financeiras geradas muito além das fronteiras brasileiras.

Em 1998 e 2002, sob o governo de FHC, o Gasto Social Federal cai e acompanha a queda do Produto Interno Bruto (PIB). Em 2008, O PIB despenca e o GSF acelera em sentido oposto. A decisão política é concretamente definida: não sacrificar o investimento social do governo.

Nos gastos sociais considerados pelo Ipea está incluído o dinheiro “efetivamente gasto nas políticas sociais no total de recursos mobilizados pelo governo federal” em meio à disputa dos vários interesses legítimos, de inúmeros agentes, em torno do dinheiro público.

Para alcançar esse objetivo, o Orçamento foi desmontado e remontado, e analisada ação por ação no que se refere à destinação social do dinheiro, entre 1995 e 2009.

Eis algumas constatações comparativas no período analisado:

• O GSF cresceu 3,7% do PIB e 146% em valores reais, acima da inflação (IPCA).

• De 1995 a 2002 (oito anos de FHC) o crescimento do GSF foi de 1,7% do PIB.

• De 2003 a 2009 (sete anos de Lula) o GSF foi aumentado em 2,7% do PIB.

A crise de 2008-2009 mostra a firmeza da política social lulista. Com a economia freada, o governo tomou uma parcela maior do PIB para o GSF. Um salto expressivo de 14,9% (2008) para 15,8% (2009).

Lula, se de um lado valeu-se do velho pragmatismo para governar, por outro impôs um novo modelo para reduzir, mesmo que pouco, as diferenças sociais.

Essa política socialmente generosa, no desdobramento da inacabada crise 2008-2009, fornece a munição para os corifeus do coro conservador que se manifesta internamente com ataques ao que chamam de “herança maldita de Lula” e, externamente, nas páginas do Financial Times como ocorreu na edição da quarta-feira. O jornal, pouco britanicamente, fez avaliação rápida e rasteira naquele dia 13, dia agourento para alguns, sobre o “modelo lulista” que, segundo o próprio diário, apareceu “como uma possível solução para os problemas centenários de desigualdade na América Latina (…) ao qual se atribui a retirada de 33 milhões da pobreza”.

Vendo de longe, o desconfiado diário disse que “há temores de que ele (modelo) está chegando ao seu limite no Brasil”.

Por trás de tudo, estaria o superaquecimento da economia provocado, essencialmente, pela inclusão social.

Em certas partes do mundo há exemplos de que nos limites do próprio capitalismo é possível alcançar maior equilíbrio social. Para aqueles, claro, que não acreditam que os pobres estão condenados eternamente ao fogo do inferno material.

Governo Jatene dispensa licitação de quase 1 milhão para serviços de limpeza. Por quê?

Governo Jatene faz mais uma dispensa de licitação com valor alto - quase um milhão de reais - para serviços de serviços de limpeza, conservação e higenização de unidades vinculadas à Sedes- Secretaria de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social.

O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado ( DOE. nº 31956 de 14/07/2011) SEDES. Dispensa de Licitação no Valor de R$ 803.118,43.Parte superior do formulário

Repito a mesma indagação que fiz aqui neste blog quando o governo Jatene fez outra dispensa de licitação, aquela no valor de 1 milhão de reais: a quem interessa o crime. Por que esta nova dispensa de licitação?

Com a palavra, o governo Jatene, se puder responder. O povo quer saber!

Observe os detalhes do ato, resumidos no DOE:

Objeto: Contratação de serviços de limpeza, conservação e higienização,
incluindo o fornecimento de material e equipamentos de forma continuada,
visando atender as necessidades das Unidades vinculadas e prédio sede
da SEDES, por 180 (cento e oitenta) dias, até o cumprimento de certame
licitatório em curso.
Fundamento Legal: Art. 24, IV, da Lei Federal nº 8.666/93
Data da Ratificação 28/06/2011
Contratado:
Nome:  Servmix Tecnologia e Engenharia Ltda
Endereço: Rua Novo Oriboca, 110,fundos; Bairro Oriboca,
CEP: 67.200-000 – Marituba –PARÁ
Telefone: (91) 3241-0403
Ordenador de Despesa: Maria Alves dos Santos