Por que Jatene teme CPI?

É impressionante o quanto o governo Simão Jatene (PSDB) está com medo de que uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) seja instaurada para apurar as fraudes na folha de pessoal da Casa.

Está muito aquém das expectativas o resultado a que chegou a comissão de sindicância mandada instaurar pela própria presidência da Assembleia para apurar as irregularidades, cujo relatório apontou apenas uma pessoa, a ex-servidora Mônica Pinto, como beneficiária de concessões supostamente ilegais de empréstimos consignados, liberados por uma instituição bancária em valores muito acima do que permitia a faixa de remuneração da funcionária.

Agora, só uma CPI para passar as fraudes a limpo e é o melhor caminho para preservar a respeitabilidade da própria Assembleia. Não se trata de achar se há ou não deputado ou ex-deputado envolvido nisso. O essencial é apurar, é investigar a fundo por meio de uma CPI. Se tiver algum parlamentar envolvido, ele deve responder da mesma como qualquer servidor da Casa.

Comentários

Anônimo disse…
Teme porque era cabidão de emprego de gente dele, que o CNJ vai já botar quente
Anônimo disse…
Claro que essa sindicância não ia dar em nda. Agora coloquem logo essa Monica no serviço de proteção de testemunhas
Anônimo disse…
O pau da CPI vai cantar é no lombo do Jatene e do PMDB. Segura peeeeaaaao
Anônimo disse…
O sr é muito esperto né deputado?
Faz os acordos e depois bota pra ferver
hahahahahaha