E agora, vai vetar também?

O debate sobre a fundamentação de reconhecer algo (ou alguma coisa) como Patrimônio Artístico e Cultural voltou na sessão que terminou agora a pouco. Projeto do deputado Martinho Carmona (PMDB) foi aprovado e reconhece o evento gospel “Louvor Norte” como patrimônio cultural do Pará. Os deputados foram favoráveis, inclusive a bancada do PT. Porém, não sabemos se o governador ou parte da sua equipe aceitará o projeto, assim como fez com o projeto que reconheceu o Tecnomelody e as Aparelhagens como patrimônio artístico e cultural para o estado do Pará, vetando o mesmo.

Após a apresentação do veto do Jatene, recebi diversas manifestações favoráveis ao projeto, de apoio ao movimento tecnomelody, da população e dos simpatizantes das aparelhagens. Pessoas que se uniram, como poderosa via de mobilização social, colhendo assinaturas nas festas para enfrentar este mal entendido, numa verdadeira campanha popular pela derrubada do veto do governador.

Assim como o evento gospel, o ritmo e as aparelhagens já se tornaram referência, tanto de comportamento quanto de atitude. Mesmo com todos os desvios de pensamento, este mandato vai continuar trabalhando pela inclusão social e pela cultura popular. E para garantir esta vitória, no próximo dia 04 de maio vamos debater junto com a sociedade a legalidade da lei, durante audiência pública na Assembleia Legislativa. Pode-se gostar ou não, mas não vamos deixar de lutar pelo reconhecimento do Tecnomelody e das Aparelhagens como fenômenos de cultura popular.

Comentários

Anônimo disse…
Vai vetar sim. só se ele quiser uma tsunami, uma pororoca popular contra ele.
Anônimo disse…
Tô vendo que esse lance de 'patrimônio cultural', + essa demagogia que não engana ninguém do Já Teve vai ser o calcanhar de Aquiles deles das eleições 2012.
Ganzer Prefeito, Bordalo Vice!