O PSDB é a piada nacional

O PSDB Nacional virou piada. Com o aval do ex-governador José Serra (PSDB), aliados dele, que cada vez mais vai para a sombra de Aécio Neves, deflagram uma operação para pressionar pela adoção de um rodízio na presidência tucana! Vejam só, amigos e amigas leitoras! Hoje, a tendência é reeleger o deputado Sérgio Guerra (PE), ligado ao senador mineiro.

A proposta do grupo liderado de Serra, se contata numa mesa de botequim, seria diversão segura: um ano, ficaria nas mãos de aliados do senador Aécio Neves (MG) e, no ano seguinte, com um representante dos serristas. A ideia, defendida pelo governador paulista Geraldo Alckmin, é vista como uma solução com o fracasso das articulações para colocá-lo no conselho político a ser criado pelo PSDB. É a mais completa falta de unidade. Os tucanos sangram - continuam a sangrar - em praça pública.

Espetáculo cômico melhor do que este, só o discurso de estréia de Aécio Neves como líder da oposição no Senado, quando disse repetiu que Fernando Henrique Cardoso criou o Bolsa Família, isso porque eles já chamaram o programa de "Bolsa Esmola", anunciaram que iam extinguí-lo, têm uma história de que ele é assistencialista, não oferece saídas aqueles aos quais beneficia...

Falou também a antiga conversa de que o PT promoveu o aparelhamento do Estado, mas como sempre deixando o rabo preso na porta: levantamento trazido pelo jornal O Globo infomou que Aécio Neves, quando governador (2003-2010), chegou a 13.069 mil nomeados em cargos de confiança em Minas.

Comentários

Anônimo disse…
Piada foi o (des) governo que o PT fez no Pará.

Aliás seria piada se não fosse trágico para o povo tanta corrupção e safadeza.

É só multiplicar o tragédia do Rio por 40 que chega perto só de um dos malefícios do (des)governo de vocês no Pará: O MASSACRE DE BEBÊS NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA.
Anônimo disse…
cara sem memoria esse aí, não te lembra da santa casa no governo dos tucanos a mortandade de bebês foi superior ao do governo de ANA. EU ERA FUNCIONÁRIO!!!!!