Jatene é contra as aparelhagens

Elitista e preconceituoso. Só assim se pode classificar o veto integral do governador Simão Jatene contra meu projeto, aprovado pela CCJ e plenário da ALEPA, que torna as aparelhagens patrimônio cultural do Pará.

Com uma histórica política cultural de eventos e "pão e circo", patrocinada pelo atual secretário de cultural, Paulo Chaves, o tucano governo do estado ofende toda nossa gente, humilde sim, mas de boa fé, que gosta, dança e canta nesses arraiais populares.

Veja alguns trechos do surto elitista de um governador que veio de Castanhal e, antes de ser o que é, foi músico popular:

"Com efeito, em que pese sua relevância quanto à proteção do ritmo musical 'tecnobrega', exclusivo do Estado do Pará, onde foi criado e repercute cultural e artisticamente, certamente reverbera um dos bens cuja guarda e preservação também compete ao Estado-Membro, qual seja, as manifestações culturais e artísticas típicas dos locais onde ocorram. Porém, o mesmo não se pode afirmar quanto às aparelhagens de som e seus símbolos, os quais não passam de meio material da divulgação do ritmo em questão, que não detém significação cultural ou artística, mas meramente técnica (sem qualquer inovação tecnológica) e comercial (os símbolos, marcas de propaganda). Haja vista que aparelhagens de som e marcas das pessoas jurídicas ou físicas que as produzem e exploram comercialmente na divulgação do ritmo só podem ser passíveis de proteção pela legislação civil e comercial, de competência Federal, a qual trata da proteção ao direito de propriedade da tecnologia, invento marcas e expressões de propaganda".

Por não pensar assim é que Salvador e Recife, com suas músicas e carnavais, estão há anos-luz do Pará. Não em cultura, mas em como protegê-la, projetá-la e usá-la em benefício do desenvolvimento. De minha parte, vou levar o veto do governador para todos os espaços onde os protagonistas, produtores e admiradores do ritimo se reúnam e se organizam.

Comentários

Anônimo disse…
O PC é um crápula doente. Frustrado porque só consegue enganar besta aqui quando queria enganar besta nas Oropa
Anônimo disse…
Elitização vai pagar a conta no voto do povão na eleição (ih rimou, podiam fazer até um tecnobrega)
Anônimo disse…
Em PE, BA tem profissional, aqui é um bando de ladrãozinho de galinha metido a pavulagem!
Anônimo disse…
Bordalo, esse veto ás aparelhagens é motivado pelos mesmos motivos que levam a cartolagem local a não tornarem os nossos clubes entidades empresarialmente geridas.
Anônimo disse…
Bordalo, como tu sabes manipular uma notícia... é assim q queres ser prefeito de Belém. Belém te conhece e sabes quem tu és. Não vamos cair no mesmo erro por duas vezes de colocar um petista pra nos representar! Chega de PeTralhas!
Anônimo disse…
Tu so pode ser um DOIDO deputado defender uma coisa dessa faça algo pelo povo que votou em vc, faça um projeto pela saúde, educação!