Ação urgente para a BR 308

Recentemente fui procurado por representantes da Comissão Organizadora do “Movimento Pro Acostamento da BR 308”, rodovia federal que liga a cidade de Capanema a cidade de Viseu. No perímetro de Capanema-Bragança possui uma extensão de 55 km, e tratava-se da Rodovia PA 242 antes de se tornar federal.

O debate da rodovia gira em torno de tomar medidas urgentes para a construção de acostamento neste perímetro (55km). Alguns parlamentares, prefeitos, sindicatos de trabalhadores, centrais sindicais, ONGs, centros comunitários, associações exigiram este acostamento. Por isso, na última semana protocolei representação no Ministério Público Federal, com intuito de proceder a imediata construção deste acostamento.

Como a rodovia não possui acostamento em suas margens, vários acidentes estão acontecendo, inclusive, com vítimas fatais. A maior frequência dos casos foi verificada no trecho entre as cidades de Capanema e Bragança, na região nordeste do Pará, ao ponto de ser denominada pelos moradores da área de “rodovia da morte”.

Segundo informações da Superintendência Regional da Zona Bragantina da Polícia Civil do Estado, no período de janeiro de 2007 a fevereiro de 2011, foram detectados “18 (dezoito) registros de ocorrência policial, referente a acidentes automobilísticos (atropelamento, capotagem, colisão e outros) ocorridos na BR 308 (estrada Capanema/Bragança) que culminaram com 22 (vinte e duas) pessoas mortas". Para acabar com este perigo coletivo, precisamos de ações mais pesadas e de mais resultados. Vamos torcer para que dê tudo certo e este problema seja solucionado.

Comentários