Transporte Escolar: como destruir uma boa herança

O Governo Popular da companheira Ana Júlia Carepa adquiriu 30 ônibus novos e 46 barcos para o transporte de estudantes e contratou dois bondinhos. Além disso, os convênios com as prefeituras foram ampliados de 38 para 132 municípios, com investimento de R$ 18 milhões. No total, 76 mil alunos foram beneficiados.

Por outro lado, o atual governo reduziu a contribuição de alguns municípios, levando vereadores do município de Igarapé Açu a procurarem este parlamentar. Recebi os vereadores Titico e Nazareno Dias, além do companheiro Zé de Freitas, que denunciam a falta de transporte escolar no município. Segundo as lideranças, cerca de 1.300 alunos da rede estadual estão faltando aula, devido a ausência de transporte escolar.

O custo do transporte é de R$ 85 mil mensais. Na época de Ana Júlia o Estado repassava para Igarapé Açu R$ 45 mil, no último ano estava em R$ 50 mil. Portanto o município ficava com o custo de R$ 35 mil até ano passado.

No entanto, o governo que assumiu reduziu o repasse para R$ 17.500 mensalmente. Só que a prefeitura não tem como cobrir essa despesa, que subiu para R$ 67.000, o que ocasionou a paralisação do transporte dos alunos e, consequentemente, a ausência dos alunos nas escolas. As reclamações se multiplicam e, com isso, os pais e alunos buscam na Câmara Municipal uma solução.

Pedi explicações para o líder do Governo na Assembleia, vou continuar cobrando a melhoria da qualidade de vida da nossa população. Se os alunos continuarem fora da escola esta evolução não acontece, na verdade, estarão sujeitos a terem o ano letivo prejudicado, inviabilizando o aprendizado e comprometendo suas avaliações.

Comentários

Anônimo disse…
Companheiro, vejo que passar pelas bases te colocam sempre na melhor direção. Parabéns esse é o rumo.
Anônimo disse…
Companheiro uma das melhores fontes de imformação de todos os tempos esta sendo boicotado. Se informe como esta o navegapara em todo o Estado.
Anônimo disse…
Caro Dep.
Percebemos que tudo que estava dando certo o Simão Lorota só tende a acabar, tudo dará efeito dominó.
Sem ônibus escolar maior a evasão e o analfabetismo;
Sem registro de ocorrências (Central de Flagrantes)tudo parace maravilhoso e a violência X criminalidade só aumenta;
Sem navegapara redução de mão de obra(emprego)e jovens sem alternativa;
Com redução de carga horária de professores sem espaço pedagógico,educação de péssima qualidade.
O crescimento parece ser só para alguns bolsos (Governador,Deputados,Juízes) e o resto que se lasque. k k k k k k
Anônimo disse…
ERA DE SE ESPERAR, E AGORA JOSÉ??????? AFESTA ACABOU ACABOU O DINHEIRO!!!!!!!! AGORA VAMOS BRINCAR DE TRABALHAR,PORrrrrrrrrrrrrrrrAQUI VAI TUDO BEM MINHA CARGA HORARIA REDUZIUuuUUUUUUUUUUUuuuuuuu E DAÍ, EU TAMBEM CONTRIBUIiiiiiiiiiiiiiiiiSÓ MINHAS CONTAS AUMENTARAmmmmmmmmmmmMMMMMMMMMM.