Bancada do PT assina pedido de criação de CPI

O Parlamento Brasileiro vem sofrendo um grande desgaste, preocupando a sociedade brasileira. Se este Parlamento não reagir, daqui a pouco a nossa sociedade vai achar que o nosso trabalho não tem mais sentido. As denúncias divulgadas pelo jornal O Liberal no último domingo, dando conta que o esquema de falsificação de contracheques e a aprovação de empréstimos para funcionários comissionados vão muito além do caso investigado pela Sindicância, formada por funcionários efetivos da Assembleia Legislativa, que está acompanhando o caso da ex-funcionária Mônica Pinto.

O Partido dos Trabalhadores tem acompanhado com serenidade essas denúncias. Nossa bancada achava que o caso isolado não necessitava criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito, proposta feita pelo deputado estadual Edmilson Rodrigues. Mas, com a divulgação de novos fatos precisamos averiguar e, desta forma, o próprio Parlamento Estadual vai comprovar seu atestado de credibilidade.

Diante disso, a bancada do PT na Assembleia Legislativa, composta por oito parlamentares, junto com a Executiva Estadual, reuniu ontem e resolveu assinar a solicitação de criação da CPI proposta pelo PSOL. Porém, não queremos trilhar apenas para o caminho investigativo. Junto com as assinaturas, a bancada do PT também requereu, através da apresentação de Projeto de Resolução, estudar uma nova sistemática para a peça orçamentária do Poder Legislativo. Ou seja, queremos maior transparência na destinação dos recursos deste orçamento, estimado em R$ 214.349.261,00 milhões.

Mesmo com este montante elevado nosso orçamento é pouco debatido. Será que a destinação do orçamento está sendo feito de maneira correta? A partir dele, será que o deputado tem condições de executar seu mandato? A verdade é que nosso mandato tem limites.

Acho um absurdo que com um orçamento desses o Parlamento e principalmente a atividade parlamentar seja mal conduzida do ponto de vista das suas funções parlamentares. Enfim, com este projeto de resolução queremos transformar em processo real, com mais transparência e maior participação dos deputados na condução da peça orçamentária.

Comentários

Anônimo disse…
Até que em fim ingrediente novo que possibilita averiguarmos práticas ilícitas de quem só sabe berrar contra e mentir contra quem leva a sério a politica publica. Agora eu quero ver se vocês terão coragem de levantar as fraucatuas que devido o apoio porco dispensado pelo PMDB ao PT, por tanto tempo foram omitidos. Vao a fundo, que eu quero ver a forma nojenta como a morgado chegou ao poder, trocando voto por carteira de motorista, bacatela que chegava em torno de 700,00 (setecentos reais) por pessoa. por omissão o PT, PERMITE TODA ESSA PRÁTICA VERGONHOSA DE CERTOS RATOS SE MANTEREM NO PODER, SÓ RETIRAREI O QUE DIGO AGORA SE AUGUMA COISA FOR FEITA. AÍ, TEREI ORGULHO DE SER NOVAMENTE MEMBRO DE UM PARTIDO QUE SE PREOCUPA COM A JUSTIÇA POLÍTICA E SOCIAL.
Anônimo disse…
COMEÇO A TE VER COM OUTROS OLHOS, OS MESMOS QUE OUTRORA TANTO TE ADMIRARÃO. E ACREDITAVÃO EM SEUS IDEAIS.
Anônimo disse…
Parabéns Bordalão!!!
Um filho da luta não foge da luta!!!!!!!!
Anônimo disse…
Agora, Bordalo?